Windows perde usuários para macOS e Ubuntu

Confira o post completo no blog: https://diolinux.com.br/2020/05/windows-perde-usuarios-macos-ubuntu.html

Com o fim do suporte para Windows 7, alguns usuários têm migrado para macOS e distribuições Linux como o Ubuntu.

6 Curtidas

Declínio do Windows é forçar a barra. Declínio dá ideia de decadência, ruína, e não é esse o caso. Somente uma variação para baixo.

5 Curtidas

Vejo isso como uma notícia positiva. Pois isso abre uma concorrência e abertuda de mercado para profissionais em Linux.
Despetaria a atenção de grandes empresas e produtoras de software que o fazem somente para Windows e, talvez, possa haver mudanças nessa exclusividade.
Sem contar que desenvolvedores de talento que hoje desenvolvem para Windows poderiam despertarem a atenção e se juntar ao desenvolvimento Open Source.
Espero sinceramente que isso cresça e possamos tem uma fatia bem generosa abocanhada no mundo Linux.
O Windows 10 está espetacular, sua usabilidade é extremamente produtiva e o “Linux também possui isso” existem distros espetaculares mas como a Gigante de Redmond tem
“o capital”, a concorrência fica meia desiquilibrada, pois ela pode contratar os profissionais e oferecer um bom salário, ao contrário de muitos do mundo Linux que o fazem espontaneamente.
Mas vamos torcer que o Linux finalmente avance; antes dessa notícia já estamos vendo isso. Pois o Linux está cada vez mais acessível ao manuseio do usuário que não se interessa em saber nada a respeito de funcionalidade ou como fazer algo manualmente… ele quer instalar e usar somente.
Sem contar com os grupos de Instagram e fóruns tem se tornado bem mais solícitos e educados ajudando o usuário em suas dúvidas… digo até quase fazendo o trabalho as vezes rsrs, porque alguns desses que ajudam já estiveram do outro lado. O Windows possui um atendimento ao usuário e uma documentação simples e objetiva, como no Linux nem todas as distros possuem isso, esses “heróis ajudantes” somam e muito para esse crescimento. Uffa!!! Chega né? Me empolguei.

4 Curtidas

concorrência sempre é bem vinda

1 Curtida

Já foi tarde rsss, Windows tem que se reinventar, seu reinado está acabando. Um colega que estava fazendo um vídeo de um curso gratuito, diga-se de passagem ele é programador, perdeu 40 min de vídeo por conta da atualização forçada e obrigatória do Windows. Sério, pode parecer engraçado, mas imagina se é algo muito importante. Enquanto isso Linux nada a braçadas e logo estará em muitas residências.

1 Curtida

Seja bem-vindo em primeiro lugar, mas, o que é declínio se não exatamente isso? Talvez você imagine algo mais catastrófico, que não é o caso como está muito bem explicado no artigo, mas a palavra realmente quer dizer o que ela quer dizer.

Para engrandecer o debate, eu acho que essa pequena variação no mercado se deve ao fato das pessoas estarem trabalhando mais de casa, onde seus computadores pessoais rodam outros sistemas, como macOS e Linux mesmo, enquanto que quando estavam nas empresas usavam Windows por ser algo imposto.

Não vejo nenhuma grande mudança para isso ter acontecido, que não a pandemia, e é bom entender que o netmaketshare é um site falho.

Abraços :slight_smile:

Desde que me conheço por gente, existem esses picos aleatórios tanto no Mac como no Linux. Não sei os motivos, mas eles existem, mas logo seguido de uma baixa. Lembro de uma notícia a muito tempo relatando 3% de usuários no Linux, algo bem próximo do Mac com seus 4%, mas aí volta pra 1% ou 2%.
Talvez isso possa ter a ver com o covid-19, eu não sei… De uma coisa é certa, quando mais gente vem pra plataforma do pinguim, melhor.
De uma coisa é certa, recentemente houve um bom de canais gringos populares por falar só sobre Windows citando ou testando o Linux, principalmente como alternativa “gamer” ao Windows. Talvez isso tenha ajudado a elevar a porcentagem de usuários, curiosos, mas não necessariamente quer dizer que estes curiosos continuaram usando, se for o caso. Estou apenas teorizando. Vejo muita gente infeliz com o Windows, reclamando das atualizações, dos bloatwares, da baixa performance, do uso de disco em 100% até mesmo em SSDs, telemetria doentia e outras coisas… Talvez alguns tenham se cansado disso. Vamos ver como ficará a média nos próximos meses, se continuará a aumentar ou se haverá uma queda, só tempo dirá.

1 Curtida

Definitivamente é. E não só pro Linux e MacOS que terão uma chance aí de abocanhar uma fatia do mercado, mas pro próprio Windows. Se eles correrem o risco de perder clientes, vão trabalhar mais pra trazer mais novidades interessantes, e o usuário final só tende a ganhar com isso. :wink:

O Windows de fato tem que se reinventar, mas a Microsoft em si já tem feito isso. Cada dia que passa eles migram mais do mercado de produtos pra serviços… O Office agora é por assinatura, eles estão focando em softwares multiplataformas, e parece estar dando muito certo pra eles…

É bem provável que isso tenha uma parcela de “culpa” na história, mas a gente precisa de mais dados pra entender a situação com certeza… Vamos aguardar os próximos capítulos haha

2 Curtidas

Raul, o que você acha que pode ser o motivo?

como faz para citar mais de uma pessoa?

