Lançamento do Novo Plasma 6!

KDE MegaRelease 6

O próximo mega lançamento do KDE está aqui!

Plasma 6

KDE Plasma é um ambiente de desktop moderno e rico em recursos para sistemas operacionais baseados em Linux. Conhecido por seu design elegante, interface personalizável e amplo conjunto de aplicativos, também é de código aberto, desprovido de anúncios e prioriza a proteção de sua privacidade e dados pessoais.

Instale o Plasma no seu laptop atual e aproveite todas as vantagens de uma experiência de computação de última geração, mesmo que o seu hardware não seja compatível com o Windows 11. Você também pode optar por algumas máquinas muito elegantes pré-instaladas com o Plasma, como o Steam Deck e muitos laptops e ultrabooks.

Dois saltos para o futuro

Com o Plasma 6, nossa pilha de tecnologia passou por duas atualizações importantes: uma transição para a versão mais recente de nossa estrutura de aplicativos, Qt, e uma migração para a moderna plataforma gráfica Linux, Wayland. Fizemos o nosso melhor para garantir que essas alterações fossem tão suaves e imperceptíveis quanto possível para os usuários, portanto, ao instalar esta atualização, você verá o mesmo ambiente de área de trabalho familiar que você conhece e adora. Mas essas atualizações ocultas beneficiam a segurança, a eficiência e o desempenho do Plasma e melhoram o suporte para hardware moderno. Assim, o Plasma oferece uma experiência de usuário mais confiável, ao mesmo tempo que abre caminho para muitas outras melhorias no futuro.

Continuaremos fornecendo suporte para a sessão herdada do X11 para usuários que preferirem mantê-la por enquanto.

Novo efeito de visão geral

Combinamos os efeitos Visão geral e Grade da área de trabalho em um só e melhoramos enormemente os gestos do touchpad.

Cores

O Plasma no Wayland agora tem suporte parcial para High Dynamic Range (HDR) . Em monitores e softwares compatíveis, isso fornecerá cores mais ricas e profundas para seus jogos, vídeos e criações visuais.

Defina um perfil ICC para cada tela individualmente e o Plasma ajustará as cores de acordo. As aplicações ainda estão limitadas ao espaço de cores sRGB, mas estamos trabalhando para aumentar o número de espaços de cores suportados em breve.

Para melhorar a acessibilidade do Plasma, adicionamos suporte para filtros de correção de daltonismo . Isso ajuda com protanopia, deuteranopia ou tritanopia.

Novo papel de parede

Transforme sua área de trabalho com o hipnotizante papel de parede ‘Scarlet Tree’ da axo1otl. Capture a interação dinâmica entre a energia vibrante do sol e a dança celestial do cometa.

A alteração do papel de parede agora pode ser feita nas configurações do sistema. Escolha se deseja alterar o papel de parede de uma tela específica ou de todas ao mesmo tempo.

Painel flutuante

Com o Plasma 6, o painel agora flutua por padrão.

Não gosta de painéis flutuantes? Não se preocupe, também redesenhamos as configurações do painel para facilitar a configuração de tudo ao seu gosto.

Os painéis agora podem ser configurados com um novo modo de ocultação automática inteligente (“Dodge Windows”) que os faz ocultar quando as janelas os tocam.

Novos padrões!

O Plasma 6.0 é uma nova versão importante e decidimos alterar algumas configurações padrão para torná-lo mais fácil de usar. O Plasma ainda é configurável como sempre, e você pode alterar essas configurações de volta para como eram no Plasma 5, se preferir assim.

Brisa Refrescada

O Breeze foi reformulado para dar uma aparência mais moderna, com menos molduras e espaçamento mais consistente.

AntesDepois

Configurações reorganizadas

Melhoramos o aplicativo Configurações, tornando-o mais fácil de usar e reduzindo o número de páginas aninhadas.

