O que há de novo no Xfce 4.18?

O Xfce 4.18 está sendo desenvolvido há dois anos e seu lançamento está previsto para 15 de dezembro, mas já podemos vislumbrar um pouco do que está por vir.

Thunar

O gerenciador de arquivos Thunar 4.18 trará uma barra lateral para você visualizar imagens sem precisar abrir o arquivo, em tamanho maior do que o que é exibido nas thumbnails.

A barra de tarefas do thunar também estará remodelada, o usuário poderá personalizá-la com a possibilidade de mudar os ícones de lugar, além disso, está sendo adicionada a ferramenta de dividir a janela para que sejam abertos dois diretórios de uma forma simples e compacta, facilitando a transferência de arquivos entre eles.

Na nova edição do gerenciador de janelas, também será possível alterar a cor de fundo de pastas específicas e a cor de fonte de pastas e arquivos, ajudando a destacar itens importantes para o usuário.


Fonte: omgubuntu

Além disso, o Thunar 4.18 virá com pesquisa recursiva e exibirá notificações quando ações de “desfazer/refazer” forem utilizadas.

algumas outras adições ao Thunar são:

  • Um novo menu de favoritos;
  • Menu de “recentes”;
  • O menu “Go” trará a opção de “recentes” e de pesquisa;
  • Atalhos de teclado poderão ser customizados facilmente;
  • Barra de status remodelada;
  • Preferências adicionais para o carregamento de thumbnails;
  • Opção de restaurar abas ao inicializar (semelhante a navegadores web);
  • Opção de exibir todo o caminho do diretório na barra de título;
  • Opção de executar shell scripts.

Além disso, estão sendo feitos outros aprimoramentos, como, correções de erros, melhorias de performance e mais!

Área de trabalho

O Xfce tende a ser mais conservador em suas mudanças do que outras opções como GNOME e KDE Plasma, o que o torna uma alternativa mais previsível. Sendo assim, as novidades dessa versão podem não parecer tão grandes para quem tem acompanhado outros lançamentos.

O dimensionamento do painel agora será medido por pixel, em vez de porcentagem como antes, além disso, haverá a opção de manter o painel sobre a janela, dessa forma, a janela da aplicação será maximizada, ficando com uma parte escondida atrás do painel, em vez de renderizar a partir das bordas inferiores. Esta é uma boa opção para programas com bordas largas e pouco espaço para o conteúdo em si.


Fonte: omgubuntu

O relógio também está remodelado, será possível personalizar a família e tamanho da fonte e o usuário poderá optar por exibir apenas a hora, apenas a data, primeiro a hora, depois a data, primeiro a data, depois a hora, ou usar de alguma outra forma customizada.

Configurações

A central de configurações apresenta algumas novidades. Com ela, você poderá desabilitar as barras de cabeçalho, escolher entre exibir ou esconder a opção "deletar' dos menus de contexto dos arquivos e configurar um comportamento padrão para quando encaixar mais de um monitor ao seu computador. Além disso, o app de busca possui configurações padrão aprimoradas e uma janela mais larga por padrão, apesar de ela ser redimensionável.

Além disso tudo, o Xfce está trabalhando no suporte ao Wayland, que não deve chegar por completo nesta edição, mas estará 100% futuramente.

Como o Xfce 4.18 ainda não foi lançado, podem haver algumas novidades importantes que não citei por aqui. Você sabe de algo que ficou de fora?

Fonte

5 curtidas

Atualizou aqui no Arch hoje! No debian testing deve sair um pouco depois.

Rolou, na maior parte, correções de bugs e limpeza de código. No thunar, vi algumas mudanças mais visuais, o desempenho me pareceu o mesmo. Como uso o i3wm, gostei bastante da nova opção de poder modificar os atalhos. Podemos usar o menuzinho que tem lá em preferências, ou modificar via linha de comando. Esse menu ficou bem simples e intuitivo.

Uma correção interessante, foi do menu de opção do menu (o menu tradicional ou o whisker). Ao clicar para trocar o ícone padrão, o comando tinha um delay para responder. Isso era até meio antigo, mas nessa versão foi corrigido.

Algumas mudanças, como poder modificar a fonte do relógio, já estavam disponíveis a muito tempo, porém somente via arquivo gtk.css.

Estou testando aos poucos as novidades. No geral, como disse, é mais modificação/mudança visual. Como permitir definir o tema do xfce e do xfwm de uma única vez, e correção de bugs. As principais mudanças foram mesmo no thunar, ótimas por sinal. Gostei em especial de poder dividir a janela em dois painéis e a pré-visualização de imagens.

Nos wallpapes eles foram ousados, ao invés de adicionar um novo, adicionaram três kkkkkk normalmente aparecia um wallpaper novo apenas por lançamento.

Sinto falta da correção de um bug, que já é meio antigo, do xfce4-terminal. Em alguns momentos, quando se usa o modo “tiling” do xfwm, o xfce4-terminal não redimensiona totalmente, ficando um espacinho entre o terminal e a borda e a outra janela aberta. Existe uma forma simples de contornar isso, adicionando informação ao gtk.css. Ah, e isso não acontece com outros terminais, deve ser algum bug de redimensionamento do xfce4-terminal mesmo. Já testei com o kitty, alacritty e lxterminal e o problema não ocorre com eles.

Enfim, aos poucos vamos testando as novas opções.

E a galera aqui no fórum que está usando o novo xfce, o que estão achando?

3 curtidas