Bem feito para microsoft, quando esta porcentagem começar a ser prejudicial, é possivel que a Microsoft encerre o desenvolvimento do Windows, igual ela fez com o MSN, Ensemble Studios etc. Não tenho nada que confirme isto, mais pode acontecer, dai esses desenvolvedoresinho de Only for Windows vão ter que portar tudo para plataforma Linux/UNIX kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Você seleciona o texto que quer citar, e vai aparecer um botão “Citação” em cima… Clica nele que o texto vai pra resposta… Vai fazendo isso com todos os textos que você quer responder… Pode ser uma pessoa, ou separar em partes o comentário de alguém :slight_smile:

Desculpa mas acreditar que algum dia Microsoft irá encerrar o desenvolvimento do Windows é utopia.

Já a muito tempo que o Windows não é principal produto da Microsoft. A maior parte do lucro dela hoje vem do Azure( no qual a maior parte dos serviços roda em Linux) e de assinaturas do Office/Microsoft 365 o que inclui o Teams e o One Drive.

O uso de desktops está em declinio, não se engane, se o Windows um dia deixar de ser interessante lucrativamente falando, ela vai abandonar. A Microsoft está claramente fazendo movimentos pra se tornar cada vez mais multiplataforma, virando uma empresa de serviços e nuvem.

Mas não vai deixar de ser lucrativo porque o Windows alimenta o Azure, a plataforma rodar em cima de Windows server; segundo tem os usuários corporativos do Windows que não vão deixar de usar o sistema tão fácil; terceiro Windows é a melhor plataforma para jogos atualmente, com suporte as tecnologias mais recentes e com os jogos mais recentes.

1 Curtida

Sim, mas como disse, ela está usando vada vez mais Linux no Azure. Mesmo assim vc manter um sistema pros seus servidores é diferente de manter um sistema de uso geral pro usuário comum, o Linux é a prova disso.

Como vc mesmo disse, atualmente o Windows é a melhor plataforma de jogos, mas a própria Microsoft está lançando o seu serviço de jogos por Streaming, o XCloud, que é multiplataforma. O streaming de jogos parece ser uma tendência, ela está se juntando a Google, Nvidia e se não me engano a Amazon também irá lançar um serviço semelhante.

Não estou falando que o Windows vai desparecer rápidamente, mas as tendências atuais parecem ser nesse sentido, não acho utopia isso acontecer.

Continuando a discussão do Windows perde usuários para macOS e Ubuntu:

Obrigado, testando aqui

Em concordância com o colega sidneyfmn
Utopia acreditar que o Windows pode um dia a deixar de ser usado, basta ver há quanto tempo existe Linux e nem a 50/50 chegou, isso por ser grátis, imagine se fosse pago.

Ela até comprou o GitHub… porquê será? :roll_eyes:
Mas ainda estamos longe de chegar aos 50/50 entre Windows/Linux
Mac somente alto escalão que tem muita grana

Por enquanto hehe

O Linux não precisa chegar a 50/50 com o Windows pra ser uma plataforma mais interessante para desenvolvimento de app e jogos por parte de terceiros. Necessita de mais usuários fato, mas não precisa nem de longe ser uma “ameaça” ao Windows pra isso acontecer.

Quando digo que o Windows pode acabar, não é pq Linux vai matar ele, mas pq a tendência atual é a migração dos serviços e jogos que pessoas comuns e empresas utilizam para a nuvem, tornando irrelevante o sistema que vc utiliza, somasse a isso a queda da utilização de desktop por parte das pessoas de forma geral. A própria Microsoft está nessa onda, ela de certa forma ajuda a tornar o Windows desktop algo obsoleto, até pq ela ta ganhando mais dinheiro com outros serviços que ela está oferecendo e ela quer expandir isso.

Eu acho que o maior responsável deve ser a quarentena mesmo… As pessoas não estão sendo forçadas a usar Windows no trabalho, além de muitos terem mais tempo livre, então podem acabar testando outros sistemas.

Que o Windows não é a fonte nº 1 de lucro do Windows, isso é fato. Mas daí pra achar que o Windows vai simplesmente acabar, é praticamente impossível. Tem que acontecer algo de MUITO BIZARRO na indústria pra isso acontecer hahaha

Acho difícil, porque apesar de estar em declínio constante, a Microsoft tem um apelo muito forte no mercado corporativo. Desktop está se tornando um nicho, e nessa área corporativa não vai sumir tão cedo.

1 Curtida

O que eu vejo é que a Microsoft adaptou muito bem o Windows a um desenvolvimento mais rapido, quase um Rolling release e isso beneficiou muito a plataforma com recursos e correção de bugs chegando mais rápido. O que eu acreditava até certo tempo atrás era que os sistemas operacionais iriam se simplificar para ser um interface bonita para exibe coisas da nuvem, como o Chrome OS, mas até ele não conseguiu manter esse modelo.