Arch Linux GUI descontinuado!

Na minha percepção há nessa “barreira aos noobs” uma fragilidade grave a longo prazo: distros sem empresas por trás dependem de comunidade e se a comunidade não se expande ou não se renova, a distro fica a um passo de virar um PCLinuxOS, Slackware e algumas outras que por diversos motivos foram minguando com o passar do tempo.

Ainda mais em tempos como os atuais em que ninguém, em sã consciência, busca por complicações desnecessárias. O sujeito instala arch na unha uma vez pra aprender, reinstalá-lo inúmeras vezes tem um ganho de conhecimento marginal (se é que há algum).

Até o Debian criou live-iso e está considerando adotar firmware não livre… a net-inst está lá para quem quiser, assim como a live (usando calamares) com firmware proprietário prontinha para o novato… Isso, para mim, é que é fomentar uma comunidade.

7 curtidas

Além desta aqui, devo mencionar a do Manjaro (não criei conta no fórum em inglês, mas sempre há alguém disposto a ajudar por lá), a do Mabox (de vem em quando olho o fórum deles e tenho contato direto com um dos devs, compatriota meu) - as duas se “mesclam”, por assim dizer, no grupo do Manjaro en español do Telegram, onde fiz bons amigos. E a do Reborn, que já elogiei aqui mais de uma vez. Os caras são absurdamente prestativos, ao ponto de que eu não conseguia instalar um pacote de ícones e um dos devs foi lá e colocou os ícones no repositório da distro…

O contraponto é a comunidade do Garuda - tão arrogante quanto a do Arch, mas com o viés do “se você instalou um derivado de Arch, é porque sabe se virar. Portanto, vire-se”. Enquanto isso, 95% das pessoas pagam - na maioria das vezes, em venda casada - por um sistema operacional que, apesar de muito bom, raramente é capaz de resolver seus problemas como uma distro o faria… na boa, o market share das distros deixa de subir por atitudes como essa

9 curtidas

Importa-se caso grave em áudio o que tenho a dizer sobre isto? Posso upar na Dailymotion ou até no soundcloud. Só acho que digitar paredes de texto agpra só levaria a animosidades ambíguas.

É interessante isso, faz muito tempo que fiz um post aqui no fórum de uma briga que existia entre users do manjaro e arch, e hoje em dia vejo isso mais claro, pois tem usuários, de todo tipo de plataforma (windows, mac, linux em geral) que prefere separar do que unir.

3 curtidas

Vou comentar aqui a mesma coisa que comentei no video do Slackjeff:

É muito vergonhoso quando a própria comunidade Linux não se ajuda, é por esses tipos de usuários que Linux não se populariza mais, essa toxicidade é um dos maiores problemas da comunidade open source que deveriam sempre reprimir quem alimenta isso. :triumph:

2 curtidas

A wiki do Arch é algo que nenhuma outra distro tem. É simples, relativamente acessível para leigos, facilmente pesquisável e bastante reaproveitável em outras distros. A unica outra documentação bem completa que já encontrei é da RHEL mas não chega nem perto de ser amigável e universal como a wiki do Arch, principalmente por ser estritamente sobre o RHEL e soménte o RHEL.

Infelizmente comunidades virtuais viraram isso, em maior ou menor grau, até aqui no fórum tem assuntos que você precisa pisar em ovos para discutir, não deveria ser assim, mas é…

As pessoas que querem manter sua sanidade preferem se calar e se distanciar, e esse projeto foi isso, preferiram descontinuar pela sanidade dos envolvidos.

O problema é que em um software que é feito 100% pela comunidade isso significa estagnação ou até fim do projeto em uma ou duas décadas…

8 curtidas

Qual site semelhante vocês recomendam? Existe algum?

Acabei de comprar um pc novo e queria sair do Pop e testar um Arch.

Distro, vc quer dizer? Sendo isso:

“As filhas do Arch que não são mais Arch”

  • Manjaro
  • Mabox

Derivadas com repositórios próprios ou algo semelhante:

  • Arcolinux
  • Endeavour
  • Reborn (em breve nova ISO com Calamares)

Arch facilitado:

2 curtidas

Mais ou menos. O Archcraft é bem barebones, apenas a instalação que é facilitada e uns programas bem básicos, ou seja, KISS. Acho que, para o rxtheodoro, será melhor usar o Arco, se quiser algo siples mas nem para tanto, ou o Manjaro, se a ideia for a base Arch, mas bem completo out of the box.

3 curtidas

É como disse o @JG22, hoje existe a instalação gráfica, mas o sistema não é legal para iniciantes. Caso não tenha o conhecimento de onde procurar as coisas (configs, scripts, além de saber como resolver possíveis problemas causados pela dinamicidade da base Arch, ainda mais se tratando de ser WM).

