Não deixe de configurar seu roteador após a instalação!

Vim desabafar sobre os problemas que as provedoras de internet nos colocam. Sempre depois de contatar a ISP configuro o roteador, e você deveria fazer o mesmo!!

A verdade é que ninguém que trabalha lá vai configurar sua rede corretamente. Muitos problemas surgem durante a instalação:

  • Aplicação de CGNAT:
    Lembre-se: CGNAT é desaconselhado pela Anatel! Você pode solicitar sair a qualquer momento e voltar a jogar seus jogos.

3.1 – Disponibilização do CG-NAT44
As prestadoras que se encontrarem com seus recursos de endereçamento IPv4 esgotados deverão
implementar o uso do CGNAT-44, como solução paliativa. Tal solução permite o compartilhamento
de endereços IPv4 público entre vários usuários. Assim sendo, até o final de 2014 todas as empresas
que estiverem com seus recursos de endereçamento IPv4 esgotados estarão com a ferramenta
testada e implementada.

O gráfico a seguir mostra a adesão de IPv6 pelas ISPs:
image
Como pode ver, cerca de 80% das redes usa
Como dito, CGNAT é uma solução temporária até o IPv6 chegar a ISP e não deve ser usado a longo prazo (Já nem é mais preciso CGNAT). Você com certeza deve ter IPv6, então é uma boa optar por sair.

  • Não configuração de IPv6:
    Sua ISP é obrigada a providenciar IPv6 para você, mas muitas vezes, os técnicos são instruidos a apenas habilitar o IPv4 para você.
  • Providenciam uma DNS mais lenta:
    Isto é apenas falta de conhecimento. Acontece que o DNS do GoogleFOI o mais rápido da américa do sul.
    Acontece que o mais rápido é o DNS da LimeLight que atinge 6ms, mas é pago. O segundo melhor é o dá Cloudflare que atinge 8ms. O dns do Google atinge 24ms. Segue a imagem:

Fonte: DNS Performance - Compare the speed and uptime of enterprise and commercial DNS services | DNSPerf;
Fonte dos dados do Google: DNS Performance for Google DNS | DNSperf

7 curtidas

:wave:t2:

Concordo. Eu sempre faço e monitoro minhas configurações de rede e uma dica de reforço, depois de todo configurado o roteador, salvar um back up. Tem dispositivos que permitem salvar um back up com um simples clique. Os que não tiverem esta característica, eu costumava marcar em bloco de notas as alterações e configurações.

Eu peguei confiança com o roteador do ISP(Serviço que disponibiliza a banda larga, internet) que uso aqui.
Eu monitoro ele periodicamente para ver se algum tipo de atualização venha a alterar minhas configurações para o automático. Nunca aconteceu isso. Então o ISP contratado aqui é de muita confiança.

Meus vizinhos são comércios, escritórios, clínicas… Eles contrataram o ISP mas eles querem que chegue, instale e funcione. Mas muitas vezes eu escuto eles reclamando de lentidão e travamentos, toda vez ligando para o ISP, que é o mesmo do daqui de casa. E aqui em casa, raramente temos problemas. E o ISP fala para eles, “Delisga o aparelho por 10 segundos depois religa”. Isso porque o modo automático recomeça procurando por canais com menos interferências, perdas de pacotes além de outros serviços automáticos…

Eu reinicio o router do ISP aqui em casa, 1 vez por semana, porque tem um outro detalhe eletrônico de os circuitos ficarem cheios de energia acumulado com o tempo, aumentando o risco de a própria energia se perder nestes circuitos, travando o equipamento.

Mas, mesmo depois de reiniciar minhas configurações sempre estão lá, nunca alteraram para o padrão de fábrica ou modo automático.

O detalhe disso é que para as pessoas fazerem este tipo de trabalho, exige conhecimentos e tempo para aprender, e é muito difícil para os ISP preverem qual é a melhor configuração para cada tipo de localização. Acredito que é por isso que fica tudo no modo automático.

Mas estes procedimentos que a ANATEL desaconselha, deveria ser seguido pelos ISP, ou deveria ter um tipo de padrão para evitar problemas, pessoal mais treinado para fazer isso e menos estudado. Isso pode entrar numa conversa fora do tópico mas, na minha visão e resumindo treinado são pessoas que trabalham na prática e os estudados são pessoas que trabalham nas mesas pesquisando, calculando fórmulas etc.

Então para técnicos que vão de casa em casa instalar os equipamentos, eles devem ter treinamentos e não coisas do tipo estudar Estrutura de Rede, Juniper, CISCO, DELL, Ubiquiti, faculdade de redes, protocolos, etc… Este tipo de coisas são para pessoas que vão resolver problemas através de papel caneta e computador, cálculos, pequisas e etc…

A pessoa bem treinada, na pratica, para fazer estes tipos de serviços irá gerar mais resultados que uma super estudada.
Já a pessoa super estudada, com certeza, vai gerar mais resultados sentado numa cadeira, atrás de uma mesa pesquisando, calculando, junto de um computador. São opiniões pessoais…

Mas é isso, sempre é bom reconfigurar os roteadores de acordo com as necessidades e localidades.

:vulcan_salute:t2:

4 curtidas

Admito que nunca mexi nas configurações do meu roteador além de mudar o nome, na prática eu não costumo me atentar as “boas práticas” de roteadores. É engraçado como algo tão essencial para nossas vidas é bem negligenciado, só do fato de que por padrão a senha de todos os roteadores é
User: admin
Password: admin
Já diz muito sobre a segurança haha, isso do DNS é bem interessante, vou dar uma olhada em outros DNS bons e gratuitos, acho até que vale como um bom tema pro @Dio falar no canal, principalmente com os últimos vídeos sobre servidores e docker hehe

4 curtidas

Isso pode ser resolvido por uma senha gerada (por meio de um sistema modificado do roteador) ou no momento da instalação. A segunda opção é mais fácil.

A minha intenção é alertar as pessoas o que eu vivenciei com minhas ISPs. Seria uma boa!

2 curtidas

Das ISPs que já utilizei e as que usamos na empresa a senha padrão do roteador é diferente para cada usuário a não ser que você queira usar seu próprio roteador.

A questão do melhor DNS é muito questionável visto que varia de região para região e do também do ISP.

2 curtidas

Bem, ao que diz nas minhas fontes, na América do Sul a melhor gratuita é a Cloudflare

1 curtida