10 melhores Distros peso leve para computadores velhos (It's FOSS)

Apesar de ser do mês passado, achei a lista bem curiosa e penso ser legal um diálogo a respeito dela.

Pela primeira vez, vejo SparkyLinux ser mencionado em uma matéria (3º lugar da lista), com exceção de várias outras que mencionam sua edição especial GameOver. Porém, o Sparky não é o único “powered by Debian” da lista, o que também me surpreendeu.

4 Curtidas

uma das que eu mais gosto desse top 10 e o Puppy Linux.

2 Curtidas

Ouvi falar aqui no fórum que o Puppy vem com o root aberto. É verdade? Se for, tem como fechar com senha? Gosto muito do Puppy, mas se eu for instalar pra alguém, que seja com senha de root igual as outras distros.

@quadrado, nunca usei e nunca ouvi falar isso, caso seja verdade é só inserir uma senha para o root que resolve:

sudo passwd root

1 Curtida

Valeu pela dica, amigo! :+1:

1 Curtida

Não adianta nada você usar a distribuição mais leve do mundo se o resto dos seus programas são pesados. Tem que se observar todo o conjunto. Não estou desmerecendo o ambiente gráfico, mas se você está mendigando memória RAM e processamento de memória, você tem que ter uma visão mais holística.

Por exemplo, navegadores, não existe isso de navegador leve, portanto ou você usa extensões para fazer seu computador fraco ser usável para navegar na internet ou você usa um navegador hiperlimitado e acessa apenas alguns poucos sites.

2 Curtidas

Ok, vamos lá. Se alguém procura uma distro leve é pq ou tem um hardware bem modesto ou quer deixar + recursos da máquina para outros programas. Em ambos os casos, adianta sim! Qualquer diminuição no consumo de recursos de hardware já é “diminuição”. E sim, concordo que para tirar água de pedra com relação a desempenho da máquina, precisamos avaliar também outros programas.

1 Curtida