Por que o "MX LInux" é tão popular?

Alguém usa ou testou essa distribuição? há alguns meses, fica disputando com o Manjaro o primeiro lugar no site DistroWatch.

Captura%20de%20tela%20de%202019-03-19%2002-42-16

O ranking do Distro Watch não significa nada, ele apenas registra a quantidade de cliques que cada distro recebe no site, não é um indicativo de uso no mundo real.

12 curtidas

Eu uso ela no meu netbook e gostei muito (melhor que qualquer lightweight distro que já testei). Quando estava pesquisando sobre ela, o que mais lia era sobre o modo persistência para live USB e os snapshots (tem como editar o live usb, deletando programas pré-instalados e salvando essas alterações). Mas eu acho que o fato de pouca gente conhecê-la, faz ela ficar popular: querem saber porque ela está em segundo lugar e vão lá ler sobre ela ou baixá-la e testá-la (foi assim comigo).

5 curtidas

Deve ser porque ultiliza o systemV e o systemD parcialmente, alem e claro de vir bem completinha e automatizada.

5 curtidas

instalei ela hoje numa VM…olhaaaa…uso Debian 10 XFCE, to muito propenso a mudar de distro…só estou meio receoso porque não sou tão conhecedor assim de Linux, principalmente Debian…e como estou usando como S.O unico no meu PC, estou balançando…se eu ainda usasse Dual-Boot com o Windows como usei durante quase 8 anos…já tinha metido marcha…mas sem dúvida é uma distro muito interessante

3 curtidas

Porque ele é leve e é uma das distros que prometem ressuscitar hardwares antigos e modestos (independente do ranking do Distrowatch no caso ele é sim popular).

5 curtidas

Mas não é essa a proposta de literalmente qualquer distribuição com XFCE ou um ambiente gráfico mais leve?

1 curtida

Existe um ponto, por mais que passe despercebido para muitos, o fato da barra vir na vertical, economizando tela de quem tem baixa resolução.

Sei que é algo que podemos fazer em qualquer distro, mas uma vez a instalei somente por já vir padrão, como eu usava Deepin, Gnome e KDE cheio de blur, achei que a distro voava (justamente por não ter muito contato com xfce). As vezes um simples “toque” é o suficiente para atrair o público.

5 curtidas

O fato de ser leve e portanto rodar em máquinas modestas sim, já dar suporte a hardware antigo não já que isso depende mais do Kernel das implementações das próprias distribuições, o que não significa que face ao primeiro ponto o XFCE por si só já ressuscite muito hardware antigo. Pegue o caso do Puppy por exemplo, tem várias distros famosas que usam as mesmas DE que ele, mas, tente instalar as mesmas em uma máquina do início dos anos 2000 ou fim dos anos 90, poucas distros de propósito geral conseguem fazer isso, provavelmente entre as famosas só Debian e Arch que possuem repositórios monstruosos e são flexiveís ao extremo na customização.

4 curtidas

Tenho um notebook STI IS 1422, velho de guerra, que é “alérgico” ao systemd. Essa “alergia” já foi objeto de tópico. Assim, recorri ao MX Linux, e posso dizer que é uma distro bem organizada, que disponibiliza boa documentação e conta com um fórum animado. O pacote de aplicativos próprios é outra qualidade.

A feiúra do ambiente padrão em XFCE a gente resolve com umas poucas mexidas, mas o MX também está disponível em Fluxbox e KDE sem aquela feiúra toda.

O IS 1422 uso também para viabilizar Netflix, Prime Video etc. na TV que não é smart. É notebook velho de guerra, com vídeo integrado, então não se pode exigir super resolução, né? Mas o desempenho do vídeo sob o MX Linux me chamou atenção positivamente. (Li em algum canto que o MX é bom para atividades dedicadas.)

2 curtidas

Estava instalando para amigos a versão “quase estável” do Q4OS (pois baseada no Debian 11), e vi que a lojinha de software desse sistema oferece o pacote de aplicativos próprios do MX Linux.

E já sei de distro baseada no MX Linux.

Em definitivo, não é um “refizefuqui”. Já está influenciando outros projetos.

2 curtidas

Isso está longe de ser algo positivo, acompanho muitos relatos de problemas com esse MX, em grupos do Facebola. O q é oferecido por ela remaster está longe de ser algo realmente atrativo, mas o marketing q ela recebe está longe de ser realidade. Já ouvi muitos dizendo q são bots clicando no link para mantê-la no topo, criando assim a ilusão de popularidade.

2 curtidas

O MX Linux é uma iniciativa de comunidade (aliás, de duas), e o pessoal lá é do tipo crítico à lógica empresarial (rejeita systemd e tudo mais). Essa história de popularidade mantida por bots cai estranha no contexto. Eu uso o MX em meu notebook antigo, e não tive nenhum problema sério até hoje. Até por conta da base no Debian estável, né?

“Popularidade” de Distrowatch, que fique claro.

3 curtidas

presumo eu que qualquer distribuição Linux que vc escolha o XFCE como ambiente, ficará mais leve…do xubuntu ao Arch…MX Linux vem um monte de programas instalados por padrão. Faça uma montagem enxuta em um Debian ou Arch com XFCE e depois me diga o resultado…coloca o MX no chinelo com tranquilidade.

2 curtidas

O MX Linux não é espetacular, mas não é um simples hype. Precisa é contar com um visual bem trabalhado e com uma loja de software de verdade, e melhorar seu instalador. Eis três pontos de vista interessantes sobre essa distro:

2 curtidas

Lançado o MX Linux 21, baseado no Debian 11. Na versão beta 1.

https://mxlinux.org/blog/mx-21-beta-1-now-available-for-testing-purposes/

4 curtidas

Complementando o seu comentário: há ainda suspeitas de que algumas distribuições usam sistemas automatizados para gerar cliques no Distrowatch.

2 curtidas

Distrowatch é bom apenas para procurar uma distro, pq seu ranking é “burr” demais, funciona com base em cliques no site dentro de uma distro :confused:

O sucesso do MX no DistroWatch (e também do Manjaro e do Mint) não está só no número de cliques, mas também no de avaliações (reviews) de usuários.

MX, Manjaro e Mint têm mais de mil avaliações cada um. Falsear isso é um tanto mais complicado que supostamente forjar cliques.

3 curtidas

Posso dizer que usei o MX Linux e o que contou pra mim foi o fato de não ter problema nenhum de incompatibilidade com hardware. Algumas distros não consegui instalar de primeira. Tive problemas de erro e essa distro foi instalada de primeira, me adaptei bem e não teve travamentos nem quaisquer dores de cabeça. Hoje eu estou no Ubuntu, mas tenho saudades MX Linux.

4 curtidas