Para ter noção, o @eddiecsilva, que já tem um nível de conhecimento elevado, não conseguiu se adaptar por completo, tento dificuldade até para configurar os monitores.

5 curtidas

Fala não, eu estou apanhando do Mabox (que instalei no famoso Dell-que-liga-quando-quer), indicadores na systray do tint2 não funcionam, o PulseEffects não abriu, nem ideia de como dizer que um dado app abra na área de trabalho 2 e não na 1. Por mais que o Mabox tenha muitíssimos facilitadores, nem tudo está coberto. Contudo, é um baita sistema, além de levíssimo - inicia com 300 MB de RAM, por aí, isso com algumas coisas já no autostart (como o caffeine, rádio, cpu monitor etc.). E está em btrfs num pendrive de 16 GB. Pra um media center tá ótimo, é só não desligar o lap, não faltar luz e alguma hora ter “tempo” de regravar a BIOS (tenho 95% de certeza que o problema dele é esse)

2 curtidas

Na minha opinião há uma série de aspectos sobre isso que ainda não foi comentada.

No intuito de colaborar construtivamente, deixei uma “colinha” no dpaste com os comandos da arch-install, em ordem: dpaste/VHcNw (Bash)

O pessoal fala que é “difícil” quando na verdade outras palavras seriam mais precisas: “incômodo, demorado, etc”.

Copiar comando não pode ser “difícil”, isso é uma lenda urbana. É que de tanta gente acreditando fica parecendo verdade, mas eu garanto que é só isso.

3 curtidas

A questão nunca foi se incomodar em copiar comando.

1 curtida

É que, lá no fundo, a instalação do Arch é só copiar comando. Em todo caso, eu ouvi agora na íntegra o vídeo do cara do ALG, ele manteve os repositórios lá. Quem sabe alguém não dá continuidade?

Agora esse alguém não será seu membro padrão da comunidade Arch. Eu não gosto de lá, se me vejo numa comunidade é do FreeBSD. E, sim, a comunidade Arch tem problemas sérios de “elitismo” não-construtivo.

1 curtida

A do Fedora também é bem completa, mas o design atual é um pouco confuso, e algumas páginas precisam de uma atualizada. Tá rolando todo um processo gigante de renovação da documentação da distro, muita coisa tá pra mudar pra melhor que, se der certo, vai transformar o Fedora Docs em uma alternativa muito daora pra Arch Wiki.

3 curtidas

Exatamente. Embora os ratos de fórum do Arch sejam bem mais agressivos na palavra – de certa forma estão certos – a instalação é bem simples se você simplesmente seguir a wiki. A questão é, mesmo para usuários já experientes com Arch, ou com Linux, a instalação demora desnecessariamente – para entregar um resultado similar a qualquer distro que você instala dando 3 cliques no Calamares. Muitos têm o conhecimento, mas não têm tempo para aplicá-lo em algo que não necessariamente entregará um resultado tão surpreendente. Por esta razão, os scripts de instalação são tão populares. O Arch é uma ótima distro, mas, para quem não tem tempo atoa, se torna inviável.

4 curtidas

Pra mim isso não é verdade.Ontem mesmo fiz uma instalação em pouco mais de 1h: 2022 08 07 arch01 - YouTube

Na verdade, eu não quero desvirtuar muito do tópico, que é sobre o ALG.

Ele deixou td lá, como eu disse ontem talvez alguém pegue

O meu maior problema com a documentação do Fedora é que eu já vi essa promessa sendo feita mais de uma vez… A documentação não é terrível, mas simplesmente não acompanha a evolução da distro… A cada versão sai uma pá enorme de mudanças, dai você, lá no lançamento vai buscar na documentação e descobre que não existe quase nada sobre essa nova forma de fazer as coisas.

Eu me deparei com isso quando o Fedora introduziu BFQ (aliás meio que eu dei uma luz para muita gente na época, não só no Fedora), BTRFS, o novo padrão freedesktop para o boot do sistema, e assim vai…Em algum momento a documentação alcança o lançamento, mas ai já é meio que tarde.

1 curtida

Acho que uma das falhas, inclusive, do ALG era se chamar de “instalador gráfico de Arch” e não de distro baseada.

O próprio Endeavour pede aos usuários que não postem dúvidas no forum do Arch, eles entendem o Endeavour o mais vanilla possível, mas que não é Arch de forma alguma.

Entendo que o caminho para quem quer algo mais fácil é realmente buscar uma Arch based e se afastar da distro mãe, que como mencionado na Wiki, não tem interesse em usuários que não queiram colocar a “mão na massa”.

Eu, honestamente, prefiro me manter em Arch based, não tenho tempo ou paciência para seguir toda a documentação e se tiver algum problema, encontrar uma comunidade de difícil trato pela frente.

1 curtida