Qual seria um sistema operacional bom para uma criança de 9 anos usar?

tenho um primo de 9 anos que acabou de ganhar um computador, o mesmo já encheu ele de virus, e os pais deles me chamaram para resolver o problema, eu reinstalei o Windows 8.1, mas fiquei pensando se ele não faria a mesma coisa denovo, então comecei a pensar em um sistema operacional, que ele consiga usar, de preferencia gratuito, e que tenha programas básicos, já pensei no HaikuOS, instalar uns joguinhos para ele, e como o sistema operacional tem poucos programas, e é focado na navegação internet, acho que esse seria perfeito, caso vocês tenham sugestões melhores, por favor deixem nas respostas.

Acho que o Linux Mint Cinnamon seria interessante, eu instalei esses dias no notebook da minha irmã de 11 anos e ela adorou.

4 Curtidas

Também tem opção de um Windows mesmo com seperação Admin/Usuário normal e pondo um controle dos pais lascado na conta da criança.

Questão é garantir que a criança não vai estar por perto quando a senha do admin for digitada.

3 Curtidas

Quero algo que ele não quebre com facilidade, nem mesmo quero que ele entre em contato com um terminal, já que né, ele pode fazer algo de errado

Huuum, será?

Ué, é só não dar acesso ao root pra ele

3 Curtidas

Huuum, ok então, mas acho que instalar o Endless OS seria melhor, ele é melhor para que crianças usem

Para passar raiva e começar a odiar o Linux desde bem novinha? Realmente!

Se vc instalar alguma distro, na hora q ela quiser instalar algum jogo, por mais simples q seja, mas não consiga instalar também, vai rolar reclamação. Principalmente se for para jogar com outros amigos.

6 Curtidas

Instala o Gentoo, já vai acostumando ele.
*Ironia

11 Curtidas

como o Capezotte disse, não precisa de um SO inteiro pra isso, só criar uma conta não administrativa pra ele no Windows (e não deixar ele saber a senha, claro) é suficiente

5 Curtidas

Não é uma questão de TI ─ é uma questão de QI.

Ou apoia o guri num aprendizado onde ele se desenvolva ─ aprendendo a fazer o que deseja (mais, sempre mais), e ao mesmo tempo aprendendo a evitar problemas que podem prejudicar o que ele deseja ─ ou ele perde a confiança em você, e vai fazer escondido, porque em vez de apoiar, ele vai perceber instantaneamente que você quer cercear.

A cada m* que ele fizer, a única coisa honesta que você pode fazer, é ajudá-lo a evitar novas m*, que afinal prejudicam a ele, e que ele vai querer, sim, aprender a evitar.

Vai ser chato, vai ser trabalhoso, vai consumir teu tempo? Claro que vai. Mas é teu primo, caramba!

A história inteira da informática é uma enorme lição de que não dá para proibir, controlar, impedir. ─ Em vez de aprender o bom caminho, ele vai sempre descobrir outro jeito de fazer m*. ─ Não force teu sobrinho a seguir o pior caminho.

5 Curtidas

Quanto ao OS não sei opinar, mas quanto ao programa, recomendo o GCOMPRIS. Minha filha de 7 anos conseguiu aprender a usar o mouse com as atividades deste programa, além de ter varias outras atividades educacionais e de treinar o uso do teclado e do mouse.

2 Curtidas

Endless OS. Como já disseram acima.

1 Curtida

Instala Windows 10 e configura para ele acessar pela conta de convidado, que tem restrições para não fazer besteira.

2 Curtidas

Vou postar uma opinião pessoal que não vai ajudar em nada o tópico, mas desculpe-me @COERSA
você me parece estar criando mais um usuário dependente de você (como os pais já devem ser) kkkkkkk, acho válida sua preocupação, mas na real vocễ deveria ensinar como reinstalar o sistema caso necessário, caso contrário você vai ser o suporte para o resto da vida, digo isso porque já fiz essa besteira (diversas vezes).

Como disse é só uma opinião pessoal :slight_smile:

Crianças são ótimas em aprender coisas novas.

Isso é uma boa ideia, deixar ele com o gentoo no stage 3 e falar que pra jogar minecraft tem que instalar o resto do sistema, em uma semana teremos um novo hacker kkkk

7 Curtidas

Já que a facilidade das crianças é justamente absorver conhecimento - justamente pelo seu “HD vasio”. Se a criança já se mostrar interessada em fazer alterações no sistema como tentar alterar ícones e temas no sistema, nesse caso acho que sim vale apenado mostrando os poderes do terminal, é ensinar o que é opensource e qual as vantagens de SOs e apps assim.

Mas se @ pequen@ só empurrou vírus porquê tava instalando aquele programa maroto baixado da loja do pirata, vale só orientar quais os parâmetros que ele deve observar para não baixar aquele programa, ou o como ele não deve só clicar no Next>Next>Finish, mas prestar atenção à todos os passos e o que eles podem representar.


Outra dica seria travar o sistema, como o WilliamAzarado mostra aqui:

4 Curtidas

Mais fácil usar a conta convidado

3 Curtidas

Olá @COERSA tudo beleza?

Situação complicada… penso que boa parte dos usuários aqui do fórum já passou por esse situação de “ser o cara que mexe em computador na família”. Meu filho vai fazer nove anos mês que vem e tem um computador há pouco mais de 8 meses e no começo eu realmente coloquei linux (Pop!_OS 19.10) no computador dele, mas, com o tempo percebi que apesar de “me dar menos trabalho” limitava o quanto ele conseguia interagir com os coleguinhas da mesma idade.

O fato é que algumas coisas simplesmente não funcionam como deveriam no Linux e que nessa idade fazem falta: Roblox, um monte de mods de jogos do Sonic, Asphalt, alguns mods de Minecraft e por aí vai. Como pai eu optei por ensinar para ele que existe Linux e que assim como eu trabalho todo dia sem problemas, ele também pode usar quando quiser, mas que para estas outras coisas ele pode utilizar o Windows se quiser.

Felizmente, meu filho mesmo bem novo é bastante cuidadoso com a forma como interage com o PC… então nestes meses todos eu tive 0 problemas com formatação devido à problemas com vírus, etc.

Esse textão todo foi só para dizer que, entendo que é um primo e que você só está ajudando, mas conforme alguém já disse aqui… o melhor é ensinar o caminho “correto” não pender a pessoa lá dentro. :wink:

:vulcan_salute:t2:

3 Curtidas

Dê uma olhada nas respostas desse outro tópico:

2 Curtidas

Teria também que entender o perfil da criança. O que ele está interessado em fazer com o computador? Qual será o seu real uso? Ele está aberto ao aprendizado de coisas novas? Ele realmente estaria disposto a usar Linux ou a preferência dele irredutível seria o Windows? Dependendo de algumas variáveis como essas creio que minhas recomendações mudariam.
Por exemplo, se o computador dele for um uso mais online e atividades escolares que qualquer coisa, compensa mais transformar logo em algo próximo a um Chromebook só que alguma distro Linux especializada por questões de segurança. Se for para ele jogar no notebook deixa com Windows mesmo e configure com ferramentas que o auxiliem, além de fornecer-lhe uma boa orientação sobre o uso adequado do computador e se ele tiver dispostos a fazer de tudo um pouco na máquina, além de estar disposto a aprender, eu instalaria uma distro Linux amigável e de propósito geral. Tudo depende dos detalhes.

2 Curtidas