Migrar do Windows 7 para Ubuntu Mate

boa noite! sou novo no mundo Linux e não sei se aqui seria melhor local para tirar uma dúvida sobre o Ubuntu Mate! Assisti o vídeo do Diolinux sobre o Ubuntu Mate e fiquei com algumas dúvidas! sou usuário doméstico que usava Windows 7 Home Edition, meu notebook tem as seguintes características:

Semp Toshiba 14"
modelo: IS 1412
processador: Pentium (R) Dual Core CPU T4300 (2.10 GHZ - 2.10 GHz)
memória (RAM): 3 GB
HD: Samsung HM250 HI Ata Device (capacidade 250 GB)
arquitetura: 32 bits
ano: 2010
tendo em vista as características do meu notebook, existe alguma versão do Ubuntu Mate funcionaria bem e estável? haveria algum problema em utilizar alguma interface antiga (ex: Ubuntu Mate 16.04) sem ter atualizações disponíveis? desculpem as perguntas ridículas… sou usuário bem limitado sobre isso!

Dá pra usar o Mate 18.04, o Xubuntu 18.04 (essas são as últimas versões que a Canonical forneceu de distros 32 bits, o Zorin Lite 32 e o Mint 19.3 32 se baseiam nela), mas seu suporte vai até 2023 apenas
No mais, há distros baseadas em Debian rodando atuais para 32 bits. O Elive, para essa config, é uma excelente opção. Arch e OpenSUSE Tumbleweed também estão presentes em 32 bits, mas pedem usuários mais experientes na instalação e manejo dos sistemas

EDIT: Seu processador é de 64 bits. Roda qualquer distro atual, desde que com uma interface bem leve. Mint 20 XFCE, Lubuntu ou Manjaro XFCE são excelentes opções para ele

@Sergio_H, é 64 bits mesmo

2 curtidas

Olá, @Gedson! Sou também dono de um notebook Semp Toshiba, só que o meu é o IS 1422. Talvez você passe pelo seguinte problema com sistemas de base Linux:
Notebook suspende sozinho com distros que usam SystemD
Mas a solução é bem simples, como você poderá ver.
No mais: vale verificar se seu hardware é 32 bits mesmo. Alguns computadores dessa época que vinham com Windows de 32 bits são capazes de trabalhar com 64 bits.

2 curtidas

Então o Ubuntu MATE 20.04 pode funcionar nesse STI sem problemas. Não é o sistema mais leve entre as opções com MATE ─ mas é um dos mais amigáveis para iniciantes em Linux, juntamente ao Mint MATE.

O projeto do Ubuntu MATE foi um trabalho carinhosamente iniciado e desenvolvido pelos bambas da Canonical à época: Wimpress e Pope. Não surpreende que seja tão bom!

2 curtidas

obrigado pela resposta… só não estou encontrado (no site oficial) o link do download do Ubuntu Mate 18.04! só tem do 20.04.2 (Fossa Focal)! consigo baixar com segurança de outro site?

aqui está amigo
https://cdimages.ubuntu.com/ubuntu-mate/releases/18.04.5/release/

2 curtidas

muito obrigado pelo link! estava procurando no site do ubuntu mate… e nem me toquei que talvez tivesse no site ubuntu.com! espero que consiga me virar com ele. eu até já consegui fazer algumas instalações pelo terminal, desde que consiga orientação na internet… até consigo me virar! sou usuário doméstico, só tenho dois programas excepcionais instalados Anki para idiomas e o Stellarium para astronomia. os demais programas são normais, para fazer trabalhos e navegar na internet! obrigado novamente!

obrigado Rodrigo e Sergio! arquitetura do notebook é 32 bits… na época quando comprei (2010) você podia escolher 32 ou 64 bits seria o mesmo preço! acabei escolhendo o 32 bits porque a arquitetura 64 bits era recente! hoje confesso que me arrependo da escolha, pois verifiquei que há muitas distros Linux para 64 bits!

