Script para gerenciar cabos virtuais em interface gráfica

Na tradição do meu tópico de BD_PROCHOT, venho aqui fazer mais um script inspirado em um tópico random do site.

Requisitos de sistema

  • Awk instalado (é uma ferramenta padrão Unix/Linux, deve estar)
  • Pacote zenity (caso tenha winetricks instalado, você já tem)
  • Áudio via Pulseaudio (se você não sabe do que estou falando, você tem)

Instalação

Como se usa

Ao abrir o programa pela primeira vez, tem-se uma tela com 3 opções:

  • Criar nova: Cria uma nova saída virtual. Pede um nome interno para o sistema identificar, uma(s) saída(s) para a qual a saída virtual se conecta (pode ser inclusive outra saída virtual), e uma “descrição” (o nome com o qual ela vai aparecer nas interfaces de usuário, como o KDE Plasma, pavucontrol etc.)
  • Deletar todas: Acho que se explica sozinha.
  • Gerar arquivo de configuração: Reescreve o arquivo ./config/pulse/default.pa para que a configuração de cabos virtuais seja reproduzida no próximo reboot.

Depois de criar uma sink, ela aparece como opção no programa:

Clicar nela e dar OK dá duas opções que se explicam sozinhas:
image

Depois de criadas as saídas, os próprios programas, ou o aplicativo pavucontrol vão permitir que você direcione os aplicativos para cada saída:


Aqui: Ajuste com o Pavucontrol

No OBS Studio, para diferenciar a saída virtual, basta adicionar um dispositivo de saída PulseAudio na lista de entradas e escolher sua sink:
image

Enfim, é isso, espero que vos seja útil.

5 Curtidas

Cara, você é um gênio!!!

Vou passar a fazer minhas lives do linux graças à você!
Muito obrigado mesmo!

Interessante demais!