Uma passada no Windows 8.1 depois de 6 anos – Como será que está?

Uma passada no Windows 8.1 depois de 6 anos – Como será que está?

Demorou um pouco até eu perceber que o meu notebook da Airis comprado em Portugal veio com Windows 8, MS Office 2013 e uma key válida para ambos.

Depois de perceber isso, resolvi instalá-los, por que não?

Peguei a ISO do W8.1 do site da MS, que já vem com o Update 3.

O Windows 8.1 foi lançado em 2014, um pouco depois do 8 lançado no final de 2013. O Windows 8 foi um dos Windows mais odiados da história da MS, perdendo apenas para o Vista e ME. Em sua maior parte isso se deve ao fato de que o Windows 8 retirara o Menu Iniciar, uma das ferramentas mais clássicas e consolidadas do Windows. O Menu Iniciar estaria sendo trocado por um menu em tela cheia alá o design do Windows Phone. Nem botão tinha, era apenas um entalhe no canto da barra de ferramentas.

O Windows 8.1 veio para “corrigir” os problemas encontrados pela comunidade no W8. Corrigir está entre aspas pois o Windows 8.1 não trouxe de volta o Iniciar. Apenas adicionou um botão com o logo do Windows para acessar o menu em tela cheia. Como você deve imaginar, a comunidade não gostou muito do 8.1 também.

A interface Metro pega tudo o que a comunidade mais gostava nas duas versões anteriores do Aero e joga pela janela. Não que o Continuum do W10 seja diferente, mas a mudança era muito radical na época.

O Metro foi lançado junto com o Windows Phone 7, com um visual muito bonito e perfeito para telas de toque. Esta bela interface chegou aos desktops em 2013, juntamente ao W8.

É uma interface muito bela, e todo mundo que usava Windows Phone amava a interface. Porém, funciona quase completamente baseada em gestos de toque, o que tornava a utilização usando um mouse muito pouco prática. Por este motivo, a maioria das pessoas que atualizaram para o W8 na época voltaram para o 7 e nunca mais quiseram saber nem o paradeiro do 8.

Eu nem cheguei a usar o W8 direito na época em que foi lançado. Na verdade, a primeira coisa que fiz quando peguei este notebook foi trocar seu SO para o Ubuntu. Nem usei o 8 pra nada.

Instalei novamente o W8.1 há cerca de um mês como SO principal, para escrever documentos, ouvir música e mexer um pouco no VSCode.

Eu gostei muito da interface. O Update 3 removeu a necessidade de usar todos os gestos com o mouse, e eu amei a Netflix do Metro :stuck_out_tongue:

O Windows 8.1 é o SO que inicializou mais rapidamente na minha máquina, e com melhor desempenho também (excluindo LXDE). Nenhum travamento para tarefas do dia-a-dia, nem nada, usando o MS Edge como navegador.

Nada a reclamar, também, do desempenho da bateria. Bem melhor que algumas distros que já usei. É uma bateria que não dura nem 6 horas, mas por aqui tá durando umas 5h. O Ubuntu sugava toda a minha bateria em cerca de 3h40m.

Claro, não é o melhor Windows já lançado, muito menos o melhor SO, até porque isso é bem relativo. Mas supre minhas necessidades quase como o Arch sempre supriu.

Tópico não aplicável a fanboys que acham legal xingar o Windows.

8 Curtidas

Sempre vi a tela de aplicativos como Menu Iniciar. Estou na lista dos que gostavam, rs. Mas prefiro W10 ainda.

Acho curioso como tudo que o pessoal quer é modificar o sistema mas modificar para o “lugar o comum”. Algo BEM diferente costuma ser criticado. Serve para o Linux, o que tem de gente que torce nariz pra GNOME e quer KDE que poderia ser visto como “mais do mesmo” - independente de funcionalidade - falo APENAS da interface. Fácil observar o que digo no tópico “Apresente seu Desktop”. Há muita variação, mas me parece que a parcela maior caminha para uma referência comum.

Já eu sou o oposto, não tenho hábito de mudar nem o plano de fundo. :sweat_smile:

1 Curtida

Quando usava o Windows 8.1 a primeira coisa que fazia era instalar o Classic Shell para recuperar o Menu Iniciar e o Aero Glass para voltar ao aero :smile:
Ficava perfeito! Sempre achei que virava um Windows 7 mais rápido e estável.

