Solus otimizado para hardwares Intel

@anon32830546
Eu discordo, mas entendo o que quer dizer. Qualquer ambiente pode ser minimalista, tudo depende de como você deixa o seu desktop. Um Xfce, por exemplo, pode ser bem gordo se tiver um monte de firulas, dois ou três conky, mais de um painel, aplicativos extras que pesam no carregamento, etc.

2 curtidas

Mas eu estou dizendo que o Plasma não é nada minimalista por causa de suas inumeras opções, alem de que o usuario vai ter sim contato com o menu de configurações dele no dia a dia, que da pra deixar o desktop do Plasma minimalista, eu sei. :slight_smile:

2 curtidas

Eu entendi o que vocês estão dizendo, geralmente consideramos duas coisas como minimalistas, são elas “ambiente desktop” e “quantidade de pacotes que a distro traz”.

Pela quantidade de pacotes que o Solus Plasma traz, particularmente considero ele “minimalista”.

2 curtidas

O Solus é minimalista em todos os seus sabores, más o Plasma não.

1 curtida

O importante é o usuário se sentir bem no dia-a-dia ao realizar suas tarefas no computador. Independente de quais elas sejam, trabalho, estudo ou lazer. Para tal qualquer distro serve, umas é claro, serão necessárias alguns ajustes, para menos ou para mais até chegar ao ponto desejado.

2 curtidas

Coloca uma tabela:

Informações sobre o Solus.
Kernel Linux
Base Independente(Inspirado em Clear Linux OS.)
Modelo Rolling Release
Empacotamento eopkg
Edições Budgie, GNOME, MATE e Plasma
Foco Desktops/Notebooks
Codigo
|Informações sobre o Solus.||
| --- | --- |
|Kernel |Linux|
|Base |Independente(Inspirado em Clear Linux OS.)|
|Modelo |Rolling Release|
|Empacotamento |eopkg|
|Edições |Budgie, GNOME, MATE e Plasma|
|Foco |Desktops/Notebooks|
1 curtida

O que me impressiona no Solus é que o projeto vem sendo tocado basicamente por dois desenvolvedores e com recursos de doação bem modestos, e ainda assim é um sistema de muito boa qualidade: bonito, prático, rápido, e ainda embutindo o desenvolvimento de um ambiente gráfico refinado ─ o Budgie é uma excelente variação do GNOME.

Minha questão quanto à viabilidade do projeto Solus é, justamente, com seus recursos humanos e financeiros modestos, sendo que, mesmo tendo excelência, a distro não tem uma marca forte que a torne preferencial em meio a várias outras excelentes (Ubuntu, Mint, Arch, Fedora, Mageia…).

3 curtidas

Recentemente caí de paraquedas na live do Bryan Meyers (DataDrake, líder técnico e construtor de ferramentas e pacotes Solus), mandei uma mensagem na live dizendo que havia criado este artigo sobre Solus num fórum brasileiro como forma de trazer mais visibilidade ao projeto, ele agradeceu e disse:

“Eu realmente sou surpreso pela quantidade de usuários que temos no Brasil”.

Tenho impressão que existam mais usuários utilizando Solus do que Mageia, mesmo assim a comunidade Mageia não deve ser tão pequena como parece.

Ambas distribuições se encontram bem ativas no desenvolvimento.

2 curtidas

Eu acho que é a segunda DE que quis mudar para QT. A que mudou foi a LXDE. Por que, depois de tanta coisa feita e GTK ainda vislumbram tal mudança? É tão mais vantajoso assim para querer escrever “tudo” do zero?

É uma curiosidade que tenho…

Acredito que o @Natanael.755 saiba explicar melhor essa parte, mas deixo aqui uma explicação que ele fez em outro tópico: A mudança do Lubuntu de LXDE para LXQt - #3 por Natanael.755

1 curtida

Muito bom, parabéns! :slight_smile:

1 curtida

Recentemente, o site GamingOnLinux publicou uma entrevista com Joshua Strobl (Líder de Experiência Solus). Está traduzido para o Português e rolou muitos assuntos interessantes lá.

Para quem ainda não viu, o link é este: Entrevista com Joshua Strobl da distribuição Solus

1 curtida

Com o Gnome Boxes dá pra testar de boas. Melhor que Virtual Box! Testei e gostei!

  • Existem muitos pacotes nativos no Solus?

  • Um usuário Ubuntu vai sentir muita diferença em termos de pacotes, indo para o Solus?

  • O KDE Plasma do SOlus é o mais atual?

Obrigado.

