Dicas de pós instalação para o KDE Neon!

Instalei o KDE Neon no lugar do Endeavour, pois cansei um pouco de base arch, pois eu gostando ou não, boa parte das aplicações que preciso tem uma integração melhor com o ubuntu, mas não gosto muito do gnome, então o Neon cai como uma luva aqui, pois gosto do plasma.

Fiz apenas as configurações padrões, como updates e algumas configurações cosméticas, mas queria pedir algumas dicas de customização para o pessoal que usa ele, o que vcs costumam fazer após a instalação?

Instalei o ZSH, usando o tutorial do @Jedi_Fonseca, que por sinal tá muito bacana, funcionou no Neon muito bem. Estou usando a versão unstable do Neon, no momento, está tudo funcionando ok, sem problemas, só notei até agora um bug estranho.

Se eu mudo algumas coisas que ficam em configurações/aparência, quando abro o KInfocenter, pra ver as infos do sistema, no lugar de aparecer as informações do Neon aparecem é as do Ubuntu, achei estranho, mas deve ser algum bug, mas não descobri como se resolve isso. No mais é isso, agradeço demais por qualquer dica de pós instalação do Neon pessoal.

Quanto a “cosmética” é sempre algo pessoal, mas eu gosto muito desses temas (para o painel/barra de tarefas) em “Temas para a área de trabalho”:

Breeze Transparent Dark, Agik-Violet, Adapta, Arc Dark, produkt, solid, KArc-transparent, OneDark Transparent, Transdarc
Aparência: Breeze.

Também costumo usar o menu “pequeno” ao invés daquele em tela cheia, adicionar aquele gadget de “minimizar todas as janelas” ao lado do relógio, modificar o layout do relógio para mostrar a data, etc…

Já pelo lado mais de configuração, costumo verificar a versão do Mesa "glxinfo | grep OpenGL" e se for muito antigo (antigo hoje seria qualquer versão anterior à 19.0.2) então instalo o PPA do Padoka para mante-lo atualizado. Se tu tem placa de vídeo Nvidia é bom instalar o driver mais apropriado. Não tenho mais muito a dizer porquê não tenho o Neon nem nenhum sistema com o Plasma instalado no momento, mas foi isso que me veio na memória. Mas fora disso eu basicamente só instalo os programas que preciso.

Seria bom saber quais são essas “algumas coisas” que tu muda. E seria bom também ver prints do antes e depois, pra visualizar melhor o que muda.

1 Curtida

Ah, e também costumo instalar o indicator-cpufreq em todas as distros que uso.

1 Curtida

Ah, sobre o bug, basta eu fazer essa configuração cosmética desse vídeo, que por sinal, fica muito top. Se faço essa configuração, buga no mesmo instante o kinfocenter, na aba informações do sistema, onde deveria aparecer “KDE Neon Unstable Edition”, que é a versão que uso, aparece Ubuntu LTS 18.04.3.

Mesmo que eu desfaça a configuração do vídeo, o kinfocenter continua bugado.

Tentou reinstalar o kinfocenter depois de ter feito a tal config?

1 Curtida

Boa observação, não cheguei a tentar, lembro até de ter procurado no discover por ele, mas nem passou pela cabeça tentar reinstalá-lo pelo terminal. Farei as configurações do vídeo outroa vez, se acontecer o bug, vou reinstalar ele e ver como fica.

Instalei o indicator-cpufreq, rebootei o sistema e ao entrar, o app apareceu, mas só aparece duas opções: economia de energia e modo desempenho, não apareceu as frequências como no link que vc postou. Verifiquei pelo synaptic se falatava alguma dependência dele, mas todas foram instaladas, será que precisa fazer alguma configuração extra pra que mostre os clocks?

No Neon, eu costumava usar essa não sei como a mesma se encontra, mas funcionava bem, é parecida com a indicator-cpufreq.

Talvez as opções que aparecem tenham a ver com cada processador… Eu só tenho um PC/Processador, então não pude testar em hardwares diferentes pra saber.

Interessante, vou testar.