Qual a melhor distro para mim Linux mint ou Pop OS?

Olá a todos, sou usuário do Windows 10 e não aguento mais a tela azul, dispositivo USB não reconhecido, PC reiniciando, software crashando, internet desconectando… não da mais vei kkkkk

Quero ir pro lado verde da força, quer dizer, linux.

Eu nunca usei linux, não sei nada, pesquisei nos vídeos do Diolinux e achei duas distros que parece que eu me daria bem: Mint e Pop OS.

Não sou programador nem algo do tipo, eu gosto de pegar algo pronto e depois caso necessário, configuro do meu jeito.

Eu tenho algumas dúvidas, vou deixar abaixo, se alguém puder me ajudar:

  1. Eu uso o software Evernote (disponível pra linux), da pra instalar em qualquer dessas distros?
  2. Eu faço edição de vídeos (bem simples), uso o sony vegas. Tem alum substituto no linux? Pesquise e achei o Kdenlive. Aconselham outro?
  3. Uso o navegador Chrome para trabalho, funciona no linux?
  4. Meus arquivos do windows que estão no HD, consigo abrir no linux? Texto, planilhas, pdf etc
  5. Vou instalar no SSD, tem que formatar o HD em outro formato para conseguir acessar? Meu PC tem SSD e HD.
  6. Tem que formatar ligado no cabo da internet? Uso notebook, tem que instalar driver pra funcionar o wifi depois?

Config notebook:
DELL i5 8GB RAM
NVIDIA 920M
SSD 120 GB
HD 1TB

Pela experiência de vcs, qual seria a melhor distro pra mim? Desde já agradeço,
Mateus

3 curtidas

Não gosto muito de fazer sugestões de distro porque isso é algo muito pessoal, no entanto, como é seu pedido, eu vou sugerir que você experimente o Zorin Os 16 na versão Core, durante a instalação você poderá optar por uma interface que lembra o Windows 10 ou o 11, entre outras opções, o zorin tem uma excelente quantidade de aplicativos na loja, excelente estabilidade e é muito fácil de usar.

1 - Sem problemas
2 - Tem vários, mais não uso então não tenho como dizer o mais adequado.
3 - só baixar a versão DEB do site da google, praticamente todos os navegadores tem versões nativas para linux, incluindo o próprio EDGE da microsoft.
4 - se quiser uma boa compatibilidade, recomendo o uso do WPS office, pode ser que vc tenha algum problema com o libreoffice.
5 - sim, o sistema irá formatar o disco para ser instalado, normalmente se usa o EXT4 ou BTRFS, (vc pode deixar ele fazer isso de forma automática, então não se preoculpe) mais isso só diz respeito a instalação do sistema, o linux é capaz de ler arquivos que estejam em FAT 32, EXFAT ou NTFS, então seus arquivos em Hds externas ou pendrives continuaram totalmente acessíveis.
6 - É uma boa prática instalar conectado na internet, mais não necessariamente se faz obrigatório cabo de rede, o linux deve reconhecer sua placa wifi durante a instalação, então bastará entrar com o usuário e senha para conectar a internet.

7 - Como um extra, já que você usa SSD e HD, eu recomendaria colocar o HOME do sistema no HD de 1 Tera, no entanto isso exigiria uma noção básica de particionamento em linux , que na prática é algo bem simples e pode ser feito graficamente durante a instalação, caso tenha interesse em fazer isso, recomendo ver um vídeo de particionamento de disco do DIO no youtube, e se sentir a vontade depois disso, um esquema bem simples como o abaixo, ficaria bom para a suas necessidades.

no SSD:

  • partição EFI (fat 32) de 500 megas
  • partição SWAP com uns 2 gigas ou um pouco mais.
  • e o resto do espaço deixa pro root “/”.

No HD de 1 TERA.

  • Usa todo o espaço como HOME.
4 curtidas

Olá, tudo bem?
Sou iniciante tb. Estou no Fedora, mas sugiro o Mint pra você que se parece mais com o win. Sobre suas perguntas, vou tentar responder com base no que conheço (que não é muito):

  1. O Evernote não conheço, mas se é disponível pra Linux deve ter na loja do Mint;
  2. Sobre edição de vídeo, depende do quanto você usa (quais recursos). Kdenlive, Shotcut são bons, na minha opinião, mas não usei o Sony Vegas (não sei se parecem com ele);
  3. Chrome pode baixar em qq distro linux;
  4. Arquivos do win podem abrir sim. Tem o libreoffice (opensource - com documentos, planilhas e apresentação) que tem correspondência com a suíte ofice do windows. Tem o okular que corresponde ao adobe (pdf) também;
  5. Antes de instalar uma distro linux sugiro que você faça uma cópia dos seus arquivos do win. E os dados do HD eu acho que podem ser lidos no linux (mas n tenho certeza). Bastaria montar (n lembro como é no mint, se é automático ou n);
  6. Até onde sei não precisa instalar drive de wifi.

