Um mês usando Linux, minha experiência

Olá a todos, como estão? Há um mês atrás eu troquei definitivamente do Windows 10 para o Linux, mais especificamente o Ubuntu 20.04, e gostaria de compartilhar com vocês minha experiência desde a instalação até o momento em que escrevo esse post.
Antes de começar, vale dizer que essa não é meu primeiro contato com o mundo Linux, já utilizei anteriormente, mas não com tanta frequência e nem com todo esse tempo, entretanto deixarei minha história com o Linux pra outro post. Chega de enrolar e vamos lá.

Para começar, gostaria de falar que era pra eu estar utilizando o PopOS ao invés do Ubuntu, mas em decorrência de alguns pequenos probleminhas isso não foi possível, você pode ver isso com mais detalhes nesse post aqui. Logo após essa triste ocorrência eu corri atrás de uma solução urgentemente, e isso me custou 50 reais, sim, cinquentinha. Acontece que meus pendrives estavam todos ocupados e os que estavam livres estavam corrompidos, logo não poderia usar nenhum para criar um sistema bootável, então corri atrás de um pendrive 3.0 em uma loja da minha cidade. Feito isso, tudo que eu precisava era de um computador para criar o pendrive bootável, fiz isso na casa de um parente (e demorou viu), antes que perguntem eu tinha umas 4 distros baixadas e salvas em um HD externo e uma delas era o Ubuntu. Para criar o pendrive fiz o uso do Ventoy que vi no vídeo do Dio (nunca um vídeo me apareceu em um momento tão certeiro quanto esse).

Pendrive em mãos, PC pronto, e lá fui eu. Na instalação em si não teve nada demais, só demorou duas horas pois fiz a instalação completa (por pura preguiça de instalar algumas coisas mesmo). Com o sistema pronto, comecei a baixar os programas que me interessavam ou que estavam anotados pra baixar em minha lista. Instalar tudo também não deu nenhum trabalho, mas eu tive que pesquisar muito pra alguns programas. Também comecei a fazer algumas personalizações que foram se alterando ao longo do mês, o resultado final e atual você pode conferir aqui. No fim nada mudou muito, utilizar a interface Gnome é uma experiência maravilhosa, mesmo tendo demorado a me acostumar, valeu apena.

Não há muito o que falar além disso, afinal não houve nada que fosse impressionante durante esse período. A experiência foi e está sendo tranquila, ao contrário do que muitos podem pensar (usuários de Windows fanáticos eu digo, tipo eu 2 anos atrás) Linux não é um bicho de 7 cabeças, é difícil de se acostumar no começo, interface e tudo mais. Gostaria de agradecer aos users do fórum que me ajudaram direta e indiretamente, muitos “problemas” que eu tive foram facilmente solucionados por aqui. Além disso um muito obrigado ao @Dio por abrir meus olhos pra esse mundo opensource (menções honrosas ao meu professor de software livre também apesar de ele ser chatão).

Em fim, era isso que eu gostaria de compartilhar aqui, perdão quaisquer erros de português ou inglês, uns meses sem estudar fazem diferença, qualquer pergunta que queiram fazer relacionadas ao post, sintam-se a vontade. Até um próximo post.

12 Curtidas

Estou a três meses ou um pouco mais nesse mundo open source.

Também no ubuntu. Experiência ímpar!

As críticas ficam para algumas dificuldades ou procedimentos que poderiam ser mais facilitados para usuários leigos. E o fato do suporte para impressoras em rede, ou mesmo o fato do Cups quase nunca funcionar.

De resto a velha falta de compatibilidade com a maioria das coisas que precisamos.

1 Curtida