Lançado o MAD linux

Recebi um email informando que foi lançado o site do MAD Linux. Do mesmo desenvolvedor do RaDix .

https://madlinux.now.sh

3 Curtidas

Parece ser um sistema bem mais maduro que os outros projetos do Raul, se os outros já impressionavam, esse deve ser matador…

1 Curtida

Aparentemente os 5 reais é necessário para você conseguir a iso do sistema.

Então eu acredito que caso você não perca a iso. terá o sistema para sempre.

Não sei se eles mantêm um repositório próprio ou algo do tipo…

3 Curtidas

Raul não para de inventar história e uma mais interessante que a outra.

Só que esse Panther Launcher foi descontinuado a mais de 2 anos.

1 Curtida

tambem nao entendi muito bem essa parte mas parece que é pra baixar a iso e ter acesso a uns conteudos adicionais e updates.

1 Curtida

Acho que a parte do conteúdo exclusivo + suporte ficou claro. O que ficou um pouco em aberto foi em relação aos “updates” do sistema.

Fui ler sobre, e eles não mantêm um repositório próprio e/ou algo do gênero. Portanto os “updates” acontecem por meio de scripts que serão somente disponibilizados para quem manter o pagamento mensal.

Então quem tiver a .iso de hoje, daqui há um tempo vai pode continuar usando o sistema com os updates do ubuntu (que é a base usada pelo sistema), porém não vai ter as novidades do MAD Linux pois não terá o script em mãos… pelo menos é isso que eu entendi.

3 Curtidas

O sistema tem como base o Xubuntu 20.04 , é extremamente coerente, e simples de usar , ele tem feito um grande trabalho nesse projeto e c certeza valerá a pena. Terá suporte via discord, com direito a conteúdos exclusivos e muito mais .

2 Curtidas

Ou seja: vc está usando ele. Que tal instalar o Kazam ou algum outro programa e gravar um passeio pela remaster?

o esquema é trabalhar num script pra instalar todos os goodies visuais dessa distro ai por cima do xubuntu-core e liberar pra galera de graça

Não sei bem. Eu entendo que tem toda aquela cena de compartilhar conhecimento e tal… mas eu tambem entendo a decisão de cobrar pelo trabalho. Afinal é trabalho mesmo. E fora o conhecimento que o cara tem que ter pra colocar tudo a funcionar junto. As vezes esperar pela doação das pessoas é complicado, ja que um projeto pequeno quase nao tem doações.

1 Curtida

Problema é que o Raul nunca conseguiu reconhecimento pelo seu trabalho e conhecimento, porém, o que ele faz, basicamente é dar uma nova aparência para algo já existente, então quem já usa Linux atualmente não enxerga valor na criação de mais uma remaster, que só servirá pra fragmentar ainda mais a já fragmentada comunidade.

Seria muito mais interessante ele gravar cursos e vendê-los do q ficar criando remasters.

3 Curtidas

Sim, aqui mesmo no fórum o pessoal fez criticas nesse sentido de fragmentação ao Radix e ele terminou descontinuando o projeto, era uma distro que eu iria testar mas ai veio a descontinuação. Não era só a parte visual pois também tinha features relacionadas a melhoria de performance.
Eu acho que ele iniciou essa tentativa de cursos, Slite.

Seja remaster ou não acredito que o trabalho deva ser valorizado e não menosprezado, talvez se ao invés de criticas o pessoal com mais conhecimento tivesse dado dicas de como melhorar o projeto ou até se oferecer para ajudar neste processo o Radix estaria disponível para todos de forma gratuita até hoje.

@jeffinshadow Não precisa, o próprio Raul tem uma página com estes scripts liberada, pelo menos até o momento.

Como o @messiaslima falou eu também entendo essa questão da cobrança, quem sabe ele não muda de ideia no futuro. Tem um professor meu que teve um projeto em Java que ele parou de dar manutenção (isso tem mais de 8 anos) porque o pessoal usava, pegava as atualizações mas nunca doava nada.
Essa cobrança pode ser reflexo também de algo relacionado à pandemia e como @messiaslima falou ele tem todo o direito de cobrar sobre o trabalho e conhecimento dele.

3 Curtidas

Sou fã do Raul. Aprendi a gostar do XFCE usando o RaDiX. Hoje o XFCE é a interface que mais uso. Obrigado ao Raul por ter me proporcionado já no inicio de minha entrada no mundo linux uma remaster tão usual e linda que foi o RaDiX. Vida longa ao Raul.

3 Curtidas

Algumas “features” que ele conseguiu colocar no XFCE são impressionantes (como o folder-colorizer no Thunar e os paineis), isso sendo trabalho praticamente de um homem só.

1 Curtida

Aqui uma imagem do Xubuntu (em uma VM) após rodar os scripts do Raul, não segui o passo a passo corretamente então algumas coisas podem ter passado batido.

2 Curtidas

A aparência não representa nem 10% do projeto (desde o Radix), tem modificações no servidor gráfico, no servidor de áudio, no kernel… sem falar em melhorias na UX de praticamente todos os programas e utilitários GUI, dentre todas as remasters não são de origem inglesa o Radix e agora o MAD Linux é uma das (se não à) que mais traz diferenciais

O problema é que quem mais ataca projetos assim, geralmente são os usuários que menos tem a oferecer (a nível de conhecimento sobre Linux)

4 Curtidas

Isso é verdade. Parece reamente um projeto bem maduro.

Quanto as críticas… sempre vão existir. A pessoas que falam fezes, além de (em boa parte das vezes) não saberem a complexidade do que estão pedindo, não ajudam nem com uma palavra de incentivo. Além disso não levam em consideração a maturidade do projeto em tempo de existencia.

Com o App Outlet foi a mesma coisa. Assim que eu lancei, veio gente até reclamar que o projeto nao tava traduzido pro idioma que a pessoa queria.

As vezes falta empatia nas pessoas.

Outros vídeos: Raul Dipeas - YouTube

2 Curtidas

Muito bom, “peguei” vários serviços e apps que eu não conhecia para testar e usar.

Fiquei curioso em relação ao kernel, vou instalar agora.

1 Curtida

Uma curiosidade é que o nome MAD significa My Awesome Distro (Minha distro incrível - tradução literal.

Essa e outras curiosidades no vídeo abaixo:

2 Curtidas