Ventoy com interface gráfica para Linux (GUI) - USB Flasher

O que é o Ventoy?

Ventoy é uma ótima aplicação para criar USBs bootáveis de qualquer sistema operacional, incluindo o Windows. É um software multiplataforma, o que permite que ele seja usado tanto no Linux, quando no Windows.

Temos um vídeo no canal Diolinux que explica o funcionamento do Ventoy:

Provavelmente o grande diferencial aqui, é que uma vez que você instale o Ventoy no seu pen drive, tudo o que precisa ser feito é copiar e colar as ISOs para o dispositivo, como se você copia qualquer outro arquivo.

Mais do que isso, ele tem suporte para múltiplas ISOs, então você pode usá-lo como um pen drive de multiboot também, bastando copiar as imagens para dentro do dispositivo, como qualquer outro arquivo.

A interface gráfica do Ventoy

A versão para Windows do Ventoy possui um pequeno utilitário que acaba facilitando muito a vida dos mais leigos, enquanto a versão de Linux, ainda que não seja difícil de usar (confira o vídeo acima), acaba se utilizando do terminal e fazendo com que você tenha que prestar atenção em quais comandos está dando.

A boa notícia é que existe uma interface para Linux também, que já vem com o próprio Ventoy a partir da versão 1.0.36 em diante.

Uma WebGUI para o Ventoy

Você pode fazer o download do Ventoy para Linux normalmente e extrair os arquivos que vem compactados para uma pasta de sua preferência.

Dentre os arquivos você identificará um shell script em especial que se chama “VentoyWeb.sh”.

Clique com o botão direito em um espaço vazio nesta pasta e selecione a opção “Abrir no Terminal” ou equivalente que a sua distro/interface tenha.

Só precisamos rodar esse shell script como fazemos com qualquer outro, usando sudo (ou root):

sudo ./VentoyWeb.sh

Como é possível observar, ele cria um servidor local que pode ser acessado por qualquer browser o endereço exibido na tela, que é o seu localhost com a porta 24680.

http://127.0.0.1:24680

Acessando a página, você deverá ver uma imagem conforme o exemplo acima, repare no endereço na URL do browser (1), você também pode mudar o idioma do App(2), e o Português está disponível.

Já tendo o seu pen drive conectado, você deverá ser capaz de selecionar o dispositivo no qual quer instalar o Ventoy(3), e por fim, clique no botão “Instalar” para finalizar o processo(4).

Uma vez instalado, o pen drive estará pronto para receber as suas ISOs.

Encerrando o VentoyWebServer

Uma dica, simplesmente fechar o terminal depois que você terminou de instalar o Ventoy não encerra o processo do server, é preciso usar Ctrl +C para pará-lo.

Caso você tenha fechado o terminal sem fazer isso (meu caso na primeira vez que usei), use o monitor do sistema para encerrar os processos sudo, VentoyWeb.sh e V2DServer, porém, notei que matando apenas o último processo destes 3, os outros dois fecham também por consequência.

Uma forma mais simples

Para ser sincero, o ideal mesmo seria uma interface como a do Windows, ainda que simples, feita em GTK ou Qt (ou até Electron), mas ainda assim, é uma forma mais simples de você fazer as coisas, uma vez que não precisa entender ou decorar certos comandos, aumentando a acessibilidade do programa.

:vulcan_salute:

18 curtidas