Como você mantém sua privacidade na Internet?

tor
segurança
tails

#1

Pessoal, acabamos de publicar um vídeo sobre o assunto, compartilhem aqui as suas dicas de segurança e, principalmente, privacidade:


#2

Simplesmente tenho minha rede social normal e outra rede social anonima usando sistemas diferentes pra cada uma delas a unica coisa que é igual é o link mas isso resolvo com proxys anonimos que escolho de dentro do Brasil apra evitar problemas.

Agora o algoritimo aumenta muito a aparisão de reCaptcha


#3

quem me dera soubesse fazer isso, estaria sendo uma pessoa mais feliz do que ja sou usando linux.


#4

Vídeo muito bom, mas eu ainda, na sinceridade abro mão da privacidade pelo conforto.


#5

Hoje eu estava lendo os Termos de Serviço do Google sobre produtos como o Google Docs e é um tanto assustador o que eles podem fazer com seus arquivos.
É de se pensar um pouco… e ficar preocupado. O problema é que ter privacidade na rede dá trabalho demais hahaha


#6

Eu comecei a mudar alguns dos meus hábitos na internet, estou largando boa parte dos serviços Google por outros mais privativos, o Gmail troquei pelo Protonmail, o Search pelo DuckDuckGo, maps pelo OSM, o drive pelo mega, YouTube pelo NewPipe e etc, pode não fazer muita diferença mas já percebi uma diminuição nos anúncios abusivos, agora estão mais genéricos, menos irritantes. No final das contas é só uma questão de adaptação, se alguém tiver mais alguma dia, deixe aí para mim…
Abraços.


#7

Eu prefiro o SkyTube: o feed sai na mesma ordem que sairia no YouTube e não precisa logar (é só exportar a lista de canais que segue). Para mapas, eu uso o HereMaps. Vou olhar esse OSM.

Eu faço basicamente o que foi dito aqui, e uso navegadores diferentes pra coisas diferentes (Vivaldi para streaming de videos, Opera para o uso comum e Firefox para compras) e algumas extensões. De tempos em tempos pesquiso por algo aleatório e irrelevante pra mim, só pra “confundi-los”.


#8

Opa, dei uma conferida nesses “trem” aí que tu mencionou, gostei desse ProtonMail, vou usar ele. Obrigado pela dica! :smiley:


#9

O mais cruel desse tema é que ele é extremamente manipulador: é tentador para muitos ceder sua privacidade em nome do conforto e conveniência. A esses, recomendo, por exemplo, o livro 1984, de George Orwell.

Sei que parece um cenário dramático mas, para quem percebe as coisas de forma sistemática, não tem dificuldades de somar o “Sistema de Crédito Social” chinês, os vazamentos da NSA, o monitoramento facial já implementado em cidades brasileiras como Campinas, a quantidade de dados que entregamos diariamente ao Google, Facebook, YouTube, etc., e chegar à conclusão de que deveríamos levar o assunto mais à sério e fazer algo para nos proteger e às pessoas a quem queremos bem.