Eu sugiro que espere outras respostas de gente que sabe um pouco mais. Respondi pela minha pouca experiência. Sobre as distros, comecei pelo Mint e Zorin os (mais parecidos com o win). Fui para o Ubuntu depois. Hj estou no Fedora KDE, mas já aprendi algumas coisas usando Pop os, Mx linux e por aí vai…

Vamos dialogando. Seja bem-vindo ao mundo linux!

3 curtidas

Blz obrigado pelas respostas, pesquisei melhor e não me identifiquei muito com o Fedora nem o Pop OS por serem muito diferentes da interface do windows, quero iniciar com algo mais parecido.

Pra usar no dia a dia o que muda no Mint para o Zorin? Gostei dos dois e estou na dúvida, um recurso que me chamou atenção no Mint é o de pesquisar o conteúdo dos arquivos, tem no Zorin também?

Em teoria sim

Kdenlive AppImage, outro vc vai passar raiva

Muito melhor que no Windows

Não desde que instale o bootloader no SSD, também chamado de “não mexa no campo bootloader”

O meu não precisou… testa aí

O Zorin se preocupa mais com detalhes de UX enquanto o Mint acha que o Cinamon tá perfeito

1 curtida

Uma pergunta de leigo, o que seria UX?

Experiência do usuário, é como se o Zorin tentasse ao máximo que você não note a presença dele, enquanto o Mint não tá nem aí

2 curtidas

Como vc está vindo do Windows te indico duas distros para ter uma experiencia parecida: Linux Mint ou Zorin OS. Ambas são faceis e voltados pra usuários finais.

Quanto a suas perguntas abaixo deixo minhas respostas:

"1. Eu uso o software Evernote (disponível pra linux), da pra instalar em qualquer dessas distros?
R = Da sim. Ambas são compatíveis com o pacote (deb) para instalação do evernote.

  1. Eu faço edição de vídeos (bem simples), uso o sony vegas. Tem alum substituto no linux? Pesquise e achei o Kdenlive. Aconselham outro?
    R = Isso é algo q não faço muito, mas o Kdenlive ou Davinci Resolve podem te servir.

  2. Uso o navegador Chrome para trabalho, funciona no linux?
    R = Sim

  3. Meus arquivos do windows que estão no HD, consigo abrir no linux? Texto, planilhas, pdf etc
    R = Sim, consegue. Porém algumas planilhas ou arquivos do World podem não ter todos os recursos disponíveis nas suítes: Libreoffice, OnlyOffice, FreeOffice e etc. Q estão disponíveis para Linux

  4. Vou instalar no SSD, tem que formatar o HD em outro formato para conseguir acessar? Meu PC tem SSD e HD.
    R = Vc pode instalar o sistema no SSD e deixar o HD para a partição (/home) onde ficarão seus arquivos e para isso será necessário formatar o HD. Se quiser deixar tudo do sistema no SSD vc pode usar o HD como já esta bastando acessá-lo após a instalação do sistema.

  5. Tem que formatar ligado no cabo da internet? Uso notebook, tem que instalar driver pra funcionar o wifi depois?"
    R= É recomendando que durante o processo de formatação vc se conecte a internet seja por cabo ou por wifi para baixar as atualizações e instalar softwares adicionais. Normalmente o driver Wifi já é detectado durante a instalação.

2 curtidas

Sim, ambas são baseadas no Ubuntu/Debian, para os quais o Evernote tem suporte.

O Kdenlive é um editor bem capaz, mas recomendo usar a versão em AppImage (que funciona como um programa portável do Windows, só clicar e usar).

Funciona. Estou o usando no Mint para escrever esta resposta:

Apenas lembre-se de selecionar a versão para Ubuntu no site da Google ao baixar.

O Mint e o Pop reconhecem nativamente os formatos do Windows (como NTFS e até aquele formato esquisito do Longhorn), então não deve ter problemas em acessar arquivos em partições usadas anteriormente pelo Windows.

O kernel Linux possui suporte para a grande maioria das placas de rede disponíveis atualmente. Teste em modo live, se funcionar por lá, vai funcionar no sistema instalado também.

