Substituir o Endless OS por outro Sistema Operacional Linux

Olá, pessoal! Minha questão é a seguinte: Sou editor de vídeos profissional e depois de anos de esforço, consegui comprar minha própria ilha de edição. No caso, ela é um Notebook Acer Nitro 5 I5, uma máquina potente para as minhas necessidades, mas… ela vem com o sistema operacional Endless OS. Como tenho experiência com vários softwares de edição, lido bem com o Kdenlive e outros programas do tipo, mas sei que é uma questão de tempo até que as limitações do Endless comecem a freiar meu desenvolvimento, inclusive quando um cliente exigir uma edição mais arrojada que dependa de softwares como o DaVinci Resolve, Lightwork ou até mesmo Premiere (todos incompatíveis com esse OS). Fora isso, sou apaixonado por games e sei que o Endless também limita as minhas opções.

Sendo assim, irei substituir esse sistema por outro, mas quero de verdade continuar levantando a bandeira do Linux. Dar R$ 1.000 pro Bill Gates por uma chave de acesso do Windows 10 é minha última opção. Daí, são duas as perguntas:

1 - Ainda no universo Linux, para qual OS vocês acham que eu devo migrar? A questão aqui é compatibilidade. Eu gostaria de uma OS que rode bem programas como DaVinci Resolve e Lightwork, além de proporcionar um aproveitamento melhor das minhas configurações de máquina (minha placa de vídeo é Nvidia, aliás). Claro, entrei no velho dilema do Ubuntu vs Mint e gostaria de saber qual vocês indicam, de preferência quem também edita ou usa esses programas.

2 - De acordo com a primeira resposta, qual seria o passo a passo para trocar de sistema? Tenho pen drives e outro computador com windows aqui, caso seja bom saber.

Já agradeço a todo mundo que me trouxer uma luz ou ao menos se esforçar por isso. Obrigado!

2 Curtidas

Olá @Thomas_Gamboa seja bem-vindo ao Diolinux Plus :wave:t2:

Pelas pesquisas que faço, assistindo vídeos e muito aliás, e estes vídeos são de uma pessoa que sei que é Mestre no assunto o próprio @Dio Ele usa Linux para todos estes procedimentos que você citou e o canal dele podemos ver a qualidade como resultado final.

Não sou desta área mas recomendaria o uso do Pop!_OS ou o Ubuntu, talvez o Mint também (apesar que nas ultimas semanas venho acompanhando pessoas relatando certos bugs no Mint).

Sugiro também que aguardemos mais comentários né com experiências e sugestões afide usuários do mesmo nicho, afim de coletarmos mais dados, já que por ser Profissional então a decisão certa faz toda diferença, ou seja, ela precisa ser minunciosa.

:pray:t2:

2 Curtidas

Entre essas duas, e visto que é um sistema com Nvidia, ia para o Pop!OS
Fora do universo Ubuntu, queria recomendar o Manjaro, acho que é uma ótima distro e estou a usá-la neste preciso momento! Qualquer dúvida, só colocar (também tenho placa nvidia)

6 Curtidas

Olá @Thomas_Gamboa, seja bem vindo!
Um… levantou um ótimo assunto, mas o Endless OS não perde para POP OS! ou Ubuntu e um de seus derivados, eu uso o Xubuntu 20.04. Endless OS é baseado em Debian logo muito semelhante ao Ubuntu. O Gnome pode ser um tanto pesado, mas seu hardware da conta do recado, eu com o Xubuntu ganhei uns 30% de desempenho sobre o Windows 10, minhas configurações:
GPU RX550, CPU i7 950 de primeira geração, 4gb de RAM ddr3 se eu estivesse usando o Gnome com essa mesma configuração teria perdido pelo menos uns 15% de desempenho, não fiz o teste ainda mas é plausível.

As únicas coias que atualmente estão quebradas de rodar no Wine/Proton são softwares antifraude/trapaça/hack como o Vanguard da Riot, Easy Ant Cheat da Epic Games e outros não tão famosos.

