Uso Ubuntu, mas tenho vontade de voltar para windows

Sempre tive gosto por tecnologia e afins… principalmente computadores e internet.
Aqui em casa moro com os meus pais. O meu pai usa meu PC de vez enquando. So que meu PC e Ubuntu. E como todos sabem nem todos os apps do Windows estao disponiveis no Linux. Meu pai sempre usou Windows, e eu tambem. Usei Windows 95/ME/2000/XP/W7/10/11. Desde que me entendo por gente sei que todo sistema operacional tem seus defeitos. ou seja pros e contras. certo dia meu pai precisou imprimir um arquivo em .docx no Gmail. conectei a impressora e nao imprimiu. O unico pacote office que eu tenho instalado e o Libreoffice. Teve que converter em .pdf para imprimir. Sempre fui a favor de sistemas livres!!! A Microsoft torna seus sistemas com falhas e bugs no dia a dia!!! nao que o Windows nao seja confiavel. Mas acho que o Ubuntu em questao de aparencia e melhor. (Acho mais agradavel de se ver) O meu PC sempre foi Windows. Nunca tinha usado o Linux como sistema principal. Em 2009 fiz um curso superior de Redes, mas so passei 1 semestre no curso. E tive aula de sistemas operacionais livres. ai aprendi a lidar com Linux no Geral!! mudei para o Tecnico e tambem tive contato com Linux. mas mais detalhadamente nos comandos. terminei e nunca mais esqueci os comandos. ora e outra eu pesquiso a solucao. e sempre encontro!!! Sera que vale a pena continuar usando o Ubuntu? e principalmente sistemas livres? fiz a minha impressora HP funcionar perfeitamente. As vezes tambem bate um arrependimento de ter instalado e sempre da vontade de voltar para o Windows. Mas eu tento me controlar!!! Como dizem, gosto e gosto ne?

2 curtidas

Só você, e somente você pode responder essa pergunta.

O que posso acrescentar é que utilizar uma ferramenta como um sistema operacional ou um programa não deveria ser tratado no nível de importância de um “compromisso”.

Use as soluções que te atendem e você se sente confortável, está tudo bem com isso.

:vulcan_salute:

6 curtidas

Sim, eu sei. Sei tambem que nada que nos fazemos e um compromisso. tirando aquilo que e nossa obrigacao. O ubuntu me atende bem. So que é aquilo ne? gosto e gosto ne? eu domino bem o terminal com os comandos basicos. So acho que o Windows e meio problematico em algumas coisas. O PC e meu. Mas tipo, o Windows estava dando problema no meu PC. Ai resolci tentar algo diferente para usar.
Estou querendo trocar meu PC por um mais novo. apesar de que ele tem 7 anos, comprei em 2017. Mas fiz uns upgrades nele que deu uma melhorada. Ele e um Ryzen 5 1400,16gb de RAM,480gb de hd ssd. originalmente ele veio com um HD de 1TB e 8gb de ram. Mas acho que deve aguentar mais um pouco sem trocar o PC. O que eu quero fazer em breve e trocar a pasta termica e fazer limpeza nele. nunca me deu problema mais serio. esse upgrade que eu fiz foi no final do ano passado. acresentei mais 8gb de ram e o SSD. Toda vez que eu substituo algo (compro) sempre dou para um parente. mas eles destroem as coisas que eu dou para eles… entao prefiro ficar do que dar!! entende?

1 curtida

Esta vontade de querer voltar para o Windows é normal e com o tempo passa. O nosso cérebro não gosta de mudança, sempre que você muda ele fica querendo voltar ao estado anterior se possível, visto que o que é um hábito vai no automático e não gasta tanta energia como criar um novo hábito.

2 curtidas

E verdade!!! tens razao!!!
Apesar de que eu estou satisfeito com o Ubuntu, nada me faz voltar mais para o Windows!!!
E o Windows e um sistema que fica obsoleto com rapidez!!! O Windows 11 ate roda no meu PC mas porem ele e incompativel segundo as especificacoes tecnicas dele. E o Ubuntu ainda tem certo tempo de suporte. E o que me faz usar o Ubuntu e principalmente o Linux!!! Nao costumo muito jogar no PC para isso eu tenho 3 consoles de mesa. (Xbox e PS4) So uso para navegar na internet,assistir as aulas da faculdade. nem o Libreoffice eu uso. E tambem PC novo ta muito caro!! nao acho nada no nivel atual do meu por menos de 3k. E quando acha e inferior.