Nesse quesito, vai mais do seu gosto. O Mint com Cinnamon tem uma aparência mais similar ao Windows, ao qual você está acostumado. O Pop, por outro lado, vem tentando criar uma identidade visual própria, que pode requerir uma prática para se acostumar. Mas ambos são ótimos sistemas – com suporte out-of-the-box para os drivers proprietários de sua placa nVidia e suporte excelente a aplicativos. Daí, vai mais do seu gosto mesmo. Eu uso o Mint atualmente – o qual julgo mais eficiente para o meu hardware “carroça”. O seu hardware deve ser capaz de aguentar qualquer distribuição recente.

Dica de ouro: use e abuse do modo live. Teste se tudo o que usa funcionará, e use por um tempo para ver a qual se adequa mais. Sair instalando logo de largada pode te trazer um arrependimento.

3 curtidas

A melhor opção é o Linux Mint com interface Cinnamon.

2 curtidas

Boa dica em testar tudo no modo live! Pra quem está entrando no mundo linux apresentar as imagens também ajuda. Parabéns pela explicação!

2 curtidas

Obrigado a todos pelas dicas, vou experimentar o Linux Mint Cinnamon. Só tenho mais umas dúvidas kkk

  1. Meu HD faz backup automático de tudo que tem no SSD, da pra fazer isso no linux?
  2. Leio a Bíblia no software The Word mas só tem versão windows e mac. Tem algum jeito de usar no Linux?

O que é isso? Seria usar o linux no pen drive, sem estar instalado no PC? Tipo isso Saiba como usar um sistema Linux Live diretamente do disco a partir de uma imagem ISO | Linux Descomplicado

1 curtida

Exatamente…

1 curtida

O Mint tem uma ferramenta chamada Timeshift, que armazena os dados da raiz (no caso o seu SSD) em uma outra partição, que pode ser criada no HD para realizar a mesma função que falastes.

Acredito que a maneira mais simples seria usar o Microsoft Office Online ou o Google Docs, ambos gratuitos e sem necessidade de instalação, sendo usados diretamente pelo navegador. Eles possuem suporte completo a documentos criados no Microsoft Office.

Isso mesmo, basicamente o sistema bootado pelo pendrive. Algumas distros perguntam ao usuário se ele deseja entrar no modo live ou instalar diretamente, enquanto outras já passam direto ao modo live. Por ele, você pode testar a interface e se os programas que deseja usar são compatíveis ou possuem alternativas satisfatórias.

1 curtida

Ficou confuso, perdão. O nome do programa é The Word ele tem várias traduções da Bíblia, não tem nada a ver com o Microsoft Word não. https://theword.net/

Por não ter suporte oficial ao Linux, o que você pode tentar é verificar na base de dados do Wine se há compatibilidade ou tentar ‘rodar na marra’ via Wine (executando o .exe). Pela pouca pesquisa que fiz, não encontrei sequer o aplicativo em questão, mas você pode ir a fundo nas buscas.

1 curtida

Quiçá via Bottles, como estará em flatpak, evita surpresas do Wine no meio gambiarra

1 curtida

Pois bem, baixei o setup.exe do site que mandastes, e rodei avulsamente pelo Wine usando wine ~/Downloads/theword-setup-en.exe e, aparentemente, ele foi instalado corretamente e funciona plenamente. Nunca usei o software, então não sei dizer se há algum defeito em seu funcionamento, mas aparentemente está tudo ok.

Sugiro que teste em modo live, instalando o Wine por meio do comando sudo apt install wine e então baixando o theWord do site, e rodando wine ~/Downloads/theword-setup-en.exe.

PS: Depois de instalado, o programa aparece no menu normalmente, não sendo preciso usar o terminal para acessá-lo.

2 curtidas

Poxa muito obrigado!

Eu já estou criando o pen drive bootável com o Linux Mint, não verifiquei a integridade da ISO, mesmo tendo o passo a passo é muito complicado pra mim que sou usuário convencional e to aprendendo sobre linux agora, vou na sorte mesmo.

Vou testar em modo live, depois volto aqui pra dar um Feedback.

Blz! Então nem precisa formatar o HD para um novo formato?

1 curtida

Funcionou aqui no meu Pinguim.

Instalei via wine (versão 7) apenas o programa base, é como no Windows (next, next, next…). Os addons disponíveis no site (se você instala) também não devem ser problema.

edit: coloquei em PTBR e instalei a Bíblia “Tradução de João Ferreira de Almeida (Versão Revista e Atualizada, grafia usada na Europa)”. Tudo certo!

edit2: não sei se tu usa, mas, instalei uma outra ferramenta, a princípio funciona também.

3 curtidas