Quero me ingressar nesse mundo Linux mas os jogos me prendem no Windows 10

Cada vez que vejo os videos do Dio mais encantado fico para migrar para o Linux, já tentei uma vez nesse ano e eeeeeeh, voltei a pro windows 10 uns 2 dias, mas pelo fato que eu não entendi como que roda os games e tals. Eu queria pedir um help a vocês de programas (não sei direito se é assim que são falados no linux) sites, fóruns falando mais sobre ou até videos, eu tenho um certo problema de ansiedade e chega a ser engraçado como que até o fato do sistema operacional Windows me deixa ansioso, deve ser pelo fato de meio que toda vez que você mexe em um windows literalmente se ta meio que acostumado com o ambiente de sempre fazer as mesmas coisas, anos e anos seguidos uma hora da vontade de sair dessa caixinha, mas como forma de me adequá as distros e tudo mais eu troquei por exemplo o pacote office por usar o doc do google ou GNU para as imagens.

Mas esse negocio dos games é algo que me deixa eu preso nessa sistema operacional, gosto muito de jogar lançamentos como por exemplo um que estou louco é o Cyberpunk ou jogos competitivos mas que usam aquele anti cheat que não roda no linux e usar programas de terceiros ele identifica como se fosse um cheat. Queria poder usar tudo numa OS só mas se for preciso posso tenta fazer um dual boot, aaaah e também preciso de sugestões de distros, desde já obrigado por ter lido^^

PC SPECS

Motherboard: GA-B250M-Gaming 3
Video card: Galax GTX 1080 Exoc-Sniper White OC 8GB
Processor: Intel I7 7700 3.60 GHz
RAM memory: Crucial Ballistix Sport DDR4 2400Mhz (2x8GB)
HD: 1 TB
SSD: Kingston 240GB
Cooler Fan: Hoopson GT120C Led RGB (x3)
Power supply: Corsair CX750M
Case: INFINITY MXT-C903

Você pode dar uma olhada no protonDB

1 Curtida

Cara, o Linux tá melhorando muito o suporte a jogos, principalmente com o Proton da Steam. Mas eu acredito que vai ser meio complicado para você migrar totalmente para o Linux se você fizer questão de jogar lançamentos, porque ao menos no curto prazo, os devs precisam fazer algumas adaptações para os jogos nativos de Windows rodarem no Linux, então sempre vai precisar de um pouco de tempo, além de não ter sequer garantias que o jogo vai funcionar corretamente.

Eu estou jogando muito pouco ultimamente, e apenas CSGO que tem suporte nativo, então não tenho problemas. Mesmo assim eu mantenho o Windows num HD que eu tinha sobrando, apenas com o básico instalado, para caso eu precise ou queira rodar algum jogo ou programa exclusivo que não tenha bom suporte para o Linux. Acho que seria o mais indicado para você também.

1 Curtida

Não tem jeito, o pessoal hoje em dia sempre fala “ahhh mas o linux roda muitos jogos hoje em dia, muito mais que o MacOS”

Blz, realmente rodam muitos jogos mesmo. Mas enquanto não rodar TODOS, sempre vai ser inferior ao windows (em questão de jogos). O linux tem rodado a maioria dos jogos mais populares, mas perde feio quando a coisa é mais voltada pra algum nicho, por exemplo eu jogo o Elite Dangerous, jogo de MMORPG de nave espacial, talvez em 2500 saia nativamente pro linux.

E as gambiarras pra rodar um jogo (wine, lutris, etc) quando funcionam, ficam cheio de bugs e queda de desempenho.

Enfim, linux ainda não pode ser uma alternativa pra quem joga. Só se vc joga 1 ou 2 jogos sempre e por acaso esses jogos funcionam nativamente pro linux. Eu tenho meu notebook com Ubuntu pra trabalho/estudo que uso 90% do tempo, mas meu desktop com placa de video dedicada pra jogos continua sendo windows mesmo.

3 Curtidas

Infelizmente os jogos ainda vão prender muitos usuários ao Windows. Vocês acham mesmo que os desenvolvedores vão investir para portar seus jogos pro Linux? Poucos vão, pode acreditar nisso. Infelizmente portar os games custa dinheiro, será que elas estão querendo esse “custo” a mais?

1 Curtida

Então vou fazer um dual boot

1 Curtida

Cara, tenta. Faz o dual boot, mas tenta primeiro rodar no Linux, fuça um pouco pra ver como funciona o Wine, o Lutris, Play on Linux, Proton via Steam entre outros. Tenta as vezes uma VM, e vê onde que funciona melhor, e onde é cômodo. Porque impedimentos no linux em jogos ainda vai acontecer por um bom tempo, mas se você descobre um ou outro macete desses softwares você deixa de ser escravo do dual boot e passa a ter controle de fato sobre seu computador em último caso, se desiste de jogar no Linux ou desiste do jogo que não dá suporte decente.

1 Curtida

acho a distro inicial muito importante, experiencia inicial com o Linux é importante por que a pessoa pode basear tudo ali, mas não vou entrar em discussão, só pra ficar em mente que se a primeira não agradar por usabilidade ou desempenho, pode trocar e tentar outra e são varias, tenho que parar de baixar ISO.

