Vídeos do Youtube com faixas coloridas no 2o monitor e somente no Chrome

Olá, pessoal!

Os vídeos no Youtube mostram algumas faixas coloridas quando passo o mouse sobre o vídeo e quando executo qualquer ação no vídeo por meio das teclas, como avançar e retroceder.

Isso só acontece no navegador Chrome, e no 2o monitor.

Quando acesso os vídeos no 2o monitor usando o Firefox, essas faixas não aparecem.
Quando acesso os vídeos no 1o monitor usando o Chrome ou Firefox, as faixas também não aparecem.

Torcendo para que alguém já tenha passado por isso e resolvido. Fiz várias buscas no Google usando português e inglês, e não encontrei nada.

Desde já, obrigado!

Estou usando POP OS na versão mais recente, 20.10.

1 Curtida

isso passou a acontecer quando?

@leoteodoro Desde a instalação. Formatei a máquina e instalei o Pop OS ontem, e desde então, todos os vídeos que assisto mostram essas faixas.
Ressalto que só acontece no segundo monitor, e quando uso o Chrome.
Se estiver usando o Firefox no segundo monitor, as faixas não aparecem.
E quando uso o Chrome no primeiro monitor as faixas também não aparecem.

Até então eu usava Windows 10 e isso nunca aconteceu. Tenho essa máquina já tem uns 4 anos, e o segundo monitor tem um ano, aproximadamente.

Olá André. Caso não tenha testado, desabilita a opção de “aceleração por hardware quando disponível” salva, reinicia o Chrome e faz um teste para ver se resolve.

1 Curtida

Obrigado pela dica @RuKsu! Será a primeira coisa que farei amanhã pela manhã.

1 Curtida

@RuKsu, problema resolvido. Só precisei desativar a aceleração do hardware no Chrome. Muito obrigado, mais uma vez!

1 Curtida

Amigos, acabei descobrindo porque estava tendo problemas com essa questão do youtube, o que de fato não era a questão da aceleração do hardware configurada no Chrome. Sim, ao desativar a aceleração do hardware no Chrome o problema com os vídeos do youtube foi mesmo resolvido.

No entanto, o que de fato estava causando o problema era que o POP OS usa o XORG como padrão no ambiente gráfico.

Ao pesquisar o motivo pelo qual o sistema estava travando quando eu pressionava as teclas de volume, eu descobri aqui mesmo no fórum que eu deveria alterar para WAYLAND, apenas comentando a linha WaylandEnable=false no arquivo sudo nano /etc/gdm3/custom.conf.
Fonte: Wayland no Pop!_OS

Ao fazer isso, eu reiniciei a máquina. Na tela de login, no canto inferior direito apareceu a engrenagem para eu mudar de POP para POP WAYLAND.

Bastou fazer isso e o sistema ficou mais rápido, fluído, sem travamentos ao usar as teclas de volume, e os vídeos estão lisos, mesmo com a aceleração de hardware ativada no Chrome.

Espero que essa informação seja útil para mais pessoas.

PS.: O pessoal do POP OS deve estar atrapalhando muita gente ao manter o Wayland desativado.

4 Curtidas

Wayland realmente soluciona muitos problemas. Uso o Fedora Workstation e trabalho com o Wayland já faz um tempo, logo fico feliz que o mesmo consiga satisfazer suas necessidades :grinning_face_with_smiling_eyes:

2 Curtidas

@Yofiel eu já estava com o pen drive na porta da máquina para instalar justamente o Fedora.
Muita gente fala bem dele.
Apesar de ter resolvido o meu problema com o pop os, ainda estou curioso em relação ao Fedora.

1 Curtida

Infelizmente mudar do Xorg para Wayland criou outro problema.
Ao usar o OBS ou qualquer outro programa para gravar a tela, fica tudo preto.
Só grava o cursor do mouse e o áudio, mas não grava a tela. Para gravar a tela eu preciso trocar para o Xorg, e aí funciona perfeitamente.

Caramba! Não imaginei que sair do Windows e ir para o Linux fosse tão desafiador.

1 Curtida

Aí precisa instalar uma versão do OBS que roda no Wayland, está disponível no AUR pra quem usa Arch/Manjaro ou no Flathub:

Um gravador de tela mais simples que funciona no Wayland é o Green Recorder, bem fácil de usar e achar

1 Curtida

Obrigado @Rodrigo_Chile. Encontrei somente uma versão do OBS no Flathub, e não menciona ser exclusiva para Wayland.
Procurei pelo Green Recorder e ainda não encontrei, mas vou continuar.

Agradeço por tentar ajudar.

Essa versão do OBS já suporta Wayland, pelo que li.
Já o Green Recorder precisa que se habilite um PPA, seguem instruções no link, testa pra ver se funciona:


Infelizmente, não.

Puxa… eu sei de gente que usa o OBS no Fedora com Wayland, então jeito há.
@anon58028541, ajuda?

1 Curtida

@Rodrigo_Chile eu quase instalei o Fedora, mas a galera comenta muito sobre sua instabilidade por se tratar de um ambiente de testes da Red Hat.

1 Curtida

Ele recebe versões mais novas frequentemente, mas a noção de estabilidade é relativa. Para uso doméstico, nem sempre é um problema, para uso corporativo, pode dar maiores dores de cabeça pela menor previsibilidade das atualizações. O Fedora que as pessoas instalam não é o que poderíamos chamar de um “ambiente de testes” ainda (mas é possível partir para ele, se o usuário tiver certeza do que está fazendo ou se divertir resolvendo problemas).

2 Curtidas

Suporta sim. Instale o OBS pelo Flathub e adicione a mesmo fonte de vídeo que está selecionada no screenshot.

Infelizmente, o desempenho ainda não é o esperado. As gravações ficam com lag.

1 Curtida

Essa correlação e afirmação não passa de um mito.

Fedora Workstation é um sistema operacional da Red Hat que surgiu para substituir o falecido Red Hat Linux — não confundir com o Red Hat Enterprise Linux. É um sistema voltado para estações de trabalho.

Inovações tecnológicas, principalmente encabeçadas pela Red Hat, costumam ser adotadas primeiro pelo Fedora na medida que são julgadas como ideais, mas isso não é um problema, já que o sistema é muito bem curado e não é simplesmente um campo minado que pode ou não funcionar. O Fedora Workstation é construído para que você possa confiar o seu trabalho a ele.

Eu utilizo o Fedora Workstation desde sua versão 31, entre indas e voltas de testes de outros sistemas, mas mesmo assim ele nunca me falhou e sempre esteve presente em meu hardware. Só reinstalei ele na versão 33 para poder tirar proveito das novas tecnologias implementadas que, sinceramente, fazem falta em outros sistemas, como o controle inteligente de RAM, o sistema cuidando de seus recursos para que o mesmo não trave e você possa vir a perder e prejudicar o seu trabalho. Ademais, mesmo adotando o Wayland como padrão, ele identifica placas da NVIDIA e faz com que o usuário use o Xorg caso seja esse o caso, assim como possibilita o usuário trocar entre Xorg e Wayland quando bem querer.

2 Curtidas