Velocidade transferência usb no linux

Tem diferença entre o windows e o linux na velocidade de transferência usb em um pen drive fat32 ? Da impressão que faço esses processos bem mais rápido no windows, tipo, passar um filme mkv por pen drive parece uma eternidade no linux.

Tive a sensação contrária. Não testei efetivamente pra comprovar.

Eu creio que não tenha diferença, o único problema que tive foi no Linux com ele travando enquanto to passando algum arquivo mas em questão a velocidade eu não reparei em nada de demais não.
Agora se for pra cria um pen drive bootável no Linux ai sim eu vi uma grande diferença, usando o Rufus é questão de 5 minutos já no Linux foi cerca de 20~40 minutos e isso que a ISO Linux e bem menor eu criei um pen drive do KDE Neon que tinha uns 2gb mais ou menos e o Windows 10 com quase 5gb levo muito menos da metade do tempo:
(Fiz no próprio Windows 10)
Windows 10: 5gb +/-
Rufus.
Tempo demorado: 5 minutos mais ou menos
(Usei o Linux Mint pra cria)
KDE Neon: 2gb +/-
Etcher
Tempo demorado: 20~40 minutos

1 Curtida

Depende.

Se usar o comando dd para copiar e não otimizar o buffer de cópia, demora uma eternidade. É otimização do próprio comando/programa.

O dd padrão, copia de 512 em 512 bytes, velocidades pífias. Se colocar já a opção bs=2M já melhora muito mesmo. Se colocar muito grande, tipo obs=1G, pode piorar de novo. Tem até uma dica para usar dois comandos dd conectados por pipe, assim vc fica com dois processos, um apenas para ler e outro apenas para escrever: dd if=arquivo.img bs=2M | dd of=/dev/hd_externo bs=2M

Para pendrives, com taxa bem baixa, não importa muito essa questão. É mais para discos rígidos, ssd’s e pendrive mais modernos. Também é sensível a diferença quando conectados por USB 2.0.

Já para cópias de arquivos em sistemas montados a cópia já é otimizada. Deve ser por isso que o colega notou diferenças principalmente para copiar imagens de sistema.

2 Curtidas

blz, vou testar aqui

Experimentei o contrário hoje. Rufus lembro que foram alguns minutos. Mas pela primeira vez usei o Etcher e me espantei, foram segundos.

1 Curtida

Em geral reparei muito tempo atrás já (no Windows) que a cópia de arquivos pra pendrive depende muito do tipo de arquivo. Vários pequenos ou um maior… Dá diferença.

Matéria antiga sobre isso: Velocidade de transferência de pendrives varia de acordo com arquivos - 14/02/2007 - Guia de Produtos

2 Curtidas

Nunca tive problemas com ambos sistemas operacionais se tratando disso.
Porém existem algumas “peculiaridades” que as comunidades linux dizem existir sobre isso por ai:

O Windows acaba sendo mais rápido pq o FAT32 (drivers e ferramentas) não são tão bem implementadas no linux, fazendo com que o Windows se saia na frente.

Transferências no Windows (principalmente de muitos arquivos pequenos) são mais lentos devido ao Windows Explorer precisar mostrar estatísticas e depois fazer a cópia coisa que não é feita nas distros linux com tanto “carinho” quanto no Windows.

O “flush de cache” no Windows ser imediato e no Linux não ser, fazendo com que no Linux a transferência seja mais rápida.

De todas essas afirmações só as duas últimas que já experimentei e são verdade, a primeira se for não deve interferir muito.

Deve ter outra explicação pra sua situação! :shrug:

1 Curtida

Na maioria dos casos apenas parece mais rápido, ainda vai precisar esperar o cache page entregar tudo ao dispositivo, talvez em escrita randômica (não convencional para dispositivos externos) de para perceber algumas melhorias ao dar tempo para o scheduler reorganizar operações de IO em blocos maiores.

de qualquer forma ambos os sistemas tem uma demora razoável, já vi gente ignorando o remover dispositivos e ao chegar em outra máquina metade dos arquivos não existirem, logo, ejetem seus dispositivos, principalmente se forem lentos e envolver muitos arquivos

1 Curtida