Firefox testa tradutor focado em privacidade

Está presente no Firefox 117 beta, uma nova ferramenta de tradução similar à que conhecemos no Chrome, onde o navegador detecta quando o site não se encontra no idioma padrão do usuário e sugere pra traduzir, mas com uma diferença: tudo ocorre localmente.

Dessa forma, o usuário precisa baixar o dicionário dos idiomas que pretende traduzir, pelas configurações da ferramenta. Por lá, ainda podemos configurar algumas automações, como idiomas ou sites que sempre desejamos traduzir. Caso você recuse o popup, mas depois mude de ideia e queira traduzir, basta clicar no ícone equivalente na barra de endereço.

Tendo em mente a privacidade, a ferramenta pode funcionar sem enviar dados sobre sua navegação a um servidor externo, entretanto, há alguma perda de desempenho, pois tudo precisa ser processado localmente. Em meus testes, a velocidade do processo não foi muito diferente do que no Chrome, mesmo num hardware modesto.

Você pode testar o recurso, baixando a versão beta do navegador. Basta extrair o tar.gz e executar o arquivo “firefox”.

4 curtidas

experimentei o crome com tradutopr automágico e realmente é muito impressionante.