Sugestão sobre particionamento

Estou com uma máquina de um cliente para instalar o Ubuntu 18.04 em um HD de 320GB. Ela vai ser utilizada para tarefas cotidianas e basicamente para os seguintes programas; Libreoffice, kdenlive, Firefox, Chrome, Spotify, Steam, Bluefish, Gimp, Inkscape, Vlc, Skype, Lazarus. Basicamente são esses os softwares que serão instalados, logicamente sempre tem algo a mais no momento ou futuramente, mas a princípio será isso.

O esquema de partição que eu costumo fazer seria:

/swap 4 GB
/boot 1 GB
/ Raíz 50 GB
/var 5 GB
/home restante do disco (260 GB)

Pergunto: Será que devo aumentar a partição / ? Estava pensando em colocar 100 GB mas penso que as vezes pode ficar sobrando espaço e vir a faltar futuramente no /home, pois o cliente me falou que tem muitas fotos, alguns jogos na steam, projetos etc.

Coloca mais 50GB na raiz, para ficar com 100GB.
Acho que um /home de 210GB é o suficiente para guardar fotos, jogos e projetos.
Até porque caso o cliente acabe se aventurando a instalar um snap ou flatpak, e instalar muitos programas neste formato, estes 50GB do / vão estourar rapidinho.
Sugiro também que coloque um sistema de arquivos com suporte a journaling como o Ext4, para proteger a integridade dos arquivos em caso de desligamento inesperado.
BtrFS também é bom, tem uma velocidade de escrita maior mas não suporta journaling

Eu sempre crio essas partições no meu PC:
(No meu PC atual eu tenho muito mais aplicativos instalados que esse que você citou e nem ta perto de encher alguma partição, acredito que 50gb é o suficiente mas como você tem um pouco mais de espaço pode faze igual o @Aghbi falo, deixa o / com 100gb ou 70gb mas sinceramente 50gb é o suficiente)

efi: 500mb
/: 50gb
swap: 2gb
/home: restante

SSD 240GB:


Até hoje só instalei Linux em um PC de um cliente que peguei pra formata, eu instalei o Lubuntu 18.04 só que eu sabia que ele só ia usa o chrome no notebook basicamente pra acessar as contas do banco dele e como o PC era bem ruim eu instalei o ubuntu com lxde e instalei o warsaw e até o momento sem problemas, caso contrário sempre instalo Windows pra evita dor de cabeça depois do cliente pedir algo. Resumindo pense bem se vai valer a pena instala Linux pra esse cliente pra depois não ter dor de cabeça ou ter que formata tudo de novo e ai não vai pode nem cobra dele.

honestamente, não vejo tanta vantagem em separar as partições assim
/boot, /var, swap, /home…
coloca tudo na / e seja feliz C:

Eu simplesmente mando a Distribuição fazer uma instalação limpa e ela que se vire para particionar o disco para mim kkkkkkkkkk

2 Curtidas

eu também hahaha. Acho bacana organizar as partições, mas prefiro só deixar as coisas fluirem

O problema de se faze assim é que tem algumas distros que faz um particionamento todo cagado e é sempre bom separa o / do /home pra se caso for formata e você sempre manter muitos arquivos que você vai precisa faze um backup, se tiver a home separada do / não vai precisa fica perdendo tempo com nada é só formata a partição / e deixa a /home que não vai perde seus arquivos. Eu faço isso no Windows também sempre que formato o PC de algum cliente e é até bom se caso tiver algum problema (até hoje nunca deu em um ano formatando) e ele pedir pra formata de novo eu não vou precisa faze backup (já peguei casos que tive que faze backup de quase 500gb de um notebook só e isso duro praticamente umas 10 horas para passa pro HD externo pois o usb do notebook estava com defeito pra melhora e não quis abri o notebook pra tira o HD, esse tempo que eu perdi fazendo backup eu já tinha formatado e entregue o notebook pro cara a tempo se quem formato antes tivesse separado as partições do sistema com a partição dos arquivos do usuário)

1 Curtida

o /home até que dá pra entender, mas /boot e /var já é demais… até daria pra entender o /boot se estivesse em EFI e mesmo assim não precisaria de 1 giga

1 Curtida

Isso sim eu concordo, eu só mexo com efi, /, /home e swap o resto acho frescura kkkkkk

Vamos lá…

/boot separado é para caso o sistema esteja em dual boot e, se precisar ou quiser trocar de distro, o boot dos outros SO continuam preservados.

/var separado para casos de necessidade em auditar o sistema e precisar ler os logs caso a partição principal do sistema fique inacessível, corrompida etc.

Veja também aqui
https://wiki.archlinux.org/index.php/Partitioning

Segue algumas recomendações. Não há nenhuma regra rígida sobre o tamanho da partição.

Se usa ssd deixe no total 25% do tamanho do ssd livre. Mais informações https://wiki.archlinux.org/index.php/So … rives#TRIM

O tamanho das partições depende da preferência pessoal, mas as seguintes informações podem ser úteis:

/boot/efi - 50 MB UEFI.
Ele requer apenas cerca de 100 MB, mas se tem várias imagens de kernels no /boot pode ser util aumentar o uso, 200 MB ou 500 MB, e /boot/efi no máximo 50 MB se for UEFI.
/ - 15-20 GB
Tradicionalmente contém o diretório /usr, que pode crescer significativamente dependendo de quanto software está instalado. 15-20 GB deve ser suficiente para a maioria dos usuários com discos rígidos modernos. Se você planeja armazenar um arquivo swap aqui, talvez seja necessário um tamanho de partição maior.
/var - 8-12 GB
Conterá, entre outros dados, a árvore ABS e o cache pacman. Manter esses pacotes é útil no caso de uma atualização de pacote causar instabilidade, exigindo um downgrade para um pacote arquivado mais antigo. O cache do pacman, em particular, vai crescer à medida que o sistema é expandido e atualizado, mas pode ser limpo com segurança se o espaço se tornar um problema. 8-12 GB em um sistema de desktop deve ser suficiente para /var, dependendo de quanto software será instalado. Não é recomendado usar em um SSD já que trabalha com muitos arquivos pequenose logs do sistema. Neste caso armazene em um HDD separado.
/home - [varia]
É tipicamente onde residem dados de usuários, downloads e multimídia. Em um sistema de desktop, /home geralmente é o maior sistema de arquivos na unidade. O uso também é recomendado em um HDD,
swap - [varia] Caso queira criar, recomendo usar o swapfile
Historicamente, a regra geral para o tamanho da partição swap era alocar duas vezes a quantidade de RAM física. Como os computadores ganharam capacidades de memória cada vez maiores, esta regra está desatualizada. Por exemplo, em máquinas desktop médias com até 512MB RAM, a regra 2x é geralmente adequada. Se uma quantidade suficiente de RAM (mais de 1024MB) estiver disponível, talvez seja possível ter uma partição de swap menor.

depende…se vc tiver usando um ssd nào é recomendado colocar o var no ssd já que criar muitos arquivos pequenos

Aqui temos o campeão em informações obsoletas. Uma delas é sobre a obrigatoriedade de deixar uma boa parte do disco livre, algo em torno dos 25 a 30% da capacidade total, segundo os tutoriais.
O motivo para esta informação não corresponder a verdade, é que hoje já temos SSD vindo de fábrica com uma reserva, logo podemos reservar um espaço menor.

No entanto se seu SSD for um modelo antigo anterior a 2015, deixar uns 25% de espaço livre continua recomendado.
Novo no Ubuntu? Hora de se atualizar ! | SempreUPdate

Só para constar…

2 Curtidas