Quais o melhores navegadores leves? E robustos, se possível rs

Sou usuário hardcore da internet e com toda minha hiperatividade, as vezes qdo me dou conta já tenho umas 20 abas abertas. Acho que sou acumulador compulsivo de abas kkkk

Vivo numa constante saga testando navegadores pra ver se algum suporta a minha “abatofilia” (vício em abas) nos 4 gb de RAM do meu Core i3. Como sou publicitário e design gráfico, tô sempre mergulhado em pesquisas e downloads enquanto assisto um YouTube, etc…

Bom, deixando de fora o Chrome, Firefox e Brave que já sabemos serem bem heavy, quais navegadores leves vcs acham uma bem bons? Contrapondo peso na RAM e combo de recursos. No mínimo teria que suportar um adblock da vida e rodar mídias tranquilo.

Meu preferido é o Opera, mas está sempre bugando o DRM. Já usei por um tempo o Superbird que bem leve e baseado em Chromium, mas largaram o projeto e nunca mais atualizaram.

Palemoon…

1 Curtida

Eu tô usando Brave e achei bem mais leve que o Chrome e o Chromium. O FF, tanto no Linux quanto no Windows, está inusável, travando demais, especialmente se colocar a extensão Dark Reader, trava direto - especialmente no Facebook, que com a nova interface ficou ainda mais pesado. O Vivaldi pode ser uma opção…

Uso o Vivaldi, ele é um Opera bastante melhorado, com funções mais robustas e estáveis e sinceramente depois que a Opera Software foi vendido para uma empresa chinesa perdi um tanto da confiança neles.

Tente o Yandex com o modo turbo ativado:


http://repo.yandex.ru/yandex-browser/
1 Curtida

Engraçado, o Firefox pra mim roda de boas sem mto travamento, exceto qdo eu carrego mto com abas… que pra mim já é um problema, mas travar assim “do nada” não acontece comigo

O Brave eu já acho bem pesado, só se nas últimas versões ele deu uma boa melhorada… já faz meses que eu o desinstalei.

O Vivaldi é fantástico em versatilidade e funcionalidades, mas acho tão pesado quanto o Chrome… uma pena.

1 Curtida

Adoro o Vivaldi… ele é mesmo fantástico, mas acho que pesa muito.
O Opera sempre foi o meu preferido, mas caga feio pela falta de DRM.

Segui sua dica… sempre tive preconceito por ser Russo e estar comprometendo a privacidade, mas tô dando uma chance e estou testando aqui. Parece que está bem bom viu.

Minha máquina é fraquinha, e como o FF, em função das extensões, acaba puxando muito processamento, aí o I3 aqui reclama e a placa onboard Intel tbm. Com os 8 Gb de RAM, mesmo com várias abas (agora tenho 24 abas abertas) o Brave tá indo bem. E ele tem um mal e ao mesmo tempo um bem: não tem conta. Ruim pq os navegadores não conversam entre Linux e W10. Bom pq cansei de ver propagandas no face do que pesquisei no Chrome ou recebi pelo zap no Android. Ele me dá um tico mais de privacidade…
Eu queria o FF pela segurança (container, por exemplo), mas não tá dando aqui… :sleepy:

1 Curtida

Lembre-se que a Kaspersky por exemplo é russa…Governo ou empresas que colaboram com governos politicamente são uma coisa, não significa que todas estejam alinhadas, até por sempre é bom lembrar que por esse lado do mundo mesmo houve o caso Snowden, NSA e gigantes da tecnologia.

1 Curtida

Um outro exemplo é o Telegram, russo, mas nem tanto =P

2 Curtidas

Yandex é basicamente o “Google Russo” em defeitos e qualidades.

1 Curtida

Aqui o Brave é mais leve que o Firefox

Tecnicamente só existem duas opções, o Firefox e o Chrome (tem os derivados, mas a diferença é pouca).

Você pode usar uma extensão para descartar essas páginas da memória e assim ganhar um fôlego:

Ou mudar o modo de usar mesmo, abusando dos favoritos e abrindo só o que de fato for usar.

Você cria várias pastas e vai salvando as páginas para posterior consulta.

Qual a funcionalidade dessas duas extensões? Economia de dados e redução do uso de memória?

Redução do uso de memória. Por padrão, a extensão faz com que após um período de tempo, as abas abertas e não utilizadas sejam descartadas da memória. Ao voltar a aba descartada, a página recarrega porém ela mantém a mesma posição que estava antes.

Basicamente, ela cria uma versão da página aberta no disco e recarrega a partir do disco, aliviando o espaço em memória.

Esse artigo aqui possui mais detalhes sobre o funcionamento da extensão: Free Firefox and Chrome memory with Auto Tab Discard - gHacks Tech News

2 Curtidas

Corretíssimo vc. Como eu disse, esse lance com o Yandex é (era) puro preconceito mesmo.

1 Curtida

Então @Rodrigo_Chile quer dizer que seus 8Gb sustenta bem o uso mais hard do navegador? Mas pelo que entendi, vc só percebe essa melhora usando o Brave, correto?

Uma das minhas maiores restrições ao Brave é justamente a incapacidade dele sincronizar, pois eu vivo alternando entre Linux e Windows e isso acaba sendo um recurso primordial pra mim. @Marco.Leal aqui nos meus 4Gb de RAM eu realmente não consigo perceber o Brave mais leve que o Firefox.

1 Curtida

O Tab Discard e Tab Suspender são extensões indispensáveis nos meus navegadores. Ótimas alternativas, mas as vezes percebo que dependendo do navegador, não são suficientes. Acompanhando o monitor de sistema, as vezes percebo que o browser continua consumindo uma RAM considerável apesar de, por exemplo, ter 1 aba ativa e 8 hibernadas. De qq maneira, essas extensões são mesmo uma mão na roda pra quem usa mtas abas.

P.s.: o Vivaldi já tem esse recurso como padrão.

E isso não acaba consumindo muito espaço em disco, mesmo que com arquivos temporários?