Em muitas páginas de configurações, os botões foram realocados para a barra de ferramentas, melhorando a consistência com nossos outros aplicativos e criando espaço adicional para o conteúdo real.

Agora você tem a opção de personalizar seu tema sonoro, e um novo tema sonoro padrão chamado “Oceano” foi introduzido para substituir o tema sonoro “Oxigênio”.

Outra adição é que agora você pode configurar facilmente aplicativos preferidos para vários tipos de arquivos, como todos os tipos de arquivos de música e vídeo.

O Cubo está de volta!

Há dois anos, algumas melhorias arquitetônicas importantes no KWin nos forçaram a remover temporariamente o famoso efeito cubo — mas agora ele finalmente está de volta! Este efeito é perfeito para obter uma visualização clara do conceito do que são vários desktops… E também para mostrar aos seus amigos e familiares o quão legal é o Plasma.

Pesquisa de plasma

O Plasma Search agora permite personalizar a ordem dos resultados da pesquisa.

O Plasma Search agora também permite converter entre fusos horários. Isso é útil se você viaja com frequência ou precisa manter contato com colegas, amigos e familiares em outras partes do mundo. Confira mais maneiras de como o KDE pode ajudá-lo durante suas viagens .

Devido a alguma refatoração e criação de perfil , o Plasma Search é geralmente mais rápido e, em particular, a pesquisa de aplicativos e páginas de configurações é muito mais rápida, ao mesmo tempo que usa menos recursos da CPU.

Mais de
200% mais rápido
para pesquisar documentos recentes

Até
60% mais rápido
para procurar um aplicativo

Até
30% menos
ciclos de CPU

Mais pesquisa de plasma

E mais plasma.

Desbloqueio de impressão digital aprimorado na tela de bloqueio

Nas versões anteriores, você escolhia entre autenticação por senha ou impressão digital para a tela de bloqueio. No Plasma 6, ambos são suportados ao mesmo tempo.

Suporte para mais calendários islâmicos

Agora oferecemos suporte ao calendário astronômico e Umm al-Qura no miniaplicativo de calendário. Isto se soma aos já existentes calendários Juliano, Milankovic, Lunar Chinês, Indiano, Hebraico, Persa e Civil Islâmico.

13 curtidas

Ansioso para chegar em minha distro, mas demorará um bocadinho pelo visto. O TuxedoOS não trará o Plasma6 enquanto não estiverem seguros que seus usuários, os clientes da Tuxedo Computers, possam está seguros com a mudança. Por hora só as rolling releases e o KDE Neon trarão essa nova versão, além é claro do pioneiro, KaOS (uma pena ter aquele padrão zoado, que em nada beneficia a interface Plasma).

3 curtidas

No que faz muito bem:

Até agora, meu KDE Neon Unstable com Plasma 6 e Wayland continua “inusável”, pelo menos para as tarefas de que preciso.

Uma coisa inaceitável (pelo menos, para mim), é o F2 / Rename do Gwenview não selecionar o nome existente, nem posicionar o cursor do Mouse:

É absurdo, ter de recorrer ao Dolphin para renomear inúmeras capturas de tela, sem visualizá-las em detalhe. – Uma volta à idade da pedra lascada.

N.B.: – Isso, depois que já tive o trabalho de arrastar a janelica lá do alto, no canto, para mais perto dos olhos!

Como instalei há 3 meses, talvez seja melhor re-instalar, do zero, para ver se melhora – mas…

O KDE Neon User Edition ainda está com uma ISO de 2 dias atrás:

neon-user-20240226-1653.iso

E quando clica em Download aparece, tipo, um “404 Not foud”, ou algo assim. – Quem sabe, daqui a pouco corrigem.

Eu estou “receoso”, de que chegue às minhas distros, rá rá rá!

openSUSE Tumbleweed, Arch, Neon User, Void etc. estão funcionando “suave”. – Me atendem perfeitamente, com KDE 5. – Se migrarem rapidamente para o KDE 6, “vamos ter problemas”.

