Por que tanta rejeição ao LibreOffice?

office
libreoffice
#1

De uns tempos pra cá eu venho percebendo uma certa rejeição ao LibreOffice, o que me entristece porque este é suíte de escritório de boa qualidade e é livre.

1 Like

#2

Depois que eu descobri o WPS Office nunca mais utilizo outra ferramenta de escritório estilo Office.
https://www.wps.com/

3 Likes

#3

O LibreOffice é incrível! Mas por padrão tem uma interface um tanto diferente do office da MicroSoft, o que faz com que algumas pessoas tenham repulsa.

Eles estão com uma personalização em fase experimental para deixar os menus em abas como no MS Office. Eu particularmente acho mais organizado e provavelmente isso atrairia mais pessoas para o LibreOffice.

1 Like

#4

Bom, acredito que a rejeição se dá por conta de dois motivos:

  • Interface datada (não necessariamente um ponto negativo na minha visão)

  • Compatibilidade com formatos do Microsoft Office não muito boa

Mas isso é minha percepção, quero ver as impressões das outras pessoas.

1 Like

#5

Quanto à interface, estou satisfeito com o LibreOffice. Estou usando o LibreOffice com ícones Breeze no KDE e está muito bonito, mas ainda acho o visual Ribbon do Microsoft Office superior. No início eu tinha um certo preconceito com a interface Ribbon, eu achava que eu não poderia ser produtivo de jeito nenhum naquilo, mas depois de passar uns 2 dias usando o Microsoft Office, vi que é uma interface interessante.

Sobre a nova interface do LibreOffice, a notebookbar. Não sei explicar o que é exatamente, mas aquilo não me desceu muito bem. Pra mim é algo que ainda precisa de muuuuito aprimoramento. Tanto a equipe do WPS Office quanto a do OnlyOffice conseguiram fazer uma interface minimamente decente, por que com o LibreOffice é diferente? Me desculpem, mas achei a interface notebook bar muito ruim, espero que a equipe do LibreOffice dê uma boa ajeitada nesse visual antes de torná-lo padrão.

0 Likes

#6

Pelo que vejo de desenvolvedores, padrão padrão aquela nunca será hehe. Empresarialmente a questão de não mudar o padrão é tido como uma das qualidade do LibreOffice, e eles sabem muito bem que não precisariam propor um novo aprendizado aos já usuários da suíte office, mas aos demais, especialmente quem vem agora ao LibreOffice, terão a opção de mudar a interface, mas mudar o padrão não passa nem na cabeça dos desenvolvedores.

0 Likes

#7

Vou falar pela minha experiência, uma pessoa comum que só de vez em quando precisa usar esse tipo de software: o Libre é ótimo e estável, mas o maior problema é o design.

E não tem nada a ver com aparência ou com o fato der ser datado.

O Libreoffice não é intuitivo.

Eu posso passar anos sem usar o Microsoft Office, mas se eu pegar a última versão lançada, eu simplesmente vou conseguir usar as funções. No Libreoffice, não. Para eu achar as funções menos óbvias, é preciso um tempo maior, elevando a curva de aprendizado (inclusive tem uma porrada de coisas que até hj não consegui fazer, mesmo procurando por tutoriais). O que eu sinto é que às vezes vc precisa “caçar” certas funcionalidade que ficam escondidas. Pelo menos pra mim, isso atrapalha na produtividade. Até os programas do Google conseguem ser mais intuitivos e práticos.

6 Likes

#8

Nunca gostei do Microsoft Office, não gostava da interface e achava muito pesado, eu utilizava o OpenOffice no Windows, o LibreOffice nem existia na época. Hoje em dia é bem raro eu utilizar suítes de escritório, utilizo o editor de texto simples na maior parte do tempo, mas às vezes que utilizo o LibreOffice ele me atende perfeitamente bem.

1 Like

#9

no meu caso não se trata de rejeição ao LibreOffice. Eu simplesmente prefiro o FreeOffice.

