Precisamos admitir: X.Org Server é Abandonware

“X is abandonware because every developer who worked on it for long enough to understand and maintain the overall beast has run away screaming.”

Daniel Vetter

4 curtidas

Acho que praticamente todos. O OpenGL ES 2.0 e um driver no kernel é o requisito mínimo para a maioria dos compositores Wayland usarem a placa gráfica, e todas as GPUs Intel integradas de 2008 em diante têm os dois no Linux.

Pra GPUs sem um dos dois, ainda dá para usar o Wayland, mas rodando direto na CPU, sem ajuda da placa gráfica.

1 curtida

Tinha uma distro BSD que queria utilizar o wayland, acho que o projeto foi pelo ralo mesmo

MAs leva mas tempo do que isso. O 32 bits tá começando a cair agora, se cair de fato. Agora no Kernel 5.10 que desativaram uma função que foi implementada para dar suporte a 286, salvo engano.

1 curtida

Eu tinha visto este artigo e sou obrigado a concordar. Infelizmente o XOrg se tornou um mal necessário, se transformando em um tapa buraco em momentos em que o Wayland dá problemas.

2 curtidas

Estava falando com o @anon58028541 em outro tópico o quanto de bugs o Wayland ainda tem:
Solus Gnome x Manjaro Gnome

1 curtida

Não exatamente, a NVIDIA é responsável pelas distros não adotarem por padrão, mas os desenvolvedores não conseguirem portar os compositores do X11 pro Wayland é culpa do Wayland

2 curtidas

Xorg é software legado, não abandonado, e deve continuar assim enquanto o Wayland e softwares dependentes do mesmo não sairem de um estado beta… Comunidades opensource deveriam se acostumar a dar estas garantias de QA.

Honestamente, a transição do Xorg para o Wayland está sendo uma das mais ortogonais transições de software legado para novo que eu já vi no mundo open source, gostaria muito que tivessem tido essa visão nas transições de versões de DEs como KDE e GNOME, lembro muito bem o caos e frustração que foi do KDE 2 -> 3 -> 4 e GNOME 2-> 3.

3 curtidas

No relatório de bug, este foi atribuido ao snapd.

Não estou dizendo que o wayland não tem bugs, infelizmente vão surgir muitos bugs quando as distros populares adotarem, agora se uma distribuição não faz os testes da sua interface no wayland aí já é outra história, seu usuário está ciente que o servidor X escolhido é o padrão, como é o caso do Pop_OS que nem tem uma entrada para sessão wayland pois buga tudo.

5 curtidas

Me parece que o XOrg está no limite da sua filosofia de programação. É como melhorar o notebook ao máximo dentro das possiblidades da placa mãe, mas pra fazer coisas diferentes precisa começar do zero. Esse zero é o Wayland, uma nova filosofia.

Acho injusto falar que que é Abandonware, pois funciona muito bem dentro de suas limitações.

5 curtidas

Estou com um bug no Wayland no KDE, quando eu inicio a sessão Wayland e abro menu iniciar, o PC trava tudo. Tenho uma placa de vídeo gforce 210 e to usando o drive nouveau.

1 curtida

Por que os desenvolvedores do Wayland precisam garantir isso? Até onde está escrito, o Wayland é uma tecnologia (servidor gráfico) diferente do X11. Essa lógica, aos meus olhos, não faz sentido (ou faz? :thinking:).

1 curtida

O Wayland assim como o X11 é um protocolo gráfico, ou seja, são da mesma classe de software, se um software pretende substituir outro na mesma classe, ele não só precisa ser melhor (o que em certo ponto o Wayland realmente é melhor) mas principalmente precisa facilitar a migração, uma suíte office por exemplo, por melhor que seja, se ela não oferecer uma boa compatibilidade com DOCX ela não vai ser adotada… ninguém quer ter que reescrever todos os documentos que produziu em anos só pra trocar de suíte… a mesma coisa com software… se o Wayland fornecesse uma “libcompat” (que é presente em praticamente todos os projetos que visão substituir outros ) fornecendo um meio de fazer uma transição mais suave… muitos projetos já teriam migrado pra ser full wayland a tempos

4 curtidas

Mas vai falar isso… a pessoa é atacada até a “morte”

Mas vai falar isso… a pessoa é atacada até a “morte”

Nem dou atenção.

De resto, entendi o ponto.

Os devs do SystemD são um bom exemplo kkkkkkk
E bem triste ver a “comunidade” fazer esse tipo de coisa

2 curtidas

Parece que é abandonware mesmo.

3 curtidas

The project is not technically abandoned – the last code merge was mere hours ago at the time of writing

Meio que você caiu num click bait

1 curtida

Não tem clickbait ai, porque assim como o título do artigo diz (“Xorg is now pretty much an ex-org”), o Xorg é PRATICAMENTE — atenção no sentido de quase — abandonware. A verdade é que quem está mantendo o projeto está mantendo a pulso e não manterá por muito tempo. Sim, é praticamente abandonware, porque não existe empresas, organizações, nem pessoas empenhadas e/ou capazes de manter o Xorg.

Enfim, tudo bem se apegar aos mínimos detalhes para não querer taxar o projeto de abandonware, mas aos meus olhos, o mesmo já se caracteriza ou já está se caracterizando como um.

2 curtidas

Mas é exatamente por isso que é um click bait

Na verdade é o texto mesmo

Na verdade não é assim que funciona, o Leafpad é um abandonware, apesar de ser mito usado, ele não recebe mais updates, o gedit também não recebe updates massivos, está sem mantenedor e ainda assim não é abandonware… tem critérios pra definir um abandownware

1 curtida