2 curtidas

O Neon ainda te dá a possibilidade do X11? Como está a sessão do Plasma6 no X11? Será que estes problemas acima citados são exclusivos do Wayland?

No site já tem a imagem do papel de parede e layout do Plasma6; talvez a atualização pra quem é usuário já tenha acontecido. Vi no DistroWatch que a última atualização fora ontem, então já veio o Plasma6 pra quem é usuário, não sei quanto as ISO’s novas virem já com o 6.

Última Actualização: 2024-02-27 01:34 UTC

Estou usando apenas sessão Wayland, no KDE Neon Unstable:

A experiência inicial me convenceu de que, ficar alternando entre X11 e Wayland, não dá muito certo.

Se alguma distro rolling-release migrar para Plasma 6 – em especial o Arch, que é minha distro “principal” (99% do tempo) – vou manter sessão X11, para ver se ameniza os problemas.

Se eu re-instalar o KDE Neon Unstable, “do zero”, posso tentar X11, para ver se fica melhor… ou, “menos ruim”. – Mas ficar alternando não me parece recomendável.

Segundo o anúncio oficial, a sessão X11 continua suportada no Plasma 6. – Só o Fedora, que resolveu impor Wayland como única opção – ou, “falta de opção”.

1 curtida

Espero que seja algo particular e peculiar de suas instalações, porque as distribuições que trarão o Plasma6, por certo, terão usuários que farão exatamente isso, migrarão pro X11 assim que o Wayland trouxer algum problema novo, e ficarão alternando sessão pra testarem também o que o Wayland trará de novidade.

Sim, manterão o X11 suportado, mas até pensei que o KDE Neon seguiria na “vanguarda” e também só traria o Wayland oficialmente suportado. Seria bom vê as novas ISO’s, se por padrão o Neon trará ambos pré-instalados, ou se a sessão X11 terá que ser instalada manualmente.

2 curtidas

Estou testando Plasma 6 no Fedora 40 Beta, gostei da barra flutuante mais quando maximizo qualquer janela a barra se estende deixando de ser flutuante, seria um bug ou comportamento normal?

É o funcionamento padrão, vc pode deixar sempre flutuante, ocultar automaticamente e etc. Vá nas configurações e mude o funcionamento para o que vc deseja, que é sempre visível e flutuante.

Esse funcionamento padrão creio que é pra maximizar o aproveitamento da tela, visto que o painel flutuante ocupa um pouco mais do aproveitamento da tela. Eu não usaria o painel flutuante sempre visível, porque em notebooks, perde-se muito da tela. Eu usaria como “dock”, deixando-a visível somente quando não tiver app maximizado e ocultando-a automaticamente ao tocá-la com alguma janela. Com o painel sempre visível, prefiro o funcionamento padrão que está na sua distro.

Eu não uso dock mas vi que estão fazendo isso, colocando o painel na parte superior, colocando um painel vazio na parte de baixo, onde fixa os principais apps; é uma alternativa visto que a Latte Dock não mais funciona no Plasma. O painel superior, deixaria sempre visível, o inferior, ocultando automaticamente. E o tamanho ajustável, ao passo que vai colocando mais apps, maior ele fica. (expansível e centralizado). Neste vídeo ele fez exatamente o que disse!

2 curtidas

Se haverá quem fique alternando – e mesmo que sejam uma multidão…

… nem por isso, significa que dê muito certo. :wink:

Uma coisa que quero prevenir, é a substituição dos meus atalhos do gnome-screenshot para o KDE Spectacle:

--------------------------
gnome-screenshot
--------------------------
PrtScn            ----- Capture and save full screen
gnome-screenshot -p -f /PATH/$(date +%F_%H-%M-%S)_Xxx.jpg

Shift+PrtScn      ----- Capture and save full screen after 7 seconds
gnome-screenshot -p -d 7 -f /PATH/$(date +%F_%H-%M-%S)_Xxx.jpg

