Windows 10 vs Mint 19.1

#1

vale a mudança séra ??:thinking:

0 Likes

#2

Foi a primeira coisa que fiz quando comprei o note novo. Coloquei Arch nele de primeira.

2 Likes

#3

kkkkk já eu to na duvida se troco meu Windows pois quando comprei meu note já veio talvez eu troque daqui a uns ano

0 Likes

#4

Se fosse pelo Linux Mint eu não trocaria, ficaria no Windows mesmo.
Mas existem coisas melhores. :v
Arch, Void, Gentoo, só coisa boa.

1 Like

#5

Buenas… bem… assim que peguei meu note, que veio com Windows 10 Home, coloquei um SSD M.2 e mandei o Windows pro espaço e coloquei o Mint 19.1 Cinnamon.
Como o HD de 1TB pode ficar espetado no note, junto ao M.2 (cada um no seu slot, claro), beleza.
Se servir de dica, configurei assim:
M.2 - ext4 com Mint 19.1 (talvez eu deveria ter gerado uma partição “/home”, mas, agora já está td feito… quem sabe um dia eu configure diferente)
HD uma partição de 120GB ext4 só para o TimeShift, uma partição de 4GB para SWAP, e o resto NTFS para arquivos em geral (imagens, documentos, vídeos, etc);
Enfim, respondendo se vale a pena… bem, é mais uma daquelas escolhas puramente pessoais, pra mim, sim, vale a pena! E mais, o interessante é provar os diversos sabores para ajudar a decidir além de ler documentações, pois o que eu acho que é o melhor pra mim, pode não ser o melhor para os outros e vice-versa. O melhor é sempre aquele que você se adapta melhor e te atenda da melhor forma dentro do teu contexto.
Já o que é diferente em ambiente corporativo. No meu caso, tanto a empresa terceirizada que nos dá suporte no servidor/AD windows server quanto o administrador/técnico local disseram que não teria problema desde que eu conseguisse produzir meu trabalho poderia instalar o linux sem problemas. Já existem empresas que definem esse ou aquele sistema e você deve seguir aquela determinação e ponto.

1 Like

#6

@hdd
Você está na dúvida mesmo? Tem alguma ideia de como o Linux funciona de modo geral?
Sinceramente é a primeira vez que encontro alguém que nunca usou em um fórum.

0 Likes

#7

Se o Windows for trial nem vale a pena.
E se for ficar com o Linux sugiro reembolsar o dinheiro da key do Windows.

0 Likes

#8

Fiz essa mudança e não me arrependo de nada.

1 Like

#9

Oi @Ma-chan, apesar de eu usar já faz um tempo, eu ainda sou meio leigo quando os assuntos são mais imersos em questões mais técnicas kkkk por quais motivos estes mencionados por você são melhores que o Mint? De repente, vale a migração para algum deles.

0 Likes

#10

Coisa boa é mesmo, estou usando Arch aqui, mas se for para um usuário iniciante Arch, Gentoo e afins não são uma idéia muito boa.

3 Likes

#11

Instala o Mint (ou qualquer outra distro que tu queira) em Dual Boot, testa e chega na tua própria conclusão se vale a pena ou não. Por mais que possamos te dar a nossa opinião (e na minha vale a pena sim haha), cada caso é um caso e cada pessoa tem necessidades diferentes, então só tu pode saber se vale mesmo a pena.

2 Likes

#12

Também uso Arch mas para um iniciante eu recomandaria Linux Mint, Xubuntu ou Manjaro, aí quando já tiver familiarizado com o terminal recomendaria o Arch, apesar de eu achar até fácil a instalação do Arch não existe sensação melhor que deixar o Arch polido (eu uso XFCE :stuck_out_tongue:)

1 Like

#13

Concordo! Tabém estou usando Arch XFCE

E por algum motivo também gosto dessa sensação haha

Mas o ideal para um iniciante que tem interesse em aprender mais sobre Linux é ter uma distro mais “out of the box” como o Mint como distro principal, e ir brincando com o Arch em uma VM, depois instalando no HD mas sem remover o sistema principal, até pegar o jeito de deixar ele “polido” e pronto para uso. E só aí Migrar para o Arch em definitivo.

