GTA 3 e Vice City open source e pra linux!

O projeto GTA RE (Reverse Engineered) é um projeto da comunidade de modding com objetivo de converter os jogos GTA da Era 3D em jogos open source (de código aberto) utilizando engenharia reversa nos jogos originais, e mesma engine (RenderWare).
Depois de poucos anos de trabalho, mas mais de uma década de pesquisa e conhecimento, a comunidade conseguiu recriar, através de engenharia reversa, o código fonte completo destes jogos, sendo assim, agora temos em mãos o código do sistema base do jogo (basicamente, a programação do .exe), e podemos modificá-lo de maneira mais livre e fácil (como se nós fossemos os desenvolvedores do jogo).
Isto abre um total novo nível de modding, otimizações, e portar os jogos para diversas plataformas, como Linux.
Não sei se isso se encaixa aqui no fórum mas eu queria compartilhar isso.

16 Curtidas

A empresa responsável pelo GTA já está sabendo, e como é de se esperar…

A Take-Two derrubou o projeto, mas ele ainda é acessível pelo Wayback Machine.
Não faço apologia à pirataria, mas sim, ao software livre.
Já baixei o meu e vou guardar pra sempre. O jogo está infinitamente melhor do que quando usava com o Wine, sem nenhum lag ou bugs visuais. (mais um VIVA! ao software livre)
A Take-Two deveria tomar responsabilidade e aderir o projeto como uma release oficial.
Não colocarei o link direto aqui para não dar problema pro lado da equipe do Diolinux.

3 Curtidas

Melhorou o FPS ao ponto de ser notável? interessante…

Já garanti o meu aqui, vou dar uma testada lá no Linux pra ver como fica.

2 Curtidas

O pior é que não é pirataria, o código é diferente do original, tanto que nem é compatível com mods de scripts, felizmente alguns dos principais já estão incluidos.
Alias não sabia que dava pra acessar pelo wayback machine, sugoi kk.
No meu melhorou o FPS se comparado ao wine mas se comparar ao windows é injogavel (60 FPS no windows 8.1 / 14~ Linux mint), acho que isso acontece porque a versão pra linux provavelmente usa OpenGL e não DirecX ou Vulkan.

Com minha GPU, Intel, sim. Tendo em conta que os drivers mais atuais estão travando, literalmente, os jogos no Wine.
O único problema é que não encontro solução para a falta de áudio… já tenho o OpenAL instalado.

Eu notei uma melhorada, mas o único problema está sendo o áudio. :thinking:
Em questão ao código, acho que a Take-Two não quer se mostrar open-source por pura preguiça.

1 Curtida

UPDATE:
O problema de áudio foi resolvido ao reiniciar o sistema ou ao instalar os pacotes: [lib32-alsa-lib, lib32-alsa-oss, lib32-alsa-plugins] e reinicar o sistema.
Também tomei a liberdade de remover os executáveis da pasta do jogo. Não sei se acarreta em problemas futuros, mas ele funciona perfeitamente por enquanto.

1 Curtida

Conteúdo sinalizado escondido.

1 Curtida

Adoraria instalar esse GTA 3 “nativo” para Linux no Notebook da minha irmã, inclusive tenho o jogo original na Steam. Mas eles determinam a versão 3.3 do OpenGL como requisito minimo, e o notebook da minha irmã só suporta a versão 2.1

Aqui diz:

It has been tested and works on Windows, Linux and FreeBSD, on x86, amd64, arm and arm64.
Rendering is handled either by original RenderWare (D3D8) or the reimplementation librw (D3D9, OpenGL 2.1 or above, OpenGL ES 2.0 or above).
Audio is done with MSS (using dlls from original GTA) or OpenAL.

Então deveria funcionar no notebook através da compilação do librw.

1 Curtida

Provavelmente foi removido porque infringe nós termos de serviço e direitos autorais. A impressão que dá é que parece que não foi uma simples engenharia reversa. Simplesmente foram lá quebraram o jogo e tiraram o código fonte. Que tivesse escrito do zero (eu sei, da mais trabalho).

Que pena, testei o GTA Vice City e estava funcionando como manteiga no Linux, suporte a controle tudo perfeito! Muito melhor que o Wine. Tomara que consigam voltar com o projeto.

1 Curtida

Lendo no Gitlab, entendi que ele fizerem engenharia reversa para ter o código fonte dos jogos. Logo infringe os termos de uso e direitos autorais. Isso é tão verdade, que o código não é licenciado sob nenhuma licença. Está escrito no final do readme. É a mesma coisa que o pessoal do Wine fazer engenharia reversa no Windows e disponibilizar o código. Não fico surpreso em saber no github foi derrubado.

2 Curtidas

Então devo ter entendido alguma coisa errada, provavelmente devido ao meu inglês ruim.
Sendo assim, vou testar no Notebook dela e dizer como foi a experiencia.

1 Curtida

Sim, por isso foi tão “rápido”.

O ideal seria reverter e reescrever o código, como o pessoal do Wine faz, o chamado “clear room”.

1 Curtida

Certeza que disponibilizaram o código na boa intenção, pros desenvolvedores. Agora é esperar e ver se eles voltam com o jogo pronto…

Eu até entendo a intenção, mas nenhuma empresa quer seu código vazado assim.

1 Curtida

Aparentemente tinha um projeto para fazer um GTA open-source dentro da lei, no estilo Wine (clean-room: não observar o código diretamente, só o comportamento, etc.) no OpenRW, mas ele foi basicamente atropelado pelo RE3 (que foi admitidamente baseado em executável descompilado) e o autor não viu mais motivo para continuar.

Projetos “redundantes” e “sem motivo para existir” fazem uma falta imensa nessas horas.

3 Curtidas

Bom, agora tem :confused:
Pelo menos o autor ainda acessa a página GitHub do projeto, a última alteração foi há 4 dias no README.md.

1 Curtida