1 curtida

Li bastante, e não consegui entender qual seria o problema.

Você diz que o Windows dá problema, e que você está satisfeito com o Ubuntu. – Então, qual motivo de querer voltar?

Mas se resolver voltar… por que não?

Quanto à impressora, há muitos anos eu não tenho. Quando preciso, eu “imprimo” em PDF – e levo o Pendrive numa loja de conveniência.

1 curtida

A questao e o seguinte, se realmente o Ubuntu e bom o suficiente para me motivar a ficar com ele!!!
Entendeu?
O meu pai tomou raiva do Linux!! mas isso quem decide nao e ele. e sim Eu!! porque nada do que ele precisa no PC funciona. o meu PC por exemplo, a impressora nao funciona na porta usb traseira. so na frontal. Ja pesquisei bastante tambem a respeito do Windows x Linux. e o Linux sai na frente por ser mais seguro e estavel. e atende bem quem precisa do minimo necessario para usar o PC no dia a dia.
A minha pergunta e: Vale a pena ficar com o Ubuntu? ao inves do Windows?

1 curtida

Me parece que algo que pode te ajudar é buscar um caminho do meio, se outras pessoas usam o computador além de você e elas não têm a familiaridade ou o interesse em Linux, porque não usar um dual-boot?

Me parece um pouco de exagero gerar desgaste em torno de algo simples de contornar, quando eles quiserem, usam Windows e você seguem em paz usando o seu Linux.

Como dizia o Bruce Lee: “A água pode fluir ou pode bater. Seja a água meu amigo.”

:vulcan_salute:

3 curtidas

Entao,
O meu pai quase nao usa o meu PC. para isso ele tem o dele (notebook) , ele so usa quando precisa de imprimir algo. Mas sabe, quando a pessoa precisa do computador e quer algo pra ontem? e justamente isso!!! sem falar que eu tenho arquivos em um HD Externo que estao em ARW. (Fotos) que nao sao visualizadas pelo Ubuntu. E necessitaria de um visualizador de imagens que pudesse ler ARW. ou mesmo converter todas elas.

1 curtida

A questão me parece muito mais da área de “Humanas”, do que da área de “Exatas”.

Fala-se muito mal da “Política”, mas a bendita (ou maldita) política faz parte da nossa vida, desde o momento em que o médico nos pendura pelos pés e nos dá uma palmada.

Em Relações Exteriores, chama-se “Diplomacia” – mas é a mesma coisa: – “A arte de fazer amigos e influenciar pessoas”, como dizia Dale Carnegie.

Mas pode chamar de “coach” – no sentido de 30 anos atrás – quando se tratava de “harmonizar” uma equipe dentro de uma empresa, para que todos evitassem atitudes de conflito e, em vez disso, adotassem posturas capazes de gerar cooperação.

Dualboot – Windows e Linux na mesma máquina, para cada um escolher qual deseja usar (na hora do Boot) – pode ser a solução mais humana, política, diplomática, familiar etc.

Se vc tiver interesse, minha sugestão é abrir 1 outro Tópico – pois muitos colegas poderão ajudá-lo sobre “Dualboot” – mas trata-se de um outro assunto.

(Fiquei com a impressão de que você talvez não esteja familiarizado com o assunto Dualboot. – Muitos colegas aqui poderiam ajudá-lo, se vc resolver fazer isso).

Escolhi minha placa-mãe (motherboard), não por capacitação para jogos (não jogo), mas pelo número de portas Sata (para HDDs, SSDs) e USB. – O resultado foi isso, que só entendi depois que o PC já estava pronto, pago, e trazido para minha casa:

Portas USB
Chipset Intel® B360:
2 porta(s) USB 3.1 Gen 2 up to 10Gbps (2 no painel traseiro, Azul turquesa, Type-A)
Chipset Intel® B360:
3 porta(s) USB 3.1 Gen 1 up to 5Gbps (1 no painel traseiro, , conectores internos para mais 2 porta(s), USB Type-CTM)
Chipset Intel® B360:
6 porta(s) USB 2.0/1.1

Sim. – Não pense em termos de “o computador”. – Tente examinar seu hardware em termos de:

  • Placa-mãe
  • Processador
  • Gabinete
  • etc.

Não sei se é exatamente assim. – Há pequenas variações, dentro de 1 mesmo modelo – e nunca tenho certeza de que baixei os Manuais corretos.

