TigerOS 22 - ONGS, faculdades, universidades - Linux a caminho do desktop?

Introdução

No ano de 2021, o TigerOS teve seu período de maior crescimento, sendo que a série 21 foi um verdadeiro laboratório, que permitiu que a distro saísse de uma mera remasterização ao ponto de ser considerada um sistema que implementa novos recursos e diferenciais.

Uma vez que hoje o TigerOS conta com uma equipe de desenvolvimento e designers com destaque para o trabalho do Elton, Natanael e Ednei, com a série 22, um superprotejo de divulgação, parcerias e implantação será colocado em prática.


Whisker Menu remodelado para ser uma versão melhorada do Menu Iniciar do w10, com a divisão em categorias. Sem contar os desktops virtuais, que ficam “ocultos”, mas com fácil acesso.

Repensando a estratégia

O público-alvo do TigerOS sempre foi desktop de empresas, mas com o passar dos tempos foi percebido um ponto óbvio nunca foi analisado como devia:

> Quanto mais pessoas chegarem numa empresa, informando no currículo que tem um conhecimento razoável em uma distribuição Linux, mais segurança essa empresa terá para iniciar uma migração para fora do Windows.

E isso levo a uma pergunta essencial:

Qual seria a forma mais eficiente de conseguir não só tornar o nome TigerOS popular para o público-alvo, como ter um bom número de usuários prontos para atuar e trabalhar junto a esse público?

A resposta, então surgiu naturalmente: através de ONGs, Faculdades e Universidades.

Desde 2006, quando eu, Daigo, comecei minha jornada nesse mundo, vejo usuários de distribuições Linux abordando pessoas com seus 20 e tantos anos com o tradicional medo de sair de sua zona de conforto mesmo passando raiva e perdendo dinheiro com a formatação e instalação de softwares piratas.

Isso definitivamente não é eficiente, então veio o insight:

Por que não ir atrás de crianças e adolescentes que ainda estão dando os primeiros passos, no uso de um computador?


Novo tema de ícones. Também haverá um amplo leque de cores. Destaque para a barra de endereço do Thunar, que fica no formato ovoide.
E como o @Dio tanto ama, a opção de minimizar os programas agora fica no canto inferior direito.

Por mais que crianças hoje já nasçam com um smartphone na mão, existe um grupo bem grandinho que estão longe de ter um. Ou no máximo, os pais possuem um bem defasado, não podendo deixar com a criança.

Existem diversas ONGs no país, que montam telecentros, e/ou laboratórios que contam com professores das mais variadas áreas, que ensinam desde o uso básico de um computador, até profissões relacionadas a informática. Então, por que não ir a esse pessoal? E foi o que fizemos!

Inclusive agora em fevereiro devemos anunciar os primeiros parceiros.

Os primeiros resultados

Outro grupo que não pode ser esquecido são os alunos de cursos superiores voltados a tecnologia, como é o caso de Ciências da Computação, Sistemas de Informação, e outros.
São jovens que apesar de já acostumados ao Windows, estão numa fase de novos aprendizados tecnológicos e com a explicação correta, são menos resistentes às novidades.

Os frutos vieram…

Inclusive rolou um experimento em Setembro de 2021, em parceria com a UniFaFibe, de Bebedouro/SP que proporcionou a primeira palestra de apresentação do TigerOS ao grande público. Depois disso, muitos alunos fizeram dual boot em suas máquinas pessoais com muito entusiasmo.


Foi criada uma ISO específica para os alunos do curso de Sistema de Informação da UniFafibe,

Graças a essas parcerias percebemos que era necessário modernizar e automatizar a construção e manutenção do TigerOS. Hoje pouco a pouco estamos implantando meios que vão permitir que mesmo pessoas sem conhecimento em programação possam contribuir com código através de um robô que coleta respostas através de um formulário e gera código para que a equipe de desenvolvedores implemente


No calendário, é possível abrir a Google Agenda como se fosse um webApp.

O futuro nos aguarda

Muita coisa ainda está na fase inicial, mas o TigerOS 22 está evoluindo a passos largos para chegar ao desktop de empresas. E com um detalhe fundamental: todos os alunos também aprenderão sobre a filosofia do software livre e sua importância, sem militância irracional.

Conclusão

São ações de marketing “simples”, mas que ajudarão a não só divulgar a distribuição, como trazer segurança e credibilidade frente as empresas, que se toparem adotar a distro, não precisarão ter receio de não conseguir encontrar mão de obra qualificada.