1 Curtida

Requentando o post, eu trabalhei por 2 anos num W8.1. Tirando umas bobeiras na organização do Iniciar, não tenho muito do que reclamar. É um sistema bem mais estável que o Vista ou mesmo o W10 (não costuma dar erro de HD100%, por exemplo). Mas eu tenho um quê por OS outsiders. Quando todo mundo usava o 98, pra mim o que funcionava bem era o WinME. Na época do XP, eu passei muito tempo usando o Win2000, que era um XP sem frufrus. E quando migrei do Mint Mate, não pensei 2 vezes e fui pro Ubuntu Mate - que não está entre as DE’s preferidas, como KDE (não gosto mesmo dela) e Gnome (que eu tô gostando). Então, bato palmas pro @ZSxAghbii pelo post, OS é isso, se funciona bem pra vc, então tá bom
PS: Ando usando Ubuntu 20.04 com Gnome, mas bate sempre saudade do MATE… :slight_smile:

W8.1 ainda é o SO mais estável, menos problemático comparado ao W7 e o W10, empresas estão se recusando a migrarem para W10 toda atualização desse sistema alguma coisa para de funcionar principalmente que mexe com parte fiscal e SAT, W8.1 tem suporte até 2023, quem sabe até la M$ faça algo menos desastroso, olha a ultima atualização de maio onde W Server deixo de reconhecer unidades em raid :hot_face:

1 Curtida

Com certeza guardo o Windows 8.1 e a finada Metro 3.x no fundo do meu coração, foi um dos Windows que mais me marcou. Amo seu menu iniciar (uso em tela cheia quando uso o Windows 10), e gosto da ideia de misturar elementos do Metro 2.x (vulgo Windows Phone) e do Aero 2 (vulgo Windows 7). Para mim, seu visual muito me agrada, e gostei de utilizá-lo tanto em um desktop tradicional (teclado e mouse, o Update 3 melhorou tais interações) quanto em um Ultrabook, com touchscreen (tais facilidades para o mouse podem ser desabilitadas para otimizar a experiência em tela cheia proposta pelo Metro 3.x).

2 Curtidas

Esta parte já acho exagero, principalmente pois o Windows 7 foi muito mais estável em seu lançamento que o Windows 8.x (W7 teve sim vários bugs ao longo de seus vários anos de existência, mas o W8.x e W10 o superaram).
Também o fato de que tais empresas que se recusam a utilizar o W10 também rejeitam o 8.x, se recusam a sair do 7, e por vários motivos, tais quais seu layout e design clássicos, a presença do menu Iniciar herdado do Vista e XP e modos de compatibilidade para ambos.

Eu usei o Windows 8.1 por um tempo e acabei gostando do sistema, tanto que eu fazia um dual boot com o Mint.

Eu acho o design do sistema muito bonito, até mesmo o menu iniciar que era diferente, e isso é questão de costume até eu aprender a usar ele sem qualquer tipo de estranheza.

Windows 8 foi problemático tanto que o coitado nem é lembrado já o 8.1 me deu muito menos dor de cabeça do que Windows 7 (pelo menos para min) e sim acho 8.1 muito mais estável que o Seven sendo esse só chegou ser estável de fato pouco mais de uma ano de lançamento, estou falando isso a nível empresarial, nesse setor onde o bixo pega de verdade, e não empresas não ligam para meu iniciar, layout entre essas coisas so querem saber de ligar e usar offce, ERPs ou demais softwares empresariais…

Em 2013 eu comprei um notebook com o Windows 8, nem o 8.1 era. Tenho dizer que nunca tive com o que reclamar, mas admito que a abordagem de “quadrados” nunca trouxe praticidade para mim. Parei de usar o Windows 8 quando fui forçado a atualizar para o Windows 10 em 2015 e passei 4 anos, acredito eu, usando o Windows 10, tendo problemas atrás de problemas, foi a pior experiência que eu tive com computadores, tanto que foi justamente esses problemas que me fizeram migrar para Linux no Desktop.

1 Curtida

Achei muita sacanagem a Microsoft forçar a atualização para um OS que ainda podia ser considerado experimental na época, foi o maior período de downgrades e migrações, e fez muita gente pegar rancor do Windows 10. Agora, algo parecido: a MS está forçando a instalação do novo MS Edge em computadores equipados com o Windows 10, selecionando-o como navegador padrão sem o consentimento do usuário e abrindo-o numa tela chata de introdução a cada início do computador.

2 Curtidas

Eu não gosto da interface Metro principalmente pelos aplicativos nativos abrirem em tela cheia sempre e não tem como mudar isso sem usar um programa de terceiro, mesmo assim eu uso ele desde 2014 e hj ele está sem ativação pois troquei a placa mãe e perdi a chave q era pra versão Single Language. Tentei usar o Windows 10 por alguns dias mas na minha máquina ele não teve um desempenho agradável e não testei distros Linux pois não iria conseguir rodar 2 jogos por culpa do EAC e mail.ru