Amazon lança o seu serviço de entregas, o Amazon Logistics, no Brasil

A Amazon é uma gigante do setor de transporte e logística , e agora ela vai começar a investir mais ainda no Brasil e utilizando um método parecido que é aplicado nos EUA.

O que a Amazon quer trazer para o Brasil é o programa DSP (Delivery Service Partner), que consiste em ter uma rede de entregas associada com empresas de pequeno porte, que ficaria responsável pelo envio dos produtos comprados dentro da plataforma Amazon. Por hora ela tá buscando “players” nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília.

Hoje em dia a Amazon trabalha com os Correios, Total Express, Sequoia, Loggi, Jadlog, Shippify, OnTime, Diálogo, Dominalog e TLOG (Venkon), e como o Mercado Livre, quer depender menos dessas empresas mas não “descarta-las” por completo. Isso ocorre nos EUA também, onde ela tem parcerias com UPS, FedEx, DHL e U.S. Postal Service (equivalente aos Correios daqui).

Amazon Logistics vai funcionar como?

Segundo o site da Amazon Logistics, quem quiser entrar no programa DSP vai precisar de um investimento inicial (que não são pagos para a Amazon) de R$45 mil além do capital de giro. Esse investimento inicial estipulado abrange como a abertura de pessoa jurídica e alvarás, serviços profissionais como honorários de contador e advogado, compra de suprimentos, como laptop, custos de recrutamento, como anúncios de empregos, exames toxicológico e treinamento dos motoristas, além de viagem para treinamento do proprietário se necessário.

Ainda segundo as instruções contidas no site, é previsto uma receita mensal de R$150 mil a R$300 mil e lucros girando entre R$12 mil a R$22 mil, com uma operação de 20 a 40 vans mais ou menos.

Por hora a Amazon só está aceitando empresas convidadas via e-mail, que podem se cadastrar no site para serem avaliadas. Avaliação essa que dura aproximadamente de 4 a 8 semanas.

O próximo passo pode ser a implementação do Amazon Flex, destinado para entregadores autônomos e que já está em operação nos EUA e pode aterrissar no Brasil em um futuro breve.

Para mais informações, você pode consultar o site do Amazon Logistics.

Nos vemos no próximo post, forte abraço! E confira nosso Feed RSS

1 Curtida