Se o cara ta chegando agora e for tentar instalar Arch as chances de se frustrar e desistir são imensas.

Também não acho a instalação tão difícil, mas não basta instalar e usar. Após instalar o Arch tem uma “tonelada” de coisas para se instalar e configurar até deixar o sistema 100% pronto para o uso.

2 Likes

#14

Qualquer distro direcionada para o público-geral é muito cheia. O openSUSE por exemplo vêm com um monte de tralha que nem te interessa ou vai te interessar.
Distribuições minimalistas são melhores pela flexibilidade, mas exigem mais de um usuário que não sabe muita coisa ainda.

Imagine um arroz capaz de se transformar em um robô gigante, isso seria o Gentoo. O usuário precisa ter conhecimento para saber moldar o grão de arroz em um robô gigante.
O Ubuntu é um abacate que vêm com tudo, mas não é tão simples você conseguir deixar do jeito que você realmente quer.

2 Likes

#15

Eu sempre usei Windows (98, XP, 7, 10) não gostei do Windows 8 então não usei.

Mais sempre tive muitos problemas com o Windows quando usava (travamentos, lentidão, tela azul, reinício e etc) achava normal.

Então um dia botei dual boot com o Linux Mint 18 e achei ele bem melhor que o Windows 10 nunca mais tive os mesmos problemas que tinha com ele.

Hoje tô com o Mint 19.1 (que tá melhor que o 18) então na minha opinião vale muito a pena…

Mais não precisa se precipitar e tirar o Windows 10 de vez, faz um dual boot com o Mint 19.1 (é super simples de fazer) e aí vc usa ele e ver se vc gosta e se vale a pena pra você (pra mim super valeu a pena)

4 Likes

#16

Se eu tivesse uma licença original do windows 10 eu o usaria, por causa dos jogos, alguns programas, etc. Tendo em vista que eu uso o linux para não usar software pirata e nem ativadores. Se o windows está satisfazendo suas necessidades e está servindo ao que você precisa por que você quer trocar? Para que trocar? O melhor SO é aquele que faz tudo o que você precisa e que vai rodar todos os programas que você usa; o linux tem seus pontos fortes e fracos e o windows também.

2 Likes

#17

Concordo totalmente com você se o note com a key original não aumentar muito o preço do produto não vejo problema em comprar ele junto, se eu tivesse uma key original do Windows também usaria ele, além de que isso não irá atrapalhar a usar o Linux, por que convenhamos é mais fácil instalar o Linux em dual boot com Windows do que o encontrário

0 Likes

#18

Respondendo às duas imagens: Pelas imagens, se deduz que a dúvida é com relação à aparência. O Cinnamon é quase totalmente customizável, vai deixar ele do jeito que vc quiser e quando quiser. Já no Windows vc tem a noção de beleza através do Wallpaper.

Meu ponto de vista: Utiliza os dois. Eu uso Linux a bastante tempo, mas nunca deixei de usar o Windows. Os dois são bons, me servem. Tudo que preciso fazer em um, consigo fazer no outro, tirando a questão dos jogos no Linux Mint XFCE agora. Tenho um tópico aberto sobre isso, que até o momento ninguém conseguiu dar uma luz, então jogo no Windows que não tem problema nenhum pra isso.

¨Gosto é igual bunda, cada um tem a sua e todo mundo olha a de todos.¨

2 Likes

#19

mas se ele for iniciante principalmente o gentoo não é recomendado

0 Likes

#21

Nem Gentoo, nem Arch, ou nenhuma desse tipo, pois são difíceis para iniciantes.
Colocar um iniciante para usar uma distro difícil, acabaria espantando ele do mundo linux :thinking:
O mais recomendado para quem vem do windows é o Linux Mint :slight_smile:

1 Like