Sim

Sim. E vem de brinde suporte a snap e a flatpaks habilitados por padrão

Só para alguns programas que só existam em .Deb tipo o 4KDownload, ademais nope.

2 curtidas

Acabei de tentar instalar o Solus KDE por 2x( Balena Etcher e Rufus) e nada. Aparece Solus 4.3 e depois fica numa tela preta e não sai dela.

Estou no Kubuntu 21.04. É incrível como a base Ubuntu foi a única que funcionou aqui no meu hardware. Espero que o Kubuntu resista… Já apresentou alguns bugs e quebras nos Widgets… @daniloancilotto

Desativou o secure boot e o fast boot?

A base 21.04 usa Wayland, não X.org, fora que é uma base de testes, não LTS. Normal acontecer bugs…

1 curtida

o Solus continua com o Linux kernel otimizado para hardware Intel ou segue o kernel aberto igual das outras distros?

Vi que o cara que trabalhava com as otimização da Intel deixou o Solus, e tbm vi que a equipe não foca mais exclusivamente em Inte seguindo o desenvolvimento independente sem se basear no Clear OS

Continua com patches de otimizações, acredito que serão mantidos por mais alguns anos, mas vale lembrar que o desempenho do Solus não se resume apenas a estes patches, e sim a forma como a equipe compila os ambientes e pacotes, tornando-o uma distribuição com desempenho diferenciado até mesmo em computadores com processadores AMD.

Ikey Doherty é o criador do Clear Linux OS (não confundir com ClearOS que é baseado em Fedora) e também do Solus, foi Ikey quem adicionou parte dos patches de otimizações de hardwares Intel do Clear Linux OS no Solus.
Ikey deixou o projeto Solus em 2018, e desde então, acredito que a nova equipe não tenha focado em Intel, e sim em mantê-lo como uma distribuição rápida e exclusiva para uso em desktops.

Aqui está um trecho do bate-papo entre Joshua Strobl (Líder de Experiência Solus) e Liam Dawe (Dono do site GamingOnLinux) em 22 de Julho de 2021:

Por que você acha que as pessoas deveriam escolher o Solus para suas necessidades de desktop Linux?

"Solus é um sistema operacional projetado exclusivamente para dispositivos de computação doméstica modernos. Na superfície, não importa a edição de desktop que você escolher, nosso objetivo é fornecer a você uma experiência de usuário out-of-the-box (pronto para o uso), variando de temas, às extensões em nossa edição GNOME Shell, ao Brisk Menu no MATE e à curadoria feita por Pierre-Yves (nosso mantenedor do MATE), e todo o excelente trabalho que Friedrich von Gellhorn (nosso mantenedor do KDE Plasma) faz para o KDE Plasma.

Por baixo do capô, nos concentramos na otimização de bibliotecas e software especificamente para a arquitetura x86_64, com muitos de nossos pacotes sendo construídos com suporte AVX2, Link Time Optimization (LTO, thin-lto ou outro), otimizações guiadas por perfil, velocidade ou níveis de otimização de tamanho, etc. Isso tudo culmina em um uso diário mais rápido, variando de nosso C lib padrão otimizado (glibc) para um desempenho web mais rápido no Firefox.

Tudo isso é entregue por meio de um fluxo de atualizações por meio de nosso processo de “sincronização semanal”, onde novos pacotes de nosso repositório instável são implantados em nosso repositório estável todas as sextas-feiras. Alcançamos um equilíbrio entre a estabilidade do sistema e fornecer aos usuários as “últimas novidades”, ocasionalmente adiando nossa sincronização para, no máximo, mais uma semana para grandes reconstruções de pilha de software (por exemplo, glibc) ou adiando a atualização de uma parte de nossa pilha de software em novos lançamentos principais (por exemplo, para mesalib). Com este modelo de desenvolvimento e curadoria, os usuários nunca precisam esperar até o próximo lançamento do Solus para obter o kernel mais recente, lançamentos de canais estáveis ​​de várias linguagens de programação (como Rust) ou lançamento principal de seu software favorito. Você instala o Solus uma vez e continua atualizando, sem a necessidade de “dist-upgrade”."

Caso tenha interesse em ler a entrevista completa, acesse: Entrevista com Joshua Strobl da distribuição Solus

1 curtida

hum. legal! se bem que nos meus testes com o Clear Linux não foi nada extraordinário no PC Intel em relação as outras.

gostei do solus, apesar que eu esperava muito mais do Budgie e não foi nada de diferente. Pensando seriamente em deixar o Solus como distro oficial no PC aqui.