0 Likes

#10

Eu vou com a Ana, acho o Libreoffice pouco intuitivo. Ainda tenho mais tempo de Microsoft Office (M. O.)que de libreoffice, o que dá um viés aí. Comigo também, o libreoffice não tem uma compatibilidade tão boa com o M.O., eu uso linux, mas a galera que trabalha comigo só Windows. Estou utilizando mais o Free Office, que, apesar de ser bastante limitado em relação ao libreoffice, tem uma compatibilidade melhor com arquivos doc e docx.

0 Likes

#11

@Ana e @RafaelJ, eu não esperava encontrar pessoas que achassem o LibreOffice pouco intuitivo, ainda mais que ele segue o visual do Microsoft Office 2003, interessante. Tenho duas perguntas:

  1. Com qual suíte de escritório vocês começaram? Qual foi o primeiro da vida de vocês que vocês usaram pra valer? No meu caso foi com o Microsoft Office 2003, tanto para trabalhos quanto para escrever minhas historinhas, eu devia ter uns 14 anos na época.

  2. Que funções vocês necessitam da suíte de escritório que vocês acham pouco intuitivo de fazer no LibreOffice? Eu pessoalmente não tenho a sensação de pouca intuitividade tanto do LibreOffice quanto do Microsoft Office, mas também não vou dizer que eles são intuitivos, na verdade sou neutro neste quesito. A única coisa avançada que chego a fazer é editar os estilos de páginas e parágrafos e criar uma quebra de página separando páginas com estilos diferentes, o resto já se encontra direto na barra de ferramentas da suíte de escritório como deixar o texto em negrito, mudar a fonte, etc.

2 Likes

#13

Eu fiz curso de informática com o Microsoft 2003, mas usar pra valer mesmo, no meu computador pessoal usei todos que foram lançados entre 2008 e 2014.

Como na faculdade não tinha a suite da Microsoft, tínhamos que nos virar com uma opção parecida com o do Libreoffice (não me lembro o nome agora). Simplesmente não dava. Pra fazer uma apresentação de slides ou arquivo no writer, com gráficos, tabelas e tudo que precisava, dava muito trabalho e não saia do jeito que queria. E até hj eu sinto que é assim. E olha que gosto de aprender a mexer nessa coisas.

Mexer nos estilos, alterar fonte, inserir página, gráfico, tabela, etc, ou seja, a formatação básica, é muito fácil. Mas qualquer coisa além disso complica muito, principalmente quando se trata do design do que vc está produzindo. Tenta imitar um desses tutoriais de power point quem tem no Youtube e vc vai entender o que eu tô dizendo rs

1 Like

#14

O fato de o LibreOffice não ter compatibilidade 100% com os aquivos do MicroSoft Office é culpa da própria MicroSoft que mantém o código fechado. Levando isso em conta a compatibilidade que o pessoal do LibreOffice consegue fazer já um grande feito, pelo menos na minha opinião. O engraçado é que se você tentar abrir um arquivo .doc com certos elementos em uma versão mais antiga do MicroSoft Office podem haver incompatibilidades e o texto ficar mal formatado. Eu mesmo já passei por isso várias vezes. Quer dizer, nem a própria MS oferece compatibilidade 100% às extensões dela.

P.S.: Não uso o LibreOffice no dia a dia, uso mais como um quebra-galho quando preciso montar um documento mais rapidamente. Para textos em geral eu uso linguagem LaTeX, que é incrível, mas não vem ao caso.

0 Likes

#15

Desculpe-me por pergunta, mas é que fiquei genuinamente curioso. Que tipo de coisas são essas voltadas para design? Tem como passar o link de um desses tutoriais para eu ter uma ideia?

Curto essa coisa de design, apesar de eu não ser da área. Eu produzo (ou estou tentando produzir…) uma série de revistas e estou usando o LibreOffice, então coisas envolvendo design naturalmente me interessam.

0 Likes

#16

Para esse tipo de trabalho, recomendo o SCRIBUS.

Quanto ao Libreoffice, acho que a maioria das suítes office dão conta do recado para 90% dos usuários. Uso várias apenas por curiosidade, mas sinto que qualquer uma seria suficiente para mim (Libreoffice, MSOffice, OpenEditor, WPS, Google Docs, Softmaker, etc).

