[TUTORIAL] Arch wiki silent boot noob edition

Modo passo a passo do artigo:

Esse tópico é só um help pra um brodi meu q n consegue entender a linguagem da wiki (normal, já passei por isso).

Silenciar o grub

1. Abra com o seu editor de texto o arquivo de configuração do grub:

sudo nano /etc/default/grub

2. Nas linhas GRUB_DEFAULT e GRUB_TIMEOUT deixe o valor como 0:

GRUB_DEFAULT=“0”
GRUB_TIMEOUT=“0”

3. Embaixo delas adicione a seguinte linha:

GRUB_RECORDFAIL_TIMEOUT=$GRUB_HIDDEN_TIMEOUT

4. Na linha GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT adicione:

quiet loglevel=3 rd.systemd.show_status=auto rd.udev.log_priority=3 vt.global_cursor_default=0 vga=current

Ficando:

GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT=(quiet loglevel=3 rd.systemd.show_status=auto rd.udev.log_priority=3 vt.global_cursor_default=0 vga=current)

5. Na linha GRUB_TIMEOUT_STYLE, mude o valor para hidden:

GRUB_TIMEOUT_STYLE=“hidden”

6. Embaixo dela adicione a seguinte linha:

GRUB_HIDDEN_TIMEOUT=3

Se você precisar acessar o grub, é só apertar ESC
(mas vai ter 3 segundos para fazer isso entre a tela de boot e o sistema iniciar, caso quiser mais tempo, aumente o tempo em GRUB_HIDDEN_TIMEOUT)

7. Salve o arquivo e depois rode o seguinte comando:

sudo grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg

Suprimir as mensagens do sysctl

Abra o seguinte arquivo com o editor de texto:

sudo nano /etc/sysctl.d/20-quiet-printk.conf

e adicione a seguinte linha:

kernel.printk = 3 3 3 3

E depois salve o arquivo.

Deixar o SystemD verificar o sistema de arquivos

1. Abra o seguinte arquivo com o editor de texto:

sudo nano /etc/mkinitcpio.conf

2. Na linha HOOKS, apague udev e coloque no lugar systemd:

HOOKS=( base systemd fsck …)

3. Salve o arquivo e rode o seguinte comando:

sudo mkinitcpio -p linux

Suprimir mensagens desnecessárias do systemd

1. Rode o seguinte comando:

sudo systemctl edit --full systemd-fsck-root.service

2. Adicione as seguintes linhas abaixo de ExecStart :

StandardOutput=null
StandardError=journal+console

3. Salve o arquivo e depois rode esse comando:

sudo systemctl edit --full systemd-fsck@.service

4. Repita o passo 2.

5. Salve o arquivo.

Depois disso pode dar reboot e exceto por uma mensagem de loading linux-xxx… o seu boot vai estar livre de mensagens

Pronto galera acabou por aqui flw.

Mentira kkkkk, vou ensinar uma parada q n ta na wiki pra remover essa msg

1. Baixe o grub-customizer

sudo pacman -S grub-customizer

2. Abra o programa, clique na entrada Arch Linux e clique em editar

3. Apague todas as linhas com echo

echo ‘Loading Linux linux …’
echo ‘Loading initial ramdisk …’

4. Dê um ok e clique em salvar.

Meus parabéns, você agora está com um boot livre de poluição visual

Pera, ainda não?

Então, o grub se n foi instalado certin, mostra uma msg de erro de tradução, que pra quem foca em detalhe que nem eu, nota facilmente.

Se ela aparece pra você e você quer removê-la, basta rodar o seguinte comando:

sudo cp /usr/share/locale/en@quot/LC_MESSAGES/grub.mo /boot/grub/locale/en.mo

Agora sim pode dar reboot, vai estar 100% silenciado.

esse bixin aqui deu trabalho pqp, quero um sorvete.

5 Curtidas

Jeff, tu é o mais brabo! Sou o brother dele que estava precisando de ajuda pois a Arch Wiki do Silence Boot é confusa para mim, e eu sou iniciante no Arch aksjdkj… ajudou 100% pois não vi tutoriais em PT-BR na Web sem ser o seu. Tu é god demais, tmj <3

2 Curtidas

Valeu pela dica de apagar os 'echo’s, fiz algumas alterações sugeridas na Wiki final de semana passado e tinha sobrado só essa mensagem. A wiki sugere a instalação do grub-silent do AUR para resolver isso mas não me interessei muito rsrs

Com a sua dica, acabei tendo a ideia de procurar pelos comandos ‘echo’ no /boot/grub/grub.cfg e descobri que eles estão lá, exatamente do jeito que você descreveu no grub-customizer, sendo que ao apagá-los e salvar o arquivo eu pude obter o mesmo resultado (mas um update pode sobrescrever o arquivo e desfazer a alteração).

2 Curtidas

Editar no grub.cfg só vai manter até a próxima att do arquivo, edita nas entradas do grub que fica permanente (isso que eu fiz pelo grub customizer, mas da pra fazer via terminal também)

2 Curtidas