Microsoft está matando a Cortana

A Microsoft anunciou que está encerrando sua assistente virtual Cortana, pelo menos no Windows, a partir deste ano. O aplicativo da Cortana, que muitos usuários nem sabem que está instalado em seus computadores, não será mais suportado. A notícia vem logo após o anúncio do Windows Copilot durante a Build 2023, mostrando que a empresa está investindo fortemente em inteligência artificial. Embora a Microsoft tenha afirmado que o Windows Copilot não irá substituir a Cortana, é possível que a empresa esteja direcionando seus esforços para uma nova geração de assistentes virtuais com inteligência artificial avançada.

Além do Windows Copilot, os usuários ainda poderão acessar as experiências de IA desenvolvidas pela empresa, com outras ferramentas, incluindo o novo Bing, o Microsoft 365 Copilot e o acesso por voz no Windows. A Cortana foi lançada como assistente virtual para o Windows Phone 8.1 em 2014, depois chegou em outras plataformas, incluindo desktops e alto-falantes inteligentes. No entanto, a Microsoft começou a reduzir sua presença após perceber que não conseguiria competir com outros assistentes virtuais, como Amazon Alexa.

Em sua função atual, a Cortana existe apenas como um aplicativo no Windows 11 e ainda pode ser usada em alguns produtos da Microsoft, como Outlook Mobile e Teams Display. No entanto, a Microsoft sugere que os usuários não criem fluxos de trabalho em torno dela.

4 curtidas

Já vai tarde. Acredito que a ferramenta Cortana foi implementada antes da sua hora tecnológica, o que seria mais sentido a implementação hoje com as AIs.

4 curtidas

Se ela tivesse sido lançada com o Bing AI + Windows 11, seria um baita sucesso. Acertaram na tecnologia, erram no ano de lançamento.

3 curtidas

Vai tarde

2 curtidas