Kdenlive é Open Source e é nátivo no Linux;
DaVinci Resolve tem versão nativa para Linux;
Lightwork tem versão nativa para Linux;
Adobe Premiere Pro roda incrivelmente bem no ProtonCustomGE;

Seu laptop não tera problemas de renderização com a GTX 1650 TI usando NVENC;

Hoje mesmo testarei o Premiere na versão de teste para ver como se comporta no Proton.

2 Curtidas

Linux é o kernel, geralmente quando funciona em uma distribuição, funciona em outra… Porém se vc escolher a distribuição baseada em ubuntu pode facilitar pro seu lado. A tendência é que cada vez mais os softwares proprietários que tenham versão linux empacotem-se em flatpak, desse modo ficando completamente independente da sua distro. Aliás eu até recomendo que se instale em flatpak em vez de contaminar os pacotes da sua distribuição com repositórios de terceiros, na minha opinião sendo essa a maior causa de problemas pros usuários iniciantes.

Pra mim a única diferença entre optar por Ubuntu ou Mint é que o Mint desativa os snaps por padrão. Eu pessoalmente não gosto dos snaps.

3 Curtidas

Oi, Xinux26! Obrigado pela dica e perdão pela demora. Acho que estou mais inclinado ao Pop!OS mesmo, pelo que venho lendo. Você sabe como eu faço para instalar ele a partir do Endless OS? Um passo-a-passo seria extremamente útil!

Utherbone, muito obrigado pelo retorno e perdão pela demora. Te agradeço muito todas as informações, mas elas são muito difíceis de traduzir pra mim, que não sou usuário pleno de Linux. Seria possível você me explicar um pouco sobre suas sugestões de maneira mais “boba” para que eu vá aprendendo? Obrigado!

Aliás, sobre o Kdenlive, venho usando ele para os meus projetos, mas o software sofre com vários bugs e eu já li que isso vêm dos problemas com a versão flatpak. Eis aí mais um motivo para eu deixar o Endless OS para trás.

1 Curtida

Obrigado pelo retorno, Deleterium, e me desculpa pela demora. Entendo o que você diz nesse sentido, mas venho passando por vários bugs com os programas que uso no Endless, como o Kdenlive, e já li que isso provém da versão em flatpak. Procede? No caso do Kdenlive, o programa fecha quando eu adiciono títulos de texto, impossibilitando a edição. Tem outros programas que sequer abrem ou que fecham com um pouco de tempo mexendo.

Sobre o Pop!OS, que é uma grande dica do Dio, o que você acha dele?

Pessoal, peço desculpas a todos vocês pela demora. Tive dificuldades provenientes da situação de pandemia e depois fiquei tomado por estudos e trabalho, espero que entendam!

Sobre a questão que trouxe aqui, venho comprovando o que disse um mês atrás: O Endless está de fato limitando meu desenvolvimento no trabalho. Não poder ter o DaVinci Resolve é um prejuízo grande pra mim e o Kdenlive, assim como outros programas de edição, vem sofrendo com vários bugs e muitas vezes fecha sozinho. Já li que isso é um problema proveniente da versão em flatpak, o que não posso comprovar, mas estou certo que quero deixar esse OS para trás.

Vi muitos vídeos do @Dio e me parece que o Pop!OS é o sistema que eu preciso, já que roda bem programas de edição como os que eu citei, faz um bom uso da minha placa Nvidia (estou certo?) e roda jogos sem muitos problemas. O que vocês acham desse sistema? Se for ele, alguém poderia me dar um passo a passo de como instalar a partir do Endless OS? Eu não sou um usuário assíduo de Linux e nunca fiz uma instalação dessa antes. Seria um grande prazer ter esse apoio de vocês. Muito obrigado!

Por tudo que falou recomendo qualquer distro derivada do Ubuntu.

Quanto a interface, se não ligar para customização vai de GNOME (Ubuntu, pop!_OS, etc), se gostar de customizar e deixar a interface do jeito que quiser (deixar parecido com Windows/MacOS), vai de KDE Plasma (Kubuntu).

1 Curtida

Quanto ao Kdenlive, eu o uso em Flatpak e não experimento esses problemas. Mas é fundamental mantê-lo atualizado via terminal com o comando flatpak update.