28 curtidas

Parabéns a toda equipe!
Desejo sucesso!

1 curtida

Parabéns a toda a equipe e muito sucesso para vocês!

Agora uma curiosidade minha, qual a origem do nome da distro @Daigo ?

1 curtida

Aguardando ansiosamente pela versão 22. Uma dúvida: em questão ao suporte para acessar os internet banking, já vem por padrão ou é necessário fazer as instalações/gambiarras?

Irei dar uma explorada bacana na máquina virtual para, quem sabe, ir para a máquina de produção e tornar meu sistema preferido.

Além de ser meu felino favorito, é também os nomes de uma série q eu escrevi a uns 20 anos.
Não era fanfic, conteúdo, personagens e tudo mais era exclusivamente meu.

1 curtida

Na versão 22 será o mais automatizado que conseguirmos fazer. Lembrando que são 2 devs, então se “você” (que está lendo) sabe como implementar determinada ferramenta e quiser colaborar, será muito bem-vindo.

Eu mesmo sempre baixei o Warsow e executei o dpkg -i pra executá-lo. Mas sei q algumas pessoas tem dificuldades.

1 curtida

Bacana.

Aguardarei para testar e espero poder contribuir com algo ao projeto. Avante!

1 curtida

Instalei o TigerOS 21 no computador de amigos. Estão adorando.

1 curtida

Tem conta no Telegram?
Sua máquina consegue rodar Gnome Boxes ou outro programa de máquina virtual?

1 curtida

Você pode, tem um programa em beta que permite que pessoas contribuam com o TigerOS:

2 curtidas

Bela lembrança feita pelo @Rodrigo_Chile

4 curtidas

Tenho, porém é difícil eu abrir o aplicativo, rs.

Sim, sim, sem problema algum.

Opa, que bacana! Darei uma conferida.

Por ex, vc sabe criar pacotes .deb?
Entende de edição de vídeo?
Design?

Ou o + simples de tudo: a TigerStore terá uma relação de programas que necessitam de informações que estão no Flathub. Vc pode instalar a atual versão 21.X mesmo, no pendrive ou uma VM instalar uma série de programas e tirar prints.

Ex:
Tudo vc encontra na página do Flathub.

Name= Inkscape
Description= Desenhos vetoriais e editoração.
Source=appimage e flatpak
Comando AppImage= https://inkscape.org/pt-br/gallery/item/29256/Inkscape-3bf5ae0-x86_64.AppImage
Comando flatpak: flatpak install flathub org.inkscape.Inkscape
Version= 1.1.1
Site: https://inkscape.org

Description:
Inkscape é um programa para editoração eletrônica de imagens e documentos vetoriais.

Utiliza o método vetorial, ou seja, gera imagens a partir de um caminho de pontos definindo suas coordenadas, de forma transparente ao usuário. Imagens vetoriais têm maior aplicação em desenho técnico ou artístico e são, geralmente, mais leves e não perdem a qualidade ao sofrer transformações, como redimensionamento ou giro, em oposição aos formatos bitmap, pese embora o facto dos formatos vectoriais ainda não possuem capacidade directa para lidar com captação de fotografias em tempo real, pelo que na maior parte das aplicações tecnológicas de captação de imagem, os formatos bitmap ainda são considerados standard.

O Inkscape trabalha nativamente com o formato SVG (Scalable Vectorial Graphics), um formato aberto de imagens vetoriais, nomeadamente, uma subdefinição (DTD) da linguagem XML definido pela W3C. O aplicativo também exporta para o popular formato da Internet PNG e importa vários formatos vetoriais ou bitmap, como por exemplo: TIFF, GIF, JPG, AI, PDF, PS, entre outros.

Screenshots:



E hoje, 7/2, iniciam-se as aulas na UniFafibe, sendo que já começaram a divulgar o TigerOS.

5 curtidas

@Ana anda fazendo o q atualmente?

Oi, não sei se você marcou a pessoa certa, mas no caso eu sou fisioterapeuta :sweat_smile:

1 curtida

É q eu já vi vc dando tantas respostas por aqui, daí resolvi me inteirar sobre vc.

1 curtida

@Daigo
Queria trocar uma ideia contigo de como contribuir para o projeto. Agora estou retomando o modo programador (ainda enferrujado) e queria dedicar algumas horas por semana para dar andamento no que o projeto precisar.

1 curtida

Vc tem conta no Telegram?

Ah sim, entendi.

E você, faz o quê?