Que dica ou conselho você daria para quem acabou de instalar sua primeira distro linux?

Uma dica que você gostaria de ter recebido lá no início. Pode ser algo específico como um comando ou programa, até algo mais geral.

2 Curtidas

Antes de executar um comando para solucionar alguma coisa ou executar uma tarefa, procure entender comando.

6 Curtidas

Tenha paciencia, que do mesmo modo que você aprendeu a realmente utilizar o Windows, você vai saber aprender a usar o linux.


Se você quer mesmo aprender sobre o sistema, não tenha medo de até mesmo Quebrar o sistema. Pesquise, pois, na maioria das vezes, uma falha grave pode ser corrigida sem ter que formatar denovo.


Sempre use uma partição separada para seus dados! Seja no Linux ou no Windows!
Assim, se tiver que formatar, os seusarquivos importantes não serão perdidos.


O Linux não precisa instalar pra você poder utilizar. Basta dar boot por um pendrive, e experimentar.
E se você gostar, pode instalar também.

6 Curtidas

1-Não dê ouvidos as loucuras ditas pelas comunidade
2-Se preocupe mais em usar não em ficar regulando consumo
3-Não precisa ficar trocando oq ta funcionando
Eu acho que seria bons conselhos

5 Curtidas

Conselho, não use o terminal pra mexer o mouse, o que eu quero dizer é que você não precisa e nem deve ficar dependente do terminal, use em caso de extrema necessidade

3 Curtidas

Tenha em mente que Linux não é Windows

O que quero dizer com isso ?
Se não há o MSoffice para Linux, use uma alternativa nativa.
Se não há Photoshop para Linux, use uma alternativa nativa.

Não viva do Wine.
Use Linux.

10 Curtidas

Se a fonte do seu PC queimar, sempre cheque a tensão na chave dela (se ela tiver uma chave de seleção de voltagem) antes de ligar ela na tomada!

Tão básico que é uma experiencia unica.

1 Curtida

No linux se pede a senha para que você autorize a algum programa fazer algo, porquê aqui você controla a máquina.
Não é como no Windows que qualquer programa pode se passar por você e fazer o que quiser so seu sistema.

Por isso: Leia! Leia! Leia a notificação, e se for algo que você solicitou, permita. Senão, basta fechar a janela.

1 Curtida

Dê atenção ao que está rodando “debaixo do capô”
Não se importe com interface gráfica
Priorize segurança
*Polêmico: Não procure soluções apenas perguntando e vendo respostas de fórums, “cave” mais o problema e pesquise em wikis confiáveis.
Foque em uma coisa, não tente saber “um pouco de tudo”, prefira “tudo de um pouco”

3 Curtidas

Olá,
Pela minha experiência acho que seria: Tenha paciência e leia a documentação oficial da funcionalidade/ferramenta/programa que precisar intender, as documentações possuem muitas informações especificas e muito uteis, apesar de serem “chatinhas” de ler, elas normalmente possuem mais informações do que tutoriais no Youtube, Blogs ou forums.


Obs.:
O motivo de eu ter dito que as documentações são “chatinhas” é pelo fato da maioria estar em Inglês e aquelas que estão traduzidas, muitas vezes não estão completas. E quando instalei pela primeira vez uma distro Linux eu tinha apenas 15 anos e não sabia Inglês ainda, por fim acabava recorrendo a forums e videos, acredito que uma boa parte de iniciantes Brasileiros podem se identificar com isso.

Espero que lhe ajude de alguma forma, até mais!

5 Curtidas

Muitas estão desatualizadas, o que dificulta muito…

1 Curtida

Se for testar uma nova distro teste primeiro em uma VM, evita muita dor de cabeça rsrsrsr

3 Curtidas

Agora, as doc’s (documentações) estão ficando muito melhor com as man-pages e manuais das distros como do Ubuntu e Debian estão trazendo muitas informações e tem muita ajuda vindo para contribuir com as doc’s, por causa da quantidade de usuários que vem migrando para as distros Linux nesses últimos anos, eu considero algo bom mas, sim ainda há doc’s desatualizadas e também tem muitos projetos quase abandonados que não lançam um update menor a mais de 2 anos o que pode acabar interferindo em uma possível contribuição para a doc do projeto.

Ainda assim eu recomendaria, por exemplo, ler a documentação do GNU Bash muito mais do que ver um tutorial no Youtube ou ler informações aleatórias em forúm.

