Zorin OS Lite ou Mint XFCE, qual devo escolher?

Utilizo um notebook antigo:
Intel Core i3-3217U 1.8ghz
Intel HD Graphics 4000
500 GB HDD
4 GB RAM DDR3

Qual sistema se sairia melhor, qual distro é mais fluida e mais leve?

2 curtidas

até onde sei ambas usam a mesma interface gráfica, olha a que mais te agrada visualmente e usa
essa é a do zorin:

e essa é a do mint:

1 curtida

Tenho um laptop samsung com uma config muita parecida com a tua. Testei essas duas distros e a que performou melhor foi o mint xfce por um único motivo.

A loja de aplicativos.

O ZorinOs usa a gnome software que apesar de ser bem prática e em certa parte bonita, é muito pesada, demora para abrir e congela algumas vezes.
Já o Mint apesar de ter uma loja de aplicativos não tão bonita, ainda sim é muito prática, leve e performa com muita fluidez.

Se não fosse por esse motivo eu iria de Zorin certamente, pois é um produto como todo mais bem planejado e acabado. Porém nunca me dei bem com a Gnome software, até quando usei uma distro com interface Gnome optei pelo Pop Os por não usar a gnome software.

4 curtidas

Entre os dois, eu prefiro o Zorin Lite por ser mais bonito, mas o Mint é um pouco mais leve. Porém, pelo seu computador já usar um Core i3, dificilmente vai dar para perceber a diferença no geral. O ponto fraco do Zorin, pra mim, é a Gnome Software, que costuma ser pesada e meio lenta. A loja do Mint é mais rápida ejá vem com os Flatpak habilitados de cara com uma seção exclusiva. Por outro lado, o Mint pode parecer meio “simples demais” comparado ao Zorin, tendo um visual bem mais “padrão”.

Se você tá pensando em distros leves. Pode também dar uma olhada no Xubuntu, Lubuntu e no Linux Lite, testando cada um deles e ver qual combina melhor com você.

1 curtida

Mint é mais leve, o Zorin é mais bonito para quem gosta do light mode, pois o dark é horrível.
E como foi dito: a Mint Install é muito superior a Gnome Software.

Mas que tal dar uma chance a um dos 2 excelentes projetos BRs: Big Linux ou Regata OS?

4 curtidas

O nome “Core iX” chama atenção, mas não por causa dele será um processador forte.

Um i3-3217U (o do amigo ali em cima) tem apenas dois núcleos, e geralmente, fora da tomada, ele opera com um clock base de 0.9GHz, indo até 2.7GHz na tomada rodando algum jogo. No geral significa que o poder multicore é baixo e que, sim, pode-se sentir diferença entre o XFCE do Zorin e do Mint.

@Kaike_Alcantara_Rodr, respondendo sua pergunta, se quer algo que funcione bem e seja leve, sugiro testar o Mint. Mas isso é uma sugestão minha, a melhor opção é você colocar a mão na massa e testar por conta própria. Como já foi dito aqui no fórum, o que eu acho bom pode ser terrível para você, e vice-versa.

1 curtida

Entre Mint e o Zorin, eu sugiro o Mint.

Eu tenho um notebook com uma configuração parecida e uso Fedora 33 + Plasma e vai muito tranquilo. E com o XFCE, no seu caso, vai rodar muito de boa.

1 curtida

Vou na linha do @Daigo.
Testaria o Big Linux.
Dentre as duas citadas: Mint XFCE.

2 curtidas

Obrigado a todos vocês pelas dicas e alternativas. Atualmente escolhi o Mint XFCE, mas vou testar na máquina virtual o Big Linux e Regata OS. Thanks !!

1 curtida

Fedora 33 + Plasma não fica muito pesado não?

Não há diferença prática, pois ambos são remasterizações do Ubuntu com Xfce.
Ou seja, o que funciona em um, funciona no outro, somente a diferença fica por conta de temas, o menu diferenciado (e que não considero vantagem por ser muito simples) do Zorin, a ferramenta Zorin Connect (que funciona se você instalar o KDE Connect em qualquer distribuição).

Ou seja, a diferença mesmo está no tema e no papel de parede. Ambos são o Xubuntu com outros temas e alguns softwares diferentes.

1 curtida

Muda o fato de as frescuras gráficas do Zorin o deixam + pesado logo na inicialização.

3 curtidas

Ambas as distros são leves. Já é difícil perceber muita diferença num processador Celeron (onde eu testei ambas). Num Core i3, mesmo que razoavelmente antigo, vai dar menos diferença ainda. O problema ainda seria a Gnome Software do Zorin, que é BEEEEEM mais pesada que a Mintinstall do Mint Xfce.

Por outro lado, a Gnome Software é um pouco mais amigável de navegar, e ela está prestes a ter uma atualização geral. Não posso dizer que vai ficar mais leve (mas espero que fique). Dependendo da quantidade de programas que você for instalar, talvez não seja tanto um empecilho a Gnome Software. Você só teria que adicionar o suporte a Flatpak e o repositório Flathub manualmente, algo que já está ativo por padrão no Mint.

O ideal mesmo é esperar pelo menos 1 ano, para que a a reformulação esteja bem estável. Lembrando que não será apenas uma mudança gráfica, mas o código também sofrerá mudanças.

1 curtida

Como eu já disse, o nome do processador não o torna automaticamente forte. Um i3 antigo tem a mesma potência que um Celeron N4000 ou aqueles Pentiums mais novos.