Um ícone do painel para exibir a área de trabalho igual o do Windows

Desde que eu comecei a usar o Linux Mint como sistema principal, eu sentia falta de uma ferramenta muito simples, mas que não existe na maioria das distribuições. O ícone de exibir a área de trabalho.

Embora o Mint já tenha essa função, por algum motivo eles mantêm o ícone com uma imagem que ocupa um espaço desnecessário. Pra resolver isso eu fiz o Clean Show Desktop que pode ser encontrado na sessão de download de Applets do Cinnamon ou no site do Cinnamon Spices

Por enquanto, ele só existe para o Cinnamon, independentemente da distribuição, já que as outras interfaces, exceto o KDE, não possuem um repositório oficial para que a comunidade envie ícones do painel.

screenshot

10 Curtidas

Legal…
Muito bom.

No gnome tem também, usando dash to panel…

Mas acho que pode solucionar isso, trocando o ícone do tema, não sei se deve funcionar

3 Curtidas

No KDE e no ElementaryOS é só configurar um dos cantos para essa função. Sem necessidade de ícone ou clicar em nada. Basta arrastar o mouse para o canto escolhido.
No Deepin 15.11 também tinha, mas retiraram no 20.
No Gnome tem uma extensão que fazia isso também (não sei se é compatível com o 40).
Ficou bem legal o seu. Parabéns!

no XFCE tem nas opções de adicionar items do painel.

1 Curtida

Eu sei, eu quis dizer que não existe uma forma dentro do sistema da comunidade poder enviar e baixar seus próprios ícones, assim como Cinnamon faz.

Eu cheguei a usar esses hot corners mas eu sempre acabava batendo sem querer e indo parar na área de trabalho

Interessante, mas nunca usei esse recurso no Linux nem no Windows, geralmente deixo o desktop sem ícones, por isso acho que nunca senti falta.

2 Curtidas

Isso no GNOME nem faria sentido, teria de ser renomeado para “Exibir o plano de fundo” :joy:

3 Curtidas

No KDE existem 1 ou 2 widgets (o ícone é igual), que basta adicionar ao Painel.

É uma das primeiras coisas que removo do Painel.

Também desativo todos os hotcorners, bem como aquele negócio de maximizar uma janela quando você mal encosta ela no topo da tela.

Na verdade, esse tipo de ferramenta para “desktop” é do “desktop environment” (DE), e não do “sistema” ─ pois se você usa uma distro Linux só por comandos (sem DE), não existe “desktop” a ser exibido.

Eu só uso KDE, desde 2007, mas ao testar outros ambientes ─ Cinnamon, MATE, Xfce, LXDE etc. ─ tenho a impressão de que sempre encontrei alguma ferramenta “mostrar área de trabalho”.

Acho que existe, sim ─ mas não para mandar só 1 ícone, pois cada Tema contém um conjunto completo de ícones, e eles devem se harmonizar visualmente. Não faria sentido, um usuário acrescentar um ícone, outro usuário acrescentar outro ícone. O Tema ficaria uma colcha de retalhos.

O que vejo muito ─ principalmente na comunidade Mint ─ são usuários criando “conjuntos de ícones”, ou Temas completos. Às vezes, são alterações de outro que já existe. Outras vezes, parecem quase que “feitos do zero” (não posso garantir).

No KDE, existe o KDE Store (só 1 exemplo). No Xfce, o Eye Candy ─ os exemplos seriam inúmeros.

2 Curtidas

Acho que existe, sim ─ mas não para mandar só 1 ícone, pois cada Tema contém um conjunto completo de ícones, e eles devem se harmonizar visualmente. Não faria sentido, um usuário acrescentar um ícone, outro usuário acrescentar outro ícone. O Tema ficaria uma colcha de retalhos.

Os “ícones” do painel, no Cinnamon é chamado de Applet. Eles são mini aplicativos, e não só um ícone. Então existe ícones para suprir algumas funções que o Cinnamon não desenvolve. Por exemplo, existe um applet meteorológico, applet pra adicionar o efeito de redshift e etc. Pode existir um applet pra qualquer coisa que alguém sinta que deve estar no painel

Também acho. Isso só faz sentido em interfaces com workflow semelhante ao Windows

Fico perdido quando o nome de uma coisa é usado para indicar outra coisa diferente… :laughing:

Isso é uma coisa terrível, no mundo “Linux”. Quando vejo “dock” e “docker”, saio correndo, porque nunca consigo entender do que se trata.

1 Curtida

Dock – estante onde se localizam atalhos para aplicativos ou pastas

Docker – plataforma para criação e execução de contêineres (como uma plataforma de virtualização em sandbox)

3 Curtidas

Parabéns pelo trabalho. Eu cheguei a usar no Mint Cinnamon. É algo simples, mas que alguns usuários sentem falta, especialmente os que estão acostumados com o layout tradicional do Windows.
Agora no KDE eu uso o applet Win7 Show Desktop. Seria bom se tivesse um applet desse para o XFCE também.

1 Curtida