Swapfile em SSD é ruim?

Alguém ai usa Swapfile em SSD? Ou alguém poderia me dizer se vale a pena e se realmente “corrompe” o SSD, se tem algum problema, porque eu coloquei no HD e quando alguma coisa usa SWAP meu sistema trava mais doque se a memória ficasse cheia.

Não corrompe a swap. O que acontece em SSDs é o fato de haver um limite estabelecido na capacidade de escrita. Isso é medido em TBW( Terabytes escritos).

Não sei qual o tamanho da swap que você colocou e se ela é muito requisitada. Teria que tentar calcular para ver.

Qual o SSD que você está usando?

Reposta curta: Não!
Explicação: Todo S.O usa um sistema de memoria virtual e isso não vai fazer seu SSD dar defeito, pois a tecnologia é feita pra ser usada dessa forma. Então não se preocupe com isso. Simplesmente instale seu SSD no computador, instale o S.O e use.

Eu uso, os SSD tem uma estimativa de vida de 10 anos.
Isso quer dizer que um SSD de 500 reais fica em 4 reais por mês para repor outro.
500 reais / 10 anos / 12 mesês = 4 reais.
Para mim compensa, mais não sei se você é mais pobre que eu.
Compensa mais é colocar mais pente de RAM na maquina.

1 curtida

Pode usar swap ou swapfile tranquilamente em SSD, a estimativa de vida deles e bem longa ainda mais para usuário domestico que não fica apagando e gravando arquivos 24h por dia no SSD.

O ideal seria ter mais ram, com 16 gigas ou mais, vc pode até mesmo se arriscar a não ter uma Swap ou manter uma com valor bem pequeno como uns 500 megas, a questão do SSD vai depender do quanto essa swap será usada, vai com certeza colaborar para reduzir a vida útil, a questão é quanto, na minha empresa onde os computadores nunca são desligados, uma SSD com instalação padrão do linux (swap de 2 gigas), dura aproximadamente 2 anos antes de falharem, como são máquinas entre 4 e 8 gigas, a swap é bastante usada.

Não cara, quanto maior a swap melhor.
Imagina, acompanha.
Se você tem uma swap de 1gb e nesses 1gb tem um total de 10 transistores e cada transistores pode mudar de 1 e 0 ate 2 vezes então nesses 1 gb você pode gravar 2gb ate o SSD morrer.
Agora se você tem uma swap de 2gb e 20 transistores e todo resto é o mesmo cenário do de cima então você tera 4gb de escrita ate o SSD morrer.
É muito simples entender do porque quanto maior a swap mais tempo o SSD dura.
Eu já fiz Swap em pendrive com um total de 32gb eu usei eles inteiro, era 2 de 8gb e 1 de 16gb.

Bom, em resumo, o que todos já sabem é que, com a tecnologia dos SSDs de hj, vc não precisa se preocupar com a vida útil do SSD, mais provável que vc troque todo seu PC/Notebook antes que seu SSD chegue ao limite de gravações mesmo com ou sem swapfile/partição swap no SSD.

2 curtidas

@Caue Você não só pode como deve usar o swap no SSD. O swap começa a ser usado quando a memória RAM está trabalhando perto do limite, passando a atuar como uma extensão desta. Você não vai querer um HD mecânico, insanamente lento, atuando como extensão da sua memória RAM.

Ao jogar o swap no SSD, a máquina ficará muito, mas muito mais responsiva caso você precise usá-lo com frequência. E eu não me preocuparia com durabilidade… Os SSDs de hoje são bem mais duráveis que os antigos. Além disso, custam cada vez menos e basta trocar caso falhem.

P.S.: estou escrevendo isto de um netbook com 2GB de RAM e uma partição swap de 6GB em um SSD Sata, perfeitamente usável para tarefas do dia a dia.

5 curtidas

Um sugestão

Coloque o /var no hdd, e não no ssd. Pois a vida útil é limitada quanto à escrita de dados.

Hdd - /var e /home
Ssd- / e swapfile

2 curtidas

Não, pode usar sem medo. Tanto que qualquer computador que vem de fábrica com SSD tem Swap nele, seja em partição ou arquivo, independentemente do sistema operacional.

Com uma quantidade de memória “Normal”, 4 a 8GB, sem fazer tarefas muito pesadas, é possível que a SWAP nem seja usada também. :slight_smile:

2 curtidas

Apesar disso, ainda estou pra ver um SSD deixar de viver por conta de muito escrita. Já aconteceu com você alguma vez?

Lembro de ter feito uma conta quando comprei um SSD de 120GB de Kingston porque era uma preocupação minha mesmo, anos atrás já, e vi que se eu escrevesse de 40 a 60GB por dia nele, e continuasse assim durante 5 anos ininterruptos, ele chegaria perto do seu limite.

Eu não sei como medir em que ponto da vida útil (você sabe?) ele está, mas ainda está funcionando bem aqui e acho que chegou já perto dos 5 anos hehe :slight_smile:

Abraços!

aqui tem uma explicação

use o smartctl

sudo smartctl -A /dev/sda

2 curtidas

Geralmente o GNOME Disks também conseguem apontar a saúde das unidades, ao menos com HDs, com SSDs nunca vi nenhum com problemas através dele.

2 curtidas

Normalmente falam 10 anos, mas acho que demora mais que isso.

Veja sobre Retired_Block_Count e SSD_Life_Left

1 curtida

Aqui, talvez possamos analisar juntos os dados :slight_smile:

Ao que parece a sessão 231 fala sobre “SSD Life Left”, sendo 100 bom, 1 ruim. O VALUE neste caso está em 94, o que eu assumiria ser bom, mas não se se estou fazendo a leitura correta.

1 curtida

Isso

Veja mais informação aqui

The SSD_Life_Left Attribute of my new SandForce based SSD reports zero

It doesn’t. The RAW value of this attribute is always 0 and has no meaning. Check the normalized VALUE instead. It starts at 100 and indicates the approximate percentage of SDD life left. It typically decreases when Flash blocks are marked as bad, see the RAW value of Retired_Block_Count:

Fonte

https://www.smartmontools.org/wiki/FAQ#Iseesomestrangeoutputfromsmartctl.Whatdoesitmean

2 curtidas

Mito. Windows tbm usa swap (pagefile.sys) e nunca deu pau em meu ssd. Pode usar tranquilo

1 curtida

Boa, pelo visto vai durar bastante ainda então :smiley:

1 curtida

Esse SSD ainda tem uma longa vida pela frente. :slight_smile:

Isso daí demora muito a dar problema com utilização típica. Por isso sempre vale a pena instalar o sistema - com todas as suas pastas -, os programas e usar para cache e swap. O HD eu deixo apenas para arquivos pessoais (e jogos que, naturalmente, não irão caber todos no SSD, rs).

Tenho 5 SSDs Sata aqui já. Mesmo o primeiro que comprei, um PNY CS1111 120GB, usado intensamente, continua com muita vida restante. Vai ser difícil algum dos meus SSDs estragar antes dos computadores em que estão instalados…

2 curtidas