Steam 2020: Cyberpunk 2077 e Death Stranding foram pensados para Linux desde o início?

Confira o post completo no blog: https://diolinux.com.br/noticias/steam-2020-jogos-aaa-para-linux.html

Você sabia que a desenvolvedora de Cyberpunk 2077 e várias outras procuraram a Valve a fim de compatibilizar os seus Jogos com Linux através do Steam Play/Proton?

6 curtidas

Seria ideal ter os jogos nativos, mas certamente o proton/steam play é uma ótima forma de trazê-los para as distros linux. Que mais desenvolvedoras busquem compatibilizar seus jogos para o proton :slight_smile: :v:

3 curtidas

Outro bom investimento seria no cloud gaming.

Desde a virada do ano estou jogando muitos jogos da minha conta Steam que eu havia começado e abandonado pela metade.

Alguns jogos nativos antigos que antes funcionavam sem problemas no Linux, hoje alguns não funcionam, e quando funcionam, podem possuir problemas que atrapalham na experiência, ou até mesmo tornando o jogo não jogável.

Steam Play 2.0 (Proton) foi a ferramenta que me possibilitou reviver e finalizar estes jogos nativos antigos.

Um exemplo é “Psychonauts”, ele oferece suporte nativo ao Linux, mas tive problemas com meu monitor Ultrawide, mouse acelerado demais, não permite alternar janelas com Alt+Tab, algumas texturas ausentes, e jogá-lo com Proton, além de resolver tudo isto, já me permitiu 15 horas de gameplay.

Steam Play 2.0 (Proton) se tornou uma solução para jogar no Linux, tanto jogos exclusivos Windows quanto jogos nativos Linux.

2 curtidas

Os únicos jogos que não consegui rodar no Linux via Proton foram jogos antigos que dependiam do antigo Game For Windows mas problemas também ocorre no Windows 10 em alguns games. Jogos nativos como Tomb Raider e F1 2017 por exemplo rodam melhor no Proton do que nativamente.
Proton é um projeto incrível tanto que comecei a doar mensalmente para o time da Wine.