Qual Distro utilizar para Desenvolvimento?

O Android Studio tem fama de ser bem pesado mesmo, eu lembro que quando testei no Windows achei a performance horrível, vou testar no Mint para ver como ta a performance hoje em dia.

3 curtidas

Eu sempre tive a impressão de que os sistemas baseados em Debian são mais pesados (isso excluindo o fator da interface gráfica).

Atualmente com toda essa heterogeneidade de SO’s e IDE’s é cada vez mais aconselhável a pensar uma forma de menor depender de alguma solução ou outra. Por exemplo, você pensar em fazer um projeto Java e começa aquela discussão típica Eclipse, Netbeans ou IntelliJ (…) quando na realidade a coisa toda pode se resumir a um Maven ou Gradle, uma solução que não te amarre a uma tecnologia.
Do mesmo jeito é um SO, a escolha vai muito de gosto pessoal. Por exemplo, você de repente é mais produtivo em uma distro X, enquanto o colega de trabalho prefere a distro Y e é maravilhosamente normal porque o projeto não está amarrado a nenhuma tecnologia em particular e a coisa toda é levada sem grandes problemas.
O conselho que eu posso dar é experimentar, assim que tu entender essa fundamentação Linux, que na minha opinião é eterna haha, tu vais pegar qualquer distro e lidar com as suas características particulares.
A propósito, uso o Pop!_OS 18.04 e me atendeu muito, até agora foi a melhor distro que já utilizei.

7 curtidas

Eu tambem to apredendo a programar, comecei com python e uso Debian e você sente a defasagem dos pacotes, mas por outro lado a estabilidade, fluidez e tals acaba compensando.
Tentei usar o manjaro 2x, com XFCE e KDE e não rolou, nas duas vezes deu ruim no sistema, acabei ‘desistindo’ por hora do manjaro

2 curtidas

Se essa defasagem dos pacotes do Debian tiver te encomodando muito, vc pode ativar os “backports”

:frowning: as vezes tem dessas

De fato já senti alguns problemas nesse caso, use o kvm para emular e ver se melhora

Com certeza é um pouco melhor que no windows, principalmente na emulação de dispositivos. mas ainda tem o peso de ser android studio

1 curtida

Exatamente @vittorduartte, esse é o objetivo do post, discutirmos os motivos de usarmos distros específicas e conhecer os motivos dos outros, assim podemos abrir a mente para novas possibilidades ou fortificar ainda mais a distro que gostamos.

Cara eu sou LOUCO pra usar o Pop!_OS, sempre me pergunto qual a real diferença entre rodar ele em um pc convencional ou rodar em um pc da system76, mas isso fica para discussões futuras. Com certeza um dia usarei o Pop!_OS, adorei a forma que eles apresentam o Gnome

2 curtidas

Um bom exemplo disso são os laboratórios de pesquisa do Dep. de Informática da Universidade em que estudei, onde eu já trabalhei em diversos projetos. Lá existe uma regra não escrita de que todos devem usar Linux, independente de qual seja. É bem divertido ir conversar com os colegas nas mesas deles porque cada um tem uma configuração bem diferente. Claro que dependendo do projeto é necessário ter uma versão específica de algum software, para que não haja problemas de compatibilidade, mas fica a cargo de cada um resolver como instalar as dependências.

Eu já vi desde Fedora e Debian puros até Arch com KDE+i3wm, ou alguma distro qualquer só com Openbox ou i3wm, outros com Ubuntu 16.04 LTS pra continuar usando o Unity. É uma doidera e nunca vi alguém reclamando que o SO tinha quebrado.

Sempre gostei disso no mundo Linux, pois o usuário com o tempo vai adquirindo experiência e moldando o sistema para facilitar e agilizar a vida