Linux não mostra os drivers no gerenciador de drivers

olá bom dia esses dias eu tenho instalado o linux mint no meu computador mas eu não sei se isso é 1 problema porque eu não consigo instalar os drivers no meu notebook antigo ele fica com uma parte em branca no gerenciador de drivers e acaba não mostrando os drivers pra instalar agora eu não tenho mais ele porque to com o windows 7 se não eu tirava um print e isso tambem ocorre com o xubuntu as outras distros não sei peguei essa imagem na internet pra voces entender melhor image

Você é novo no Linux, não é? Isso significa que você não precisa instalar nenhum driver a mais. A não ser que você esteja percebendo algum problema (resolução de tela errada, WiFi que não funciona, baixo desempenho em vídeos), não há mais nada com o que você se preocupar.

Geralmente as distribuições Linux instalam tudo pra você, esse gerenciador de drivers geralmente é usado para instalar o driver de vídeo proprietário de uma placa Nvidia ou para o WiFi caso o driver deste último seja proprietário e não tenha sido já instalado durante a instalação do sistema operacional.


Vem cá, você não está tentando instalar os drivers (feitos para Windows) no Linux não, né? Linux e Windows são sistemas operacionais diferentes.

tendi uma vez eu tentei fazer isso porque pensei que instalando os drivers do windows iam funcionar ja que eu não tenho muito conhecimento no mundo linux mas fora isso quando eu uso o chromium nele não tenho problema na reprodução de videos so no firefox que deu um erro lá que nao lembro a mensagem mas fora isso o resto ta de boa

A vantagem das distribuições Linux mais comuns para o usuário final (isto é, Linux Mint, *ubuntu, Mageia, etc) é que elas já vem prontas para uso. Enquanto o Windows, logo após a instalação, é um sistema quase “pelado” e ainda precisando de drivers para tudo o que é coisa, a maioria das distribuições Linux já vêm com vários programas e geralmente com todos os drivers.

Só um toque, você pode deixar o seu computador em Dualboot:

É interessante que você ainda veja outros vídeos no YouTube sobre como fazer Dualboot



Você tem que entender que Linux é Linux e Windows é Windows. Linux não é simplesmente um “Windows de graça”. Por exemplo, não queira instalar o WinRAR no Linux, isso é um absurdo.

Há muitos programas no Linux que serão familiares para você, como a maioria dos navegadores populares (Firefox, Chrome/Chromium, Opera), VLC, talvez o qBittorrent, etc. Mas a maioria dos programas serão diferentes, e ainda tem a questão dos diferentes ambientes gráficos que trazem cada um sua coleção de programas.

Linux é uma maravilha, faça o Dualboot e pouco a pouco vá se habituando ao Linux.

fazer dual boot pra mim é tranquilo de fazer ja vi uns videos no youtube ensinando e o windows eu uso mais pra jogar certos jogos tanto de nevegador quanto emuladores e etc… o unico emulador que eu acho meio complicado de usar é o mupen 64 (emulador de nintendo 64) e é claro que eu tambem uso pra nevegar na web sinceramente eu gostei muito do linux mint por ele ser simples mas pra instalar o spotify eu tenho um problema com ele que ele dá erro não sei se tem a ver porque eu uso 32 bits ja que meu notebook só tem 2 gb de ram e talvez n funciona no linux sei lá é na hora quando ta instalando o spotify e ele da erro na instalação e a respeito do mupen 64 ser complicado eu queria outra alternativa de emulador de nintendo 64 ja que o project 64 não funciona corretamente no linux

Para jogos de navegador não há diferença qual sistema operacional você use, salvo se tal jogo necessite que você tenha algum componente instalado no seu sistema. Aí tem que ver se dá para instalar esse componente na sua distribuição Linux.


Linux é bem servido de emuladores, você também não terá problemas aqui. No máximo, o que pode acontecer é você não gostar do visual e jeito de ser do navegador, mas você poderá jogar o jogo.
Você citou o Nintendo 64, já gastei muitas horas jogando Zelda Ocarina of Time e San Francisco Rush através do Project 64.
Tem também o RetroArch que reúne vários emuladores num programa só, teste-o para você ver se você se adapta bem à interface desse programa.