Hoje, já compreendo que minhas 2 portas USB na parte de baixo do Painel traseiro são “USB 3.1 Gen 2” – e reservo para funções “nobres” – enquanto as 2 portas USB na parte de cima não me parecem tão católicas, por isso, é nelas que pluguei o Teclado e o Mouse.

Já o meu velho e bom Pendrive de 2 GB (USB 2.0) – comprado há mais de 10 anos – plugo sempre numa das portas do Painel Frontal.

(Entendo que posso ter mais algumas portas USB… mas não foram plugadas pelo técnico, ao montar meu PC).

Bom… Demorei uns 3 anos, para chegar a essas conclusões – e tenho a “sensação” de que, agora, as coisas dão certo. – Sim, não sou especialista da NASA (rs).

Resumo: – “A vida não é justa” (provérbio de algum filme americano). – Mas se a gente compreende esse “princípio”, fica fácil a gente procurar e encontrar uma solução para tudo, nessa vida.

PS: – Enquanto eu respondia, vi que surgiram outras questões. – Achei melhor não complicar ainda mais essa minha resposta… que já contém muita complicação (rs).

Eu tenho esse tipo de pensamento as vezes, mas tenho que escolher entre estar na praticidade resolvendo poucos problemas ou gastar mais tempo tentando criar praticidade, tipo isso varia do uso do usuário
Eu já fiquei no Linux por quase 5 anos no início kkkk mas eu só navegava na internet, hj já trabalho com T.I e as distros não conseguem atender minha demanda(com breve exceção onde monto alguns servers pra backup ou web simples) mas o Windows virou o Rexona do meu desktop kkkkkk

Existe alguma forma de saber isso antes de comprar? Meio que, como você vai conseguir acessar esse painel aí em uma loja ou algo do tipo?

Misericórdia, se eu comprasse o pc pelas muitas opções de portas usb e depois enfrentasse probelmas (como já estou tendo aqui) e me deparasse com isso pra mim seria catastrófico, agora eu finalmente entendi o porquê de as vezes, quando usava Windows aparecer “este dispositivo pode ser executado mais rapidamente.”

Como acesso esse painel aí que mostra as informações?

Existe algum risco dele ser adulterado para mostrar informações não correspondes?

Comectar teclado e mouse em portas lerdas pode afetar o desempenho? Por exemplo o teclado aqui de casa por exemplo se eu aperto a tecla d ou s ou a (ou espaço ou shift) com mais duas teclas de seta uma delas não funciona enquanto que se eu aperto 3 de outras teclas funcionam, até hoje não achei como resolver, em resumo apertar três teclas simultaneamente uma delas não funciona dependendo da tecla, enquanto que apertar outras 3 teclas simultâneas funciona.

1 curtida

se quer voltar e acha que é melhor pra você, volte. nada demais. no mundo tem espaço para todos.

1 curtida

Vamos por partes:

Basta entrar no site do fabricante (Asus, no meu caso), e baixar o Manual do modelo de placa-mãe que você pretende comprar. – Tem todas as especificações – e também os desenhos, para localizar as coisas:

Esqueci de dizer que, no Painel traseiro, existe +1 porta USB “mini” (tipo C), que ainda está desocupada. – Em resumo, são 5 na parte de trás, 2 no Painel frontal – e ainda posso acrescentar mais 4 na frente (basta comprar uma plaqueta e instalar no Painel frontal).

Para mim, está tudo bem, pois meu SSD externo é antigo, USB 2.0 – e meu scanner (que fica desplugado a maior parte do tempo), é ainda mais antigo, deve ter uns 20 anos.

Das portas de maior capacidade, USB 3.1 gen 2 (10 Gbps), separei uma para usar com as “gavetas” externas para os antigos HDDs, que só plugo para o backup semanal.

Na verdade, há décadas que não compro PC pronto. – Em 2009, um amigo de SP escolheu as peças na R. Santa Ifigênia (com ajuda dos técnicos dele, verdadeiros sabe-tudo), me mandou pelos Correios, e eu montei aqui. – Em 2020, pesquisei sozinho (entendo pouco), depois fui à “Rua da Informática” daqui, comprei as peças em 2 ou 3 lojas, e o técnico de uma das lojas montou tudo num instante.

Não é que sejam “lentas”. Apenas, têm menor capacidade. Acho que Teclado e Mouse mandam um volume bem pequeno de dados. Funcionam normalmente.