Já para instalar, há vários tutoriais no You Tube, certifique-se sobre seu computador ser UEFI ou usar legacy (veja na BIOS/Firmware), isso vai te ajudar na hora de procurar um tutorial para a distro que você escolha. No mais, é ter um pendrive de tamanho adequado, descobrir como dar boot por ele, baixar a ISO da distro de sua escolha, gerar o pendrive com o Balena Etcher e instalar o novo sistema em cima do anterior

1 Curtida

Boa noite, Danilo! Muito obrigado pelo retorno. Eu realmente não ligo para customização. Só preciso urgentemente que meu trabalho de edição de vídeos não seja prejudicado por bugs ou a impossibilidade de instalar um software necessário. Você sabe me dizer se o Pop!OS tem prós ou contras para a edição de vídeos? E saberia me dizer como eu faço para instalar esse OS a partir do Endless? Eu não tenho conhecimento sobre esse passo-a-passo da instalação. Te agradeço muito e abraços!

1 Curtida

Aqui tem um tutorial, imagino que ajude

1 Curtida

Oi, Rodrigo! No meu caso do Kdenlive, o programa fecha sempre que eu tento adicionar títulos e, ao inserir legendas, ele não reconhece acentos escritos nativamente. Eu preciso copiar de outro lugar e colar na caixa de texto. É bem chatinho. A atualização dele ocorre automaticamente e inclusive aconteceu esses dias. Mas o maior problema não é nem esse e sim o fato de não poder ter outros softwares como o DaVinci, porque o Endless não rola e fica limitado apenas ao que ele disponibiliza na própria App Store.

Eu sei por alto tudo isso o que você falou sobre a instalação, mas não consigo achar especificamente algum tutorial sobre como instalar o Pop!OS no lugar do Endless. Tenho muito medo de fazer besteira, porque não posso ficar 24h sequer sem esse computador funcionando, devido ao trabalho.

1 Curtida

Não é exatamente díficil, posso te ajudar no processo, me manda uma mensagem em privado que te dou os passos! :wink:

Boa noite, creio ser bom sim Thomas, o @Dio produz todo o conteúdo no canal com o pop!_OS.

Ok mano, sem problemas, não importa qual distro escolha Linux é a resposta.
Eu gosto muito do Xubuntu recomendo ele!

@Thomas_Gamboa

Sobre a instalação: (Não é do PoP OS mas a instalação segue a mesma filosofia em quase todas as distros)

Agora sobre como iniciar a partir do pendrive procure um video especifico para seu equipamento, Laptop ou placa mãe, certamente encontrará.

Saudações,
Gabriel (Utherbone)

A base do Endless, Pop!_OS, Ubuntu, Mint e etc é a mesma: o Debian. GNOME, XFCE, Plasma, MATE e etc são diferentes interfaces gráficas que rodam no Linux, cada uma com suas peculiaridades. O Endless usa um GNOME modificado, que é conhecido por pesar bastante na CPU e na RAM. A sugestão do @Utherbone foi optar pelo XFCE, que é mais leve. Porém, acredito que você não precisa. Se optou mesmo pelo Pop!_OS, que tem um GNOME sem muitas modificações, vai rodar tudo bem.

Existe um “software” chamado Wine, que pode compatibilizar programas de Windows para rodar no Linux, basicamente. Ele não é perfeito, não consegue usar jogos com Anticheats como os do VALORANT, do Fortnite e etc. Porém, o Premiere Pro (programa que você citou) roda muito bem nele. Os demais (KDEnlive, DaVinci Resolve e Lightworks) têm versões nativas para Linux.

Dado isto, sugiro que use o Pop!_OS mesmo, pela compatibilidade com programas e desempenho (sem dor de cabeça para drivers).
Instalar ele é surpreendentemente mais fácil que Ubuntu. Basta preparar um pen-drive bootável (imagino que saiba?), dar boot nele (entre na BIOS apertando F2 enquanto o PC inicia, procure por algo que sugira “boot” ou “inicialização” e coloque o pendrive para cima na lista) e seguir os passos demonstrados na tela. É realmente simples.

1 Curtida

@Aghbi Gabriel muito bem colocado “Existe um “software” chamado Wine, que pode compatibilizar programas de Windows para rodar no Linux, basicamente. Ele não é perfeito, não consegue usar jogos com Anticheats”

1 Curtida