Solus Gnome x Manjaro Gnome

Olá Galera, então hoje eu ultilizou o Pop Os no meu notebook Acer A515-52G-577T e no meu PC com um i5 de 7 geração e nvidia 1060.
Eu quero experimentar sair do mundo das fixed release e ir pra uma Rolling release. Eu ando pensando no Solus e no Manjaro ambos Gnome. Mas não sei muito bem qual escolher. Então queria saber algumas coisas e agredeço se alguém puder responder.
1- As distros citadas tem boa compatíbilidade com placa hibrida?
2- É possível deixar o Gnome de outra distro como o do Pop Os?(Principalmente a extensão always Show workspace).
3- Oq vcs acham de cada uma e qual seria uma melhor escolha?

Desde já, agradeço.

Olha, eu uso Manjaro Gnome. É bem estável e bastante customizável. Nunca usei Solus, mas sei que a interface principal deles é o Budgie, daí o Gnome não receber muitos retoques. Quanto a ser compatível com placa híbrida, pelo que o pessoal comenta aqui no fórum, o suporte a híbridas do Manjaro é bastante bom. E sobre extensões, é difícil responder, pq o 3.38 ainda não entrou no Manjaro, mas como está demorando, é porque eles andam testando bem as extensões que vem “de fábrica” - já há até notícia de quando virá oficialmente, será no próximo lançamento de ISO. Mas aqui eu uso a principal extensão do POP, a Tiling Windows, e funciona tranquilamente - tanto que está no repositório oficial.
Ainda há a questão da documentação - bem mais abundante por ser base Arch.
Mas, como diria o @thespation, “só você pode decidir!”

5 Curtidas

Você sabe me dizer se tem como baixar essa extensão no manjaro (GitHub - pop-os/gnome-shell-extension-always-show-workspaces: Always show workspaces in overview) ?
Pra mim essa e a tilling window são o principal motivo de eu permanecer no pop.
E seria melhor baixar a iso do manjaro gnome ou usar o manjaro architect e ai colocar o Gnome?

1 Curtida

Se é uma extensão do Gnome, sim, mas mesmo que não seja, de certeza que há uma maneira :wink:

2 Curtidas

Muita gente fala que a ISO do Manjaro é muito cheia de tralha (bloated). Eu pessoalmente não acho, mesmo não tendo usado muita coisa que vem nele - mas pra quem veio do W10 e usou Ubuntu, o Manjaro até que é tranquilão. Sobre extensões, é aquilo: todo mundo vai sofrer com elas até os desenvolvedores se adaptarem ao 3.38. Mas se ela já funciona no POP 20.10, então vai rodar em qualquer Gnome. Sugiro mesmo testar as ISOs em VM primeiro antes de qq coisa - até pq o Architect é tranquilo mas exige atenção e um conhecimento um pouco além do basicão.

4 Curtidas

Sabe me dizer como faço nesse caso?

Teria que compilar. Ou seja, baixar do github, descompactar e rodar o script com sh install.sh (eu consigo normalmente marcando o script como executável e clicando nele, aí ele me pergunta se quero rodar pelo terminal, eu digo que sim)

2 Curtidas

Consegui aqui, MT obg. Nesse caso só peguei o UUID criei uma pasta com o nome e coloquei o js e o Json lá.

1 Curtida

Eu so dei um “sudo pacman -S pop-shell”
Não tam 100%, mas da pra usar tranquilo.

Isso é o comportamento padrão do gnome-shell se você estiver em qualquer distro, essa extensão só existe no Pop.

É disso aqui que você fala, @anon58028541?


(aperta Super e aparecem as áreas de trabalho ao lado?)

1 Curtida

Sim a única diferença é que a extensão deixa as áreas de trabalho expandidas, mas o comportamento do overview é, assim que uma nova área de trabalho é criada (ao mover uma aplicação) as áreas de trabalho se expandem.

P:Ah!!! mas por quê não deixar expandida?

R:Pois não estando expandida você sabe que não possui nenhum app aberto em outra área de trabalho.

Até pouco tempo todos DEs e WMs só exibiam 4 quadradinhos na tela.

1 Curtida

Só uma pergunta boba, você está utilizando o 3.38 já? Senão já vou deixar um aviso aos navegantes se você utilizar o Xorg seu menu de contexto do nautilus vai estar bugado, aí vem aquela velha históriao chutamos que a maioria dos usuários do GNOME estão usando wayland, aonde não possui esse bug, agora que o 3.38 está chegando em outras distros que utilizam o Xorg por padrão vão começar a aparecer bugs que “nós” usuários do GNOME não temos kkkkkkkkk.

Eu ainda uso o XOrg, mas tenho o Wayland habilitado. Não uso pq o a Dash-to-Dock fica meio louca no Wayland. Mas vou testar aqui as opções. E no Manjaro o 3.38 ainda não chegou. Alguns programas não rodavam - depois descobri o que era, são Flatpaks. Alguns eu subsituí por pacotes de repo, outros eu aprendi que usando o Flatseal eles rodam (mas isso nunca fica bem explicado!)

@Rodrigo_Chile Eis o bugzinho, esse espaço não existe no wayland, pois só se observa no Xorg.

Ubuntu Xorg.

Fedora wayland.

2 Curtidas

Bom, pra começar, estou no Wayland, já autorizei todos meus flatpaks a rodar nele e com o respaldo em XOrg… como antes, o problema é a Dash-to-Dock, que não some com os ícones dos apps recém-fechados… mas vou tentar uma gambiarra aqui

É estranho aqui “apesar de eu não a utilizar” funciona bem a versão 68 e eu nunca observei esse problema anteriormente das vezes que testei, habilitei aqui no 40.alpha e mesmo sendo uma versão para o 3.36 funcionou.

1 Curtida

Eu já tinha visto informe de erros desse comportamento na página. No Git deles não tem como dar esse aviso. Mas como é extensão do repositório do Manjaro, pedi pra reinstalar pelo PAMAC. Vamos ver o que acontece
EDIT: tem sim… e tem bastante aviso sobre o 3.38

Agora me bateu uma curiosidade, estes programas possuem ícone na área de notificação? Será que alguma extensão está detectando estes programas em execução na bandeja? É só curiosidade, eu testaria o comportamento desativando a extensão de indicadores.

O Skype tem, o Extensões não. E um jeito de “ajeitar” é desativar e reativar a extensão. Aí volta ao normal