Tty do Arch Linux mantém um histórico muito pequeno do stdout, como aumentar?

Uma coisa que me mata de raiva no arch é a incrível ideia de não ter uma opção de instalar dependências opcionais, e a droga do tty nem pra poder ter um histórico maior, sempre na hora do pacstrap começa um flood enorme na tela e eu não consigo ver quais os pacotes opcionais pra que eu possa instalar.

Existe alguma forma de aumentar esse limite da saída do tty pra que eu possa rolar pra cima e ver os pacotes?

O Pacstrap não é o pacman, exatamente, e também não serve o mesmo propósito.
Geralmente, o pacstrap é para instalar/sincronizar alguns pacotes essenciais, e depois você pode rodar o pacman durante a instalação de novo para sincronizar pacotes adicionais.

Para ver quais pacotes opcionais, você pode $ pacman -Qi [pacote] ou $ pacman -Si [pacote] (quando o pacote ainda não foi instalado no sistema) que vai aparecer um campo com todas as deps opcionais para ele… O que não dá para fazer com o pacstrap, se me lembro bem, era marcar pacotes na instalação como dependências explicitas, não sei se é isso que tu tava querendo mas é uma outra história.

Tem um pacote chamado pacutils que instala um script chamado paclog que é muito bom para ver os log do pacman…
Daí você pode usar um paginador como o more ou o less para ver todo o buffer.

Ou você ainda pode usar um multiplexer como o TMUX ou o GNU Screen que também servem para reter e mexer com bufferes de stdout…

Ou você deve configurar a opção de ‘scrollback buffer’ de boot do kernel linux (o tty é um terminal do linux kernel) corretamente , pode ser pelo grub:

#/etc/default/grub
GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT=“fbcon=scrollback:5000k”

mais de 400 megas de pacotes opcionais que eu instalei!
muito obrigado mesmo, to me sentindo até melhor kkkkkkkkkk

1 Curtida