Melhor solução, faça dual boot e seja feliz, não precisa escolher um sistema e abandonar outro.

Eu mesmo, apesar do meu sistema principal ser Ubuntu 19.04 ainda tenho o Windows 10 em dual boot, quando quero jogar games de Windows prefiro dar boot e jogar nativamente do que usar o Wine no Linux. :+1:

2 Curtidas

Olha acredito que com a chegada de serviços como o Stadia da Google isso tende a mudar, visto que a maioria dos servidores rodam Linux faz mais sentido agora as desenvolvedoras darem mais atenção para nós!

2 Curtidas

Quais distros mais ti agradam e pq, quando eu tentei utilizei o mint e seilaaaa é interessantizinho

Amigo, eu gostaria de acreditar nisso…pois com a chegada dos jogos para celular algumas pessoas também falaram isso, que o Android é baseado no Linux (ou coisa parecida, não leve tão ao pé da letra) e a situação não mudou muito.

Talvez cheguemos ao ponto de rodar uma aplicação ou browser mesmo e abrir o jogo, onde “ele será executado no servidor e enviado pra nós”…mas para o nível da internet aqui pela região Norte não me anima muito não. Para servidores na Europa, meu ping fica na faixa dos 250 - 270ms, para os EUA na faixa dos 150 - 180ms. Para se ter uma ideia para o google.com.br fica na faixa dos 55 - 60ms, falta muito para virar uma realidade aqui pra nós.

Eu torço e muito para mais e mais jogos chegarem ao Linux, isso só vai ajudar o mundo Linux e também ajudar a mais e mais pessoas a se livrarem do Windows e suas aberrações.

Não vou aprofundar no assunto, por falta de conhecimento técnico mesmo…mas muitos games atuais são produzidos com a Unreal Engine, que qualquer um pode ir lá, baixar e desenvolver um jogo, e nessa engine existe a possibilidade de “compilar” o jogo para Windows, iOS, Android e LINUX -> Cross-Compiling for Linux | Unreal Engine Documentation

Mas ai vem uma pergunta bem simples: Porque os desenvolvedores não utilizam tal recurso? Teria o dedo da M$ por trás disso? Os devs que não tem interesse? Aumentaria muito o custo do projeto?

Talvez o nosso amigo @Dio poderia tentar um contato com alguns desenvolvedores para ver o que eles falam de concreto sobre essa situação.

Desculpem o textão…

3 Curtidas

o mint no inicio foi o que consegui usar por um bom tempo, depois fui pro ubuntu onde tive que me adaptar ao gnome, mas com umas dicas de extensões, otimização que peguei num video do dio e paciência consegui ser feliz com ele, agora to no manjaro KDE mas no começo só mint me agrado. drive AMD basta colocar uma PPA atualizar a SO. até a instalação do windows é mais fácil que no ubuntu por falta de dependências, pelo menos pra versão 19.04.

1 Curtida

Vou dividir isso em 2

1- Evolução tecnológica, existe uma coisa chamada evolução e a evolução sempre vem com o ceticismo em limites tecnológico, tecnologia é composto por centenas de variáveis que evoluem de maneiras independentes, só no mundo linux eu pode ver algumas evoluções que quem esta por fora ignora, que são drivers e tecnologia que diminui o delay local da própria maquina pela metade o que já compensa um ping de 40ms, existe evoluções de infra, IPV6 que vai dominar já ajuda nisso ai, servidores locais, uma partida local de lol eu consigo menos de 40 de ping, virtualmente já seria o suficiente para nuvem com as novas tecnologias que a AMD esta desenvolvendo, Steam também esta trabalhando nisso.

2- Steadia é um Linux usando Vulkan numa maquina x86 da AMD, independente de Stadia der certo ou não, os jogos sendo portados para a plataforma, nada vai impedir que também sejam portados para o Linux convencional de desktop com baixo custo já levando isso em conta, a desculpa pra não portar vai ser implicância mesmo, já esta ali proto, bastaria jogar numa Steam da vida ou talvez compilar em alguma coisa, todos os consoles da nova geração vão ser AMD com suporte a Vulkan, quem é a desenvolvedora que vai querer gastar pra adaptar o jogo para cada API gráfica para cada console?
Jogos Windows em Vulkan com wine já rodam como jogo nativo no Linux.

Warframe para o Vulkan, algo que não esta certo mas estão interessados na ideia, sera mesmo que eles não iriam querer padronizar a API para facilitar o porte? depois do PC eles tem que fazer releaser da atualização para cada console.

achei só um video mais recente na Twtich que não sei por quanto tempo vai estar disponível, nele ele só falar que tem um código de teste pro vulkan mas levando em conta o cross platform, acho que vai acabar sendo o rumo viável.
o nome do Canal é DE_Steve e ele fala a partir de 1h 22min, o outro mais antigo onde ele demonstro mais interesse na API não esta mais lá.

1 Curtida