Olha, o suporte a bit está morrendo, tanto que a próxima versão LTS do *ubuntu não terá versões em 32bit, na verdade até mesmo o suporte a programas 32bit estava para ser cortado, mas a comunidade reagiu e o suporte àlguns programas 32bit será mantido (observe que eu disse que ainda haverá programas 32bit, mas não distribuições 32bit).

A não ser que seu computador seja muito antigo, coisa de antes de 2007~2008, muito provavelmente ele suporta sistemas operacionais 64bit, mas procure fazer um teste, há programas que testam esse tipo de coisa. De qualquer forma, saiba que há programas que não mais oferecem suporte a 32bit no Linux, como é o caso do LibreOffice.

Quer minha sugestão? Se seu processador suporta sistemas operacionais 64bit, instale uma distribuição 64bit leve para que você tenha melhor desempenho, aqui tem várias dicas, eu pessoalmente sugiro as versões LTS do Lubuntu ou Xubuntu. Depois você instala o Spotify e o testa.
A propósito, o Linux Mint que você havia instalado veio com o Cinnamon, correto? Não ficou pesado não?

Sobre o Spotify, não dá para dizer qual é o problema sem que você tenha o Linux com ele instalado. Pode ter uma relação com o fato de você rodar um sistema 32bit, mas isso tem que ser analisado.

o meu notebook ele foi comprado lá pra 2012 se não me engano e sim meu computador suporta 64 bits porque o processador dele tem a base em x64 apesar que o correto é usar sistemas operacionais de 32 bits (x86) em computadores com 1gb ram,2 e 3 so que eu parei de usar 64 bits no windows porque o chrome ficava muito pesado nele no caso do linux cinnamon até porque teve uma vez que usei mas não lembro se travou e sobre o retroarch vou assistir uns videos dele como instalar e configurar ele corretamente

Se seu note é x64, o correto é usar x64! Só não recomendo usar x64 se tiver menos de 2GB de ram. Com 2GB ou mais, x64 sempre será a melhor opção.

tendi mas usar linux x64 em computadores com pouca ram como o meu que só tem 2gb não fica pesado não como no caso do windows?

O que vc ganha em processamento, compensa. Tenho aqui um netbook com Atom e 2GB de ram. Instalei nele o Lubuntu 18.04 x64 (atualizado para o 18.04.4) e funciona muito bem. Na minha opinião, funciona melhor do que quando usava lubunto 32bits. E na versão x64 vc tem a opção de utilizar o chrome no logar do chromium, se preferir.

Recomendo o vídeo abaixo:

tendi vou tentar instalar o linux mint xfce x64 no dual boot

1 Curtida

Em resumo, se não aparecem drivers adicionais aí, é porque não há nenhum extra para ser instalado geralmente. Nessa tela aparecem drivers da Nvidia e algumas placa rede WiFi quando eles são necessários.

2 Curtidas

Tenho um netbook Atom 32bits e 2GB de ram, com Mint XFCE 19.3 e um outro netbook Atom 64bits e 2GB de ram, com Lubuntu 18.04.4 x64 LXDE. Com qualquer um dos dois estará bem servido. A vantagem do lubuntu, para quem tem pouca memória, é que inicia consumindo menos memória.

tendi eu me preocupei atoa então e que eu ficava pesquisando video no youtube e achava que era algum tipo de problema

1 Curtida

só uma pergunta como o meu computador é um intel celeron que é um processador bem fraco tem algum problema de eu usar sistemas x64 nele? só lembrando que meu computador tem 2gb antes de instalar

Qual o processador? Como eu disse, tenho um netbook com Atom x64, que costuma ser mais fraco que celeron, rodando satisfatoriamente bem com o Lubuntu 18.04.4 LXDE x64 e 2GB de ram

é esse o processador dele e a configuração dele se a imagem sair ruim não repara nao

Pesquisando aqui, ele tem dois núcleos de 1.6Ghz e duas threads. O dobro do atlom que tenho aqui, que tem apenas um núcleo de 1.8Ghz e duas threads. Se roda satisfatoriamente aqui, com um hardware inferior ao seu, não tem porque não rodar bem contigo. Comparando ao meu Atom, seu hardware tem um núcleo a mais, barramento com o dobro da velocidade (2.5GT/s x 5GT/s) e cache 4x maior (512Kb x 2MB).

tendi só isso que eu queria saber mesmo mano antes de instalar