1 curtida

eu olhei no site da intel e lá diz que ele suporta instruções de 64 bits.

link:Processador Intel® Pentium® T4300 (1M de cache, 2,10 GHz, FSB de 800 MHz) Product Specifications

1 curtida

È 64 bits, Gedson, como eu disse e o @Talls confirmou (é “o” ou “a”? Dúvidas…)

O Windows tinha um esquema diferente de instalação do Windows que criou essa confusão - para além do óbvio (Windows 64 não roda em CPU 32), eles recomendavam instalar 32 bits em máquinas com até 2 GB de RAM. Isso não acontece nas distros Linux, que mesmo tendo menos de 2 GB suportam bem distros 64 bits

1 curtida

Se fosse recomendar uma distro para o seu caso seria mint cinnamon mesmo, ela não vai chegar usar esses 3 GB de memória ram, ela é muito boa para quem esta saindo do windows, depois de um tempo nela, você se acostuma com o ambiente linux e pode partir para uma distro mais leve e minimalista.

Estou usando o Ubuntu MATE 20.04 num segundo notebook aqui. Para mim, é a MELHOR versão do Ubuntu, com uma loja de software bem cuidada ─ que funciona sem lentidão, diferentemente das lojas do GNOME e do KDE ─ e o ótimo MATE Tweak com interfaces pré-montadas, que resolve num clique questões de preferência do usuário (ambiente mais para o Unity, mais para o Pantheon, mais para o Windows…).

Sistema prático e bonito.

Aliás, na sessão live, já possibilita a adequação do sistema ao idioma e ao layout de teclado de preferência ─ algo que nem toda derivação do Ubuntu oferece (Lubuntu e Mint, por exemplo…).

ADENDO: a loja de software do Ubuntu MATE 20.04 é mais completa que a do Mint 20.02, pois tem disponível para instalação com um clique programas que no Mint a gente só instala via Terminal (Brave, por exemplo).

ADENDO 2: a ISO mais recente do Ubuntu MATE continua trazendo o erro em que os itens das categorias do menu principal aparecem sem os seus ícones. Solução:
https://www.vivaolinux.com.br/dica/Como-Corrigir-os-Icones-no-Menu-do-Mate-Desktop

1 curtida

Essa configuração roda o Ubuntu Mate tranquilamente. A interface usa poucos recursos para funcionar, similar ao XFCE. Esse processador é 64bit, então pode mandar ver no 20.04.2 ou no 21.04, que vai rodar sem problema.

bom dia… obrigado pela ajuda! já instalei o Ubuntu MATE 18.04.5 (64 bits) e esta funcionando normalmente, inclusive adicionei o ícone do Terminal e do navegador Chrome… no painel inferior ao lado do “menu”! só estou tendo o seguinte problema: toda vez que inicio a sessão, esses dois ícones não carregam ficando o espaço vazio no painel! vc saberia me dizer como faço para que eles carreguem normalmente como os demais ícones do painel?

Por que você instalou o 18.04 se a versão mais recente LTS é o 20.04 e você pode usar em 64 bits? É possível que esse problema já tenha sido corrigido na versão mais recente…

é que meu notebook é de 2010… então achei que fosse a versão mais apropriada! está funcionando bem mesmo sendo a versão 18.04.5… apesar de ser iniciante em distribuição Linux! só achei que o problema com os ícones do painel fosse fácil de resolver, mas se não tiver solução… tudo bem! obrigado pela dica!

Mesmo sendo de 2010, se teu processador é de 64 bits (e é, já que vc instalou o 18.04), pode ir pro 20.04 sem maiores problemas… é possível que esse bug (como o de ícones, procura post aqui no forum a respeito) esteja resolvido

1 curtida

bom dia… consegui resolver! obrigado Rodrigo Chile e Henrique Rodriguez pela orientação!

1 curtida