Eu entendo que um dos problemas é que, As que estão mais desatualizadas são justamente as traduzidas para pt-br, o que complica mais ainda para um usuário brasileiro buscar ler as doc’s.

Rapaz… tenho algumas coisas em mente:

  1. Entenda que o mundo open source te proporciona personalização, entendendo isso vc não procurará a melhor distro, mas sim, a melhor para oq vc quer fazer. :thinking:
  2. Consumo é uma questão de escolha, eu sou do time que economiza recursos para gastar no que faço, mas, claramente vc pode preferir usa-los para automatizar tarefas. Ambos são validos, escolha aquele que te agradar mais. :grin:
  3. Inves de dizer para tomar cuidado com o terminal direi o contrario, vc n precisa fazer tudo nele, mas redobre a atenção quando estiver em modo grafico, afinal, dar cliques errado é mais facil que digitar um comando sem querer… :smirk:
  4. Com o terminal é o bom e velho “oq isso faz?” se n souber, nem execute :sweat_smile:
  5. E por ultimo eu diria: Seja feliz com suas escolhas, se errar, paciencia, como o linux é gratuito da para reinstalar e começar do zero, mas, faça um backup, caso contrario vc vai chorar bastante (usar partição /home separada ajuda e usar um sistema de backup como o timeshift também) :grin:
4 Curtidas

tente usar ele o máximo de tempo possível para as tarefas do dia-a-dia. É resolvendo esses pequenos problemas e usando o sistema em tempo integral que você se adapta e fica mais hábil em lidar com ele. Boa sorte!

1 Curtida

Pode parecer brincadeira mas eu já fiz isso pq fiquei com preguiça de marcar um formulario :rofl: Mas, foi um caso bem especifico e concordo plenamente, oq for mais facil no terminal faz por lá, caso contrario usa a interface mesmo ue kkkk

1 Curtida

Leia a documentação oficial, pesquise na internet, veja tutoriais, etc.
Procure aprender ao menos o básico do que tu está utilizando, isso ajuda bastante :slight_smile: :v:

1 - Use os programas de código aberto no Windows para já ir se acostumando
2 - Se faz faculdade, não migre para o Linux durante o semestre, termine ele primeiro antes de pesquisar qualquer coisa sobre Linux.
3 - Se for trabalhar numa empresa que usa software de código fechado, como gráficas por exemplo, não migre para o Linux, será perda de tempo!

1 Curtida

Eu usei essa logica pra trocar de distro, kasdkasd, fiquei um semestre com o kubunto q ficou bugado pra mim, fiquei mais no windows nessa época.

Dica q eu dou é, se tiver uma gpu AMD não se preocupe com drive de video no começo, e se um dia quiser se preocupar, leia bastante antes de fazer ■■■■■, Digo por experiencia própria de instalar um drive pra ubuntu 12 no ubuntu 16 e quebrar tudo

Nem diria que isso é especificamente para a combinação Faculdade + Linux, isso vale pra qualquer vez que você for mudar um componente-chave do seu trabalho/dia-a-dia. Mude seu SO, mude o editor de vídeos/imagens, mude seu ambiente de programação, por aí vai, procure um momento de “calmaria” para pegar o rumo da coisa sem pressão e acabar julgando a ferramenta pelas suas reais capacidades e não pela sua familiaridade com ela.


Respondendo direto ao tópico:

  1. Paciência e realismo. Linux não é Windows e vários processos vão ser completamente diferentes (instalação de drivers, por exemplo) e alguns não vão ser práticos/possíveis (como ficar usando ferramentas essenciais para seu trabalho via Wine). Se você precisa de Windows para alguma coisa, nem que seja jogos multiplayer, não há vergonha em máquina virtual, dual boot ou mesmo não usar Linux.
  2. Não tenha pressa ao testar o LiveCD/LiveUSB. Aproveite que você ainda não instalou o sistema para conferir se está funcionando bem todos os componentes essenciais do hardware (áudio, som, wi-fi, resolução, etc.). Eu pessoalmente já vacilei e esqueci de testar a velocidade do Wi-Fi num antigo Positivo. Reinstalei o Windows porque a velocidade era simplesmente inutilizável.
  3. Arch Linux em específico: tarefas que 99% das distros oferecem via GUI, o Arch vai te fazer aprender como ela funciona debaixo do capô e como usar o terminal. Busquem conhecimento do terminal.