CTRL+Shift+PrtScn ----- Capture and save active window
gnome-screenshot -w -p -f /PATH/$(date +%F_%H-%M-%S)_Xxx.jpg

CTRL+PrtScn       ----- Capture and save active window after 7 seconds
gnome-screenshot -w -p -d 7 -f /PATH/$(date +%F_%H-%M-%S)_Xxx.jpg

------------------------------------------------------
2024-02-28 10:25:21 -- antes que venha um Plasma 6...!
------------------------------------------------------
PrtScn-S              --- Full screen
spectacle -p -b -o /run/media/flavio/Warehouse/0_PrtScn/$(date +%F_%H-%M-%S)_A.jpg

Shift+PrtScn-S        --- delay 7000 ms
spectacle -p -d 7000 -b -o /run/media/flavio/Warehouse/0_PrtScn/$(date +%F_%H-%M-%S)_A.jpg

CTRL+Shift+PrtScn-S   --- Window
spectacle -p -a -e -b -o /run/media/flavio/Warehouse/0_PrtScn/$(date +%F_%H-%M-%S)_A.jpg

CTRL+PrtScn-S         --- delay 7000 ms
spectacle -p -d 7000 -a -e -b -o /run/media/flavio/Warehouse/0_PrtScn/$(date +%F_%H-%M-%S)_A.jpg

Preciso fazer essa substituição, assim que qualquer distro ameace instalar o Plasma 6 – e testar, “na prática”, para ver se funciona, sem qualquer falha – antes de teclar “Enter” para implantar o upgrade.

Por sorte, fiz isso no Fedora X11 – antes de adotar o Wayland – pois, 1 mês depois, essa possibilidade deixou de existir.

No KDE Neon Unstable com Plasma 6, essa possibilidade simplesmente não existe! – Você só pode usar os atalhos que já vêm prontos.

1 curtida

https://www.reddit.com/r/kde/comments/1b22yll/plasma_60_has_been_released_check_out_the_new/

@frc_kde já já chega as ISO’s do Plasma 6.

1 curtida

https://blog.neon.kde.org/2024/02/28/kde-neon-6-available-now/

KDE Neon já disponível com o novo Plasma6.

1 curtida

Instalado o novo “Neon User”:

"KDE neon 6.0 (22.04) on /dev/sdb13"

(identificação apresentada pelo Grub do openSUSE)

  • Substituiu o “Neon Unstable”, que eu tinha instalado em Novembro 2023.

  • Como não tinha partição /home separada, “zerou” as configurações feitas até agora. – Ano novo, vida nova.

Naturalmente, mantive meu KDE “normal”, “antigo” (instalado desde Janeiro 2020) – identificado como:

KDE neon 5.27 (22.04) on /dev/sda6

Se essa instalação “antiga” (2020) ameaçar migrar para o Plasma 6, sou capaz de segurar a atualização – pelo menos, por algum tempo.

Na nova instalação, o Gwenview / F2 / Renomear seleciona adequadamente o nome do arquivo (exceto a extensão). – É o comportamento “normal” em todas as outras distros. – Basta seta para a direita, para adicionar strings que identifiquem a imagem e facilitem encontrá-las (por assunto).

Por enquanto, o Gwenview abre centrado na tela – e a janelica “Renomear” abre centrada nele.

Se eu configurar o Gwenview para abrir no alto, à esquerda… provavelmente a janelica vai abrir lá no canto do alto, bem longe dos meus olhos.

Não quero nem mexer com isso, por enquanto. – É coisa demais, para configurar – e vontade zero, de ficar 1 semana mexendo nisso.

Falta tudo: – Synaptic, Google Chrome, LibreOffice, GParted, KDE Partition Manager, Conky, lm-sensors etc.

Também falta remover Plasma Discover, unattended-upgrades etc.

