Como criar um pendrive com persistência no Linux

Oi galera eu queria dicas de como posso fazer um pendrive persistente de Linux no Linux, pois quero usar o pendrive em diversos computadores, mas ele não salva o que acontece na LiveCD

Um meio é instalar um Linux no pendrive ao invés de usar ele como live mas deve ter uma maneira melhor.

2 Curtidas

Então é que eu queria poder usar o pendrive tanto para instalar o sistema em outros computadores quanto salvar alguns dados na própria Live, lembro de ter conseguido ter feito isso com uma imagem do Ubuntu usando um programa do Windows

O único jeito que conheço é instalando o Sistema no pendrive. Mas aí o pendrive seria um ¨hd normal¨, não iria conseguir instalar o sistema dele em outras máquinas.

1 Curtida

Mas assim eu teria que usar outro pendrive para isso…

1 Curtida

Então, talvez tenha como fazer isso no mesmo pendrive, mas eu nunca vi. O que eu já fiz é instalar uma distro diretamente no pendrive e usar ele normalmente. Agora pra usar ele normalmente e ainda conseguir instalar ele na máquina, como se fosse um LiveUSB, nunca tentei.

Cara oq vc procura acho q já consegui fazer uma vez. Usei o yumi pra Windows. Distro como Ubuntu e Linux mint tem a opção de vc grava até 4gb de dados no liveCD. E consegue instalar em outros pcs. Só vai ficar preso na versão do live pq 4gb e bem pouco nem pense em atualizar a distro

1 Curtida

So um atento não sei se suas modificações vão ser instalar nos pcs. Exemplo vc troca o papel de parede e todos os PCs q vc instalar vão estar com o msm papel de parede

1 Curtida

Ja testou p live do opensuse da ultima vez que usei ele fazia isso.
Obs. Usei o etcher mesmo pra criar.

1 Curtida

Opa, vou baixar a ISO para testar em LiveCD, mas eu queria era usar o Mint de forma persistente mas se não dê certo fico com o OpenSUSE mesmo…

Então é que o meu Pendrive tem 16GB e queria aproveitar esse espaço, para salvar alguns arquivos

meu nobre nao e necessario utilizar como persistencia, eu normalmente faco o seguinte

2 pendrives 1 para conter o instalador e o outro para ser o “HD”

no meio da instalaçao quando der boot no primeiro pendrive com o instalador

selecione o segundo pendrive que tera maior tamanho e formate ele e selecione = ext4 e depois o diretorio que normalmente e uma “/”

feito isso da um ok

isso em uma instalaçao baseada em ubuntu…

depois disso la no final tem uma opçao para selecionar o disco de inicializaçao
vc vai selecionar o segundo pendrive novamente que tem maior tamanho e vai logo depois vai colocar para iniciar a instalaçao depois e so ser feliz e iniciar o sistema atravez do boot como qualquer outro pendrive :smiley:

OBS: tentei ser o mais pratico possivel visto que nunca fiz um tutorial antes entao espero que eu tenha ajudado :smiley:

1 Curtida

Valeu achei aqui um cartão de memória de 2GB e tô pensando em fazer algo assim, mas não tenho certeza se a ISO do Mint vai caber no cartão de memória, alguém sabe me dizer se existe uma versão net install do mint?

1 Curtida

do mint nao, mas vc pode pegar a mini iso do ubuntu e depois instalar aparte o cinnamon caso seja a interface do seu interesse sera praticamente a mesma coisa os apps de update/backup do mint e possivel instalar a parte tambem atraves do ppa(sendo um pouco mais complicado mais nao impossivel)

1 Curtida

Na verdade o problema não é nem caber uma iso. A maioria dos computadores não da boot a partir do cartão de memória. Verifique primeiro se o seu faz isso.

2 Curtidas

de fato tem esse detalhe ‘-’

Achei um programa que aparentemente ele cria um pendrive bootável persistente,
Unetbootin

@Keviny dei uma rápida pesquisada no google e achei esse link aqui que ensina como fazer um pendrive persistente. Você tem que usar um programa chamado mkusb.

1 Curtida

Download Esse aqui tem uma opção pra fazer isso.

Mas aparentemente só tem versão para Windows