1 curtida

As empresas sempre fazem seus softwares pensando primeiramente no Windows, muito pela quantidade de usuários, isso é fato. Eu mudo sempre, uso um bom tempo o Mint e depois volto pro Windows, não existe compromisso até porque não sou patrocinado para usar nenhum dos dois.

É inegável que muitas pessoas chamam o Windows de “ruin-dows”, ou que ele é cheio de “bugs” e afins, porém mantiveram contato a vida toda com ele de forma crackeada e ilegal, nunca usaram o sistema em sua performance máxima, com todas as atualizações e um bom software antivírus.

Resumindo, use o que facilite sua vida, e não um software por compromisso, só para falar que usa :call_me_hand:

1 curtida

Sim, com certeza!!
Ontem a tarde comecei a via crussis para instalar o Windows 10 de novo no meu PC. E para variar consegui dar PT num HD Externo que eu tinha conectado no meu PC junto com um Pendrive. Sem querer fui no Gerenciador de Disco do Windows 8 (primeiro instalei esse para que eu pudesse instalar o Windows 10) e apaguei a particao do HD Externo. E la tinha Fotos e Arquivos guardados por algum tempo. Tentei recuperar mais sem chance!! O Easus Data Recovery Wizard e pago!! Fiquei chateado com a perda, mas acontece!! Sera que o Linux nao tem um gratuito para recuperar? Verei tambem como Fazer um Dual Boot no meu PC para usar o Windows e Linux. ou do contrario eu instalo uma Maquina Virtual para usar.

Ontem a tarde comecei a via crussis para instalar o Windows 10 de novo no meu PC

🠮 Porque não coloca o 11 já?

Sem querer fui no Gerenciador de Disco do Windows 8 (primeiro instalei esse para que eu pudesse instalar o Windows 10)

🠮 A licença do Windows é original? Se for, depois que o 10 estiver instalado você pode vincular a licença no seu e-mail Microsoft, assim não precisa ficar instalando sistema antigo e atualizando depois.

Sera que o Linux nao tem um gratuito para recuperar?

🠮 Eu fiz uma recuperação uma vez com o Recuva (no Windows mesmo), foi até bem sucedida, consegui cerca de 90% dos arquivos de volta.

Verei tambem como Fazer um Dual Boot no meu PC para usar o Windows e Linux. ou do contrario eu instalo uma Maquina Virtual para usar.

🠮 Se o linux for apenas para fins de estudo, instale ele numa máquina virtual mesmo que já faz tudo que você precisa.

Então,
@jonasea91
A máquina não e compatível com o Windows 11. Por ela ser um pouco antiga. Apesar que eu posso instalar o Windows 11 com o Rufus. Aí da! Mas como eu já instalei tudo praticamente e configurei não valeria a pena eu fazer isso. Porque o Rufus ele tira da ISO a exigência do TPM 2.0 o que a minha máquina não tem. Sim, a licença e original. Mas tive que fazer isso porque não estava conseguindo criar o pendrive bootavel com o Windows. O Linux não era para fins de estudo. E sim, para uso cotidiano. Como qualquer outro sistema. Mas como ele se tornou inviável para meu uso principal na máquina. Tive que deixar ele de lado. Mas eu tenho um Notebook que e novo com o Ubuntu instalado. E como só eu que uso não tem problema. Eu até pensei em comprar uma máquina só para usar como cobaia de testes. Mas acho que não valeria tanto a pena, pq não tenho muito espaço pra outra e nem hardware que eu possa usar com ela separado.

Problemas para impressão em casa é comum, pois é algo que se faz pouco e quando se necessita, tem que configurar ou ainda acabou o papel, a tinta acabou, a impressora imprime com listas pois secou tinta no cabeçote… Nem o Bill Gates te salva. Se for pra ter uma impressora confiável, aí já é linha profissional que custa o preço de um computador.

Não se esforce para ter a grama do vizinho… Muita gente não para e pensa sobre isso, isso também acontece no mundo Linux e aqui no fórum, as pessoas veem um monte de gente se dando bem com distro X, só usando Linux, e querem ser essa pessoa, mas as coisas não são tão simples assim. Seja você, e se as coisas funcionarem melhor no Windows, não se odeie por isso.

Claro, não estou dizendo para você abandonar Linux, mas talvez existam outras formas menos sofríveis de resolver isso. Talvez instalar o driver da impressora no notebook do seu pai? Assim seria só uma questão de plugar um cabo.

1 curtida