1 curtida

Essa barra flutuante ficou bonita, espero que o Linux Mint adote-a um dia. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

1 curtida

Eu de início achava estranho, mas porque no Plasma 5, a barra flutuante não ficava nivelada com o menu e demais ícones, o que não ocorre no Plasma 6. Além disso no plasma 6 o menu e notificações não tocam a barra, ficando também suspensos.

Tá na hora mesmo é da comunidade brazuka do Mint criar a flavour com KDE; eu usaria um Mint KDE mesmo que fosse da comunidade e não oficial.

1 curtida

Melhor review até agora, sintetizou tudo, foi direto ao ponto, sem enrolação.

1 curtida

"Great work by the KDE devs.

Just don’t use it on Neon"
:rofl:

Aliás:

1 curtida

Hoje, investi várias horas no “KDE Neon 6”, acabado de instalar, “do zero” – e acabei deixando para outro dia.

Dessa vez, meu foco era mudar para X11. – Isso não está em “Sessão” mas, sim, em “Cores”. – Sim, SDDM está em “Cores & etc.”

Aí, coloquei a partição /home do Neon 5 no /etc/fstab do Neon 6 – para ter uma ideia do que poderá acontecer, se eu atualizar meu velho e bom Neon 5. – Não deu muito certo, então, retirei do /etc/fstab.

(Depois, carreguei o velho e bom Neon 5, e… Bom, já não estava tão bom, quanto costumava estar. – Mas isso já é uma outra estória. Ainda é possível consertar – e de qualquer modo, não é minha distro principal).

Vou continuar “investindo” no Neon 6 em X11, até conseguir chegar a algum “acordo de convivência” – ou seja, aceitando perdas – desde que seja “usável” para meu dia-a-dia.

Isso é fundamental, pois não me interessa, de repente, o Arch ficar “inusável”, o Tumbleweed ficar “inusável”, o Void ficar “inusável” etc.

Enquanto não puder me entender com o Neon 5 X11, nada de permitir que o Arch (principalmente) “se atualize” para Plasma 6.

O Fedora, há muitos meses já mudei para Wayland – exatamente para “ver” que bicho iria dar. – Com Plasma 5, ainda vai, embora não seja minha distro preferida. – Este, sim, sou capaz de deixar “se atualizar” para Plasma 6, só para continuar vendo que bicho vai dar.

1 curtida

Sim, manterão o X11 suportado, mas até pensei que o KDE Neon seguiria na “vanguarda” e também só traria o Wayland oficialmente suportado. Seria bom vê as novas ISO’s, se por padrão o Neon trará ambos pré-instalados, ou se a sessão X11 terá que ser instalada manualmente.

O Neon user edition se preocupa em ser uma boa distro, não em ser a vanguarda apesar de trazer o diferencial do kde atualizado. Tanto que trazem o firefox e o vlc ao invés de insistirem em um dos browsers e players do kde e a instalação é relativamente enxuta. Largar o x11 simplesmente ainda não é viável sem atrapalhar uma grande quantidade usuários.

Já ponto de vista do fedora quanto menos incentivo houver para uso do xorg melhor.

Tá repreendido em nome de jesus kkk

Com o controle de qualidade do NEON, a parte do “se preocupa em ser uma boa distro” meio que não é verdade kk.

Vi no Discuss do KDE algumas respostas do Nate aos problemas relatados por inúmeros usuários do KDE Neon, na mudança para o Plasma6, e meio que deu a entender que todos já tinham sido relatados, e o que a equipe do Neon fez? N-A-D-A. Tanto é que usuários de outras distros que estão em ramos experimentais, não tiveram.

Quando ao Neon não ser “vanguarda”, talvez seja da filosofia deles, ao usar uma base então “sólida” e robusta, que é a do Ubuntu LTS. Mas como são a distro até então que traz o mais recente do KDE, se o projeto KDE em si, largasse o suporte ao X11, dificilmente a equipe do Neon faria algum suporte alternativo. Enquanto o KDE não abandonar, o Neon suportará. Ou quando a base não suportar mais, terão que largá-lo de uma vez.