0 Likes

#17

Achei um saco mexer no Scribus. Não sei se foi porque não encontrei nenhum tutorial decente na internet…

De qualquer forma o LibreOffice Writer está me servindo muito bem. Como minhas habilidades com design são um pouco limitadas, o LibreOffice ainda tem mais a me oferecer do que eu posso aproveitar.

1 Like

#18

Nesse caso de design, me refiro ao de slides, geralmente, ou então para produção de ebooks.
De slides, tem muitos canais no Youtube, tipo os canais Slide Mestre (brasileiro), o PowerPoint School, o PowerPoint Skills e o Creative Venus (estrangeiros). São voltados para o Power Point, da microsoft. Para ebooks, não conheço nenhum específico

1 Like

#19

Eu comecei com Office 97, lá atrás. Eu sou professor e faço doutorado, então vivo no mundo acadêmico. Meus maiores problemas com o Libreoffice estão relacionados a formatação no writer. Por exemplo, essa semana demorei para conseguir colocar um texto em duas colunas, mesmo assim não ficou da forma que queria, era para ser duas colunas apenas na metade da folha. No office tem desde as versões mais atingas um icone de colunas e nos mesmos menus há opções de quebra de colunas. Uma coisa que gosto muito do writer é para inserir fórmulas, eles poderiam explorar mais uma linguagem estilo latex no libreoffice math, mas mesmo assim é bem superior aos demais (inclusive o word ). A parte de planilhas para meu dia dia não há diferença quando comparado ao office, apesar de o Excel ser mais avançado, por exemplo há pacotes estatísticos em excel que não tem semelhante o calc do libreoffice. Como não uso planilha para cálculos mais avançados, então pra mim não tem diferença. Em relação aos slides, sou bastante familiarizado com o power point, acho libreoffice bom, não tem a mesma quantidade de recursos, mas da para substituir o ppt em apresentações mais simples.

0 Likes

#20

Em grande parte é o visual! Não tem como comparar um Office 2007 (início do Ribbon) com uma interface de 1998… Finalmente, alguém se ligou lá da The Document Foundation, que o visual tava deixando a aplicação “mal na fita” (apesar do notebookbar não ser revolucionário… foi um salto gigantesco pro LibreOffice).

Uso a opção de Barra Completa com os ícones Colibre; fica perfeito:

2 Likes

#21

Quem ainda tem dúvida que o MS Office é mais produtivo, veja um exemplo simples abaixo

No excel com um com tres cliques vc formata sua tabela. Zebrando as linhas, pintando o cabeçalho, incluíndo intervalos nomeados as colunas, e trazendo junto todas as formulas

Para fazer só a formatação de cor das linha da tebela no Libreoffice, primeiro precisa criar um estilho pra linha par, outro pra linha impar e outro pro cabeçalho, depois fazer a Formatação condicional de linha impar e outra formatação condicional de linha par. {obs essa formatação de Zebrado tem que ser a última a ser inserida na tabela, se inserir no inicio ele se sobrepoe e não pode fazer outras formatações condicionais em uma coluna específica da sua tabela}Se quiser nomear as colunas, tem que fazer manualmente. E tem que refazer todas as formulas caso inclua alguma linha nova na sua tabela. e depois adicionar o autofiltro. [No excel com 3 cliques vc faz tudo isso]

O MS Office é indiscutivelmente mais produtivo. E 90% dos usuários não querem e não tem tempo para aprender tudo isso. Querem apenas dar 2 ou 3 cliques e já sair usando. No Libreoffice vc até consegue os mesmos resultados finais. Mas vc gasta muito mais tempo de aprendizado e muito mais tempo de execução desse aprendizado. O problema não é só visual, o visual por mais antigo que seja a gente se acostuma fácil os empecilhos são essa incompatibilidade com arquivos MSOffice, e essa maior dificuldade de obter o mesmos resultados finais que o MSOffice.

Eu uso o Libreoffice no meu dia a dia, eu gosto dele. Porém O MSOffice ainda é superior.

0 Likes