Teste de compressão do Kernel (gzip,lzo,cat) (Mate e Gnome)

Este daqui foi um teste que fiz. Já tem algumas semanas. Não sei se com os kernels novos pode modificar muito o valor do resultado

Teste feito em um HDD ( Linux Mint Mate )( virtualbox)

Compressão utilizada ( e o tamanho da imagem do kernel)

GZIP (58,1 MB)
$ systemd-analyze
Startup finished in 3.315s (kernel) + 14.206s (userspace) = 17.521s
graphical.target reached after 14.194s in userspace

CAT (162,6 MB)
$ systemd-analyze
Startup finished in 2.979s (kernel) + 10.875s (userspace) = 13.854s
graphical.target reached after 10.865s in userspace

lzo (62,8 MB)
Startup finished in 2.970s (kernel) + 10.650s (userspace) = 13.620s
graphical.target rlzo (62,8 MB)eached after 10.639s in userspace

Teste feito em um SSD ( Gnome-Manjaro)

Gzip
Startup finished in 1.865s (kernel) + 5.915s (userspace) = 7.781s
graphical.target reached after 5.915s in userspace

Lzo (11,7 MB)
~ # systemd-analyze
Startup finished in 1.854s (kernel) + 5.583s (userspace) = 7.438s
graphical.target reached after 5.583s in userspace

No linux mint, numa pc celeron utilizando o lzo diminuiu em torno de 4 a 5 segundos. ( não lembro direito)

O LZ4 não funcionou linux mint

2 Curtidas

Muito legal cara!! Agora vai uma dúvida besta, como comprimir o Kernel?

1 Curtida

Acho muito legal esse tipo de teste, mas seria interessante fazer na mesma distro, para ver se o ambiente influencia, ou a intenção foi comparar o Manjaro e Mint MATE?

Não. Consertei.

No PC com SSD só tenho Manjaro. ( Intel® Core™ i7)
No outro com HDD so tenho o Linux Mint Mate ( Celeron) - depois eu adicono o resultado
Acho que teve uma diferença de 4 seguindos

Eu coloquei um título antes dos testes
Teste feito em um HDD ( Linux Mint Mate )(virtualbox)
Teste feito em um SSD ( Gnome-Manjaro)

e no fim
O LZ4 não funcionou linux mint, pois na época testei e não funcionou.

E desativo alguns serviços que não utilizo

1 Curtida

Qual a distro que você esta utilizando?

1 Curtida

Hoje com os tamanhos do HDD e SSD não vejo mais sentido utilizar GZIP. Com LZO tem um pequeno aumento no tamanho do arquivo e você consegue ganhar de 1 a 4 segundos no boot e no carregamento da sessão do usuário.

1 Curtida

Manjaro Linux (Cinnamon)

edite o arquivo
/etc/mkinitcpio.conf

procure por
#COMPRESSION=“lzop” ( acho que é isso)

e descomente

COMPRESSION=“lzop”

depois
sudo mkinitcpio -p linux52

reinicie

recomendo ter dois kernel
só faça com um, se der errado vc tem como acessar pelo outro kernel.

se tudo funcionar faça com o outro
mkinitcpio -p linux419

2 Curtidas

Executando em um Celeron com Linux Mint Mate

65,2 MB lzop
sudo update-initramfs -u
~$ systemd-analyze
Startup finished in 7.497s (kernel) + 37.472s (userspace) = 44.970s
graphical.target reached after 37.447s in userspace

54,5 MB lzop ( com initramfs otimizado)
~$ systemd-analyze
Startup finished in 7.536s (kernel) + 34.802s (userspace) = 42.338s
graphical.target reached after 34.713s in userspace

50,6 MB gzip ( com initramfs otimizado)
Startup finished in 8.076s (kernel) + 35.449s (userspace) = 43.525s
graphical.target reached after 35.424s in userspace

60,6 MB (gzip)
~$ systemd-analyze
Startup finished in 7.905s (kernel) + 34.983s (userspace) = 42.888s
graphical.target reached after 34.957s in userspace

1 Curtida

Quanto menor o nível de compressão do algoritmo mais rápido fica pra iniciar

eita, se deu pra fazer esse milagre com hd, nem imagino como vai ser num sistema como o meu q já pega 5s no boot

Foi em um ssd junto com hdd

Não necessariamente. Se a velocidade de leitura do disco for muito pequena e o processador veloz, então vale a pena: a compressão aumentarár a velocidade de carregamento. Agora se o disco for muito veloz e o processador lento, a compressão vai diminuir a velocidade do carregamento.

A influencia da velocidade de leitura do disco é muito maior que da compressão da imagem.

Exemplo: boot no pendrive lento: Comprima o máximo que puder que o carregamento vai ficar menos lento!

2 Curtidas

Atualmente é extremamente raro encontrar uma combinação processador-disco isso de fato foi um problema na era do USB 1.x mas desde o 2.0 a lógica não tá invertendo mais, mas boa observação

1 Curtida