Manjaro 20.1 "Mikah" lançado

O Manjaro é um sistema bastante conhecido pela comunidade Linux em geral. Baseado no Arch Linux, a distribuição é uma das preferidas por usuários que queiram utilizar o Arch, mas sem o trabalho de instalá-lo.

Mesmo sendo uma distro rolling-release, o Manjaro possui lançamentos onde são incluídas novidades do sistema e atualizações até aquele dia, evitando que o usuário baixe uma “nova ISO” a cada atualização.

Recentemente, foi anunciado o lançamento da versão 20.1 do Manjaro com o codinome “Mikah”. Ele traz a série 5.8 do Kernel Linux, além da última versão do Pamac, para gerenciamento de pacotes.

Essa nova versão do Manjaro, traz melhorias nas construções de pacotes AUR, instalando quantos pacotes forem possíveis em uma única operação. Dessa forma, os usuários terão sempre versões mais recentes dos softwares no sistema.

Os ambientes gráficos mais recentes foram nesta versão do Manjaro. A edição principal continua com o XFCE 4.14, enquanto a versão KDE Plasma vem com a versão 5.19.5 e a edição GNOME com a versão 3.36.6.

A edição KDE Plasma do Manjaro conta com o KDE Applications 20.08 e uma aparência redesenhada. Já a edição Architect do Manjaro, possui suporte a instalações utilizando ZFS.

A versão 20.1 do Manjaro inclui os pacotes KDE-git e Deepin atualizados, além de contar com a ferramenta MHWD (Manjaro Hardware Detection) totalmente aprimorada. Os repositórios do Manjaro também foram atualizados, trazendo mais softwares para a distribuição.

Caso você esteja utilizando o Manjaro 20.0, basta atualizar o sistema com o comando sudo pacman -Syu em um terminal. Se você ficou interessado nesta versão e deseja testar, pode realizar o download de uma ISO a partir do site oficial.

Você já utiliza o Manjaro? O que achou dessa versão? Deixe pra gente nos comentários, confira nosso Feed RSS e até a próxima notícia, dica ou tutorial!

4 Curtidas

Minha distro do :green_heart:

1 Curtida

Ainda não testei e me manterei firme e forte no fedora :blue_heart:

1 Curtida

Hehehehe… comigo o Fedora não foi, não sei pq ele não deu boot no meu Dell, mesmo problema das Ubuntu e Debian-based (que até carregam mas demoram muito a chegar ao sistema). Mas depois que fui pra uma distro RR, não quero outra coisa!

Só uma coisa estranha: o Libre Office já está na versão 7 faz tempo, mas no repo do Manjaro permanece na 6.qq coisa… demora desnecessária!

O pacote que você instalou é o libreoffice-still ou o libreoffice-fresh? Porque o Still é a versão de longo suporte então é um pouco mais antigo.

1 Curtida

É o que veio pré-instalado, deve ser o still… mas mesmo assim, já saiu tem mais de 1 mês e em flatpak já está no 7… achei que deve estar estável o suficiente pra atualizar de versão

O libreoffice-still sempre vai estar uma versão atrás do libreoffice-fresh, é uma característica do pacote e não ‘culpa’ do Manjaro. Inclusive, se você for no site deles, vai ver que tem a versão 7.0.1 (fresh) e a versão 6.4.6 (still), sendo que esta tem foco nos usuários que buscam algo um pouco mais ‘estável’.
A versão still só vai mudar para a 7 quando sair a 7.1 (eu acho, não conheço direito o esquema de versionamento do Libreoffice).
Se você quer atualizar para a versão mais atual, instale o libreoffice-fresh pelos repositórios ou a versão em flatpak/snap.

Detalhe: a versão fresh não é instável, beta ou destinada a testes. Pode ser usada numa boa. Só não tem tanto ‘tempo de mercado’ quanto a versão still e, como é mais recente, teoricamente não foi tão colocada a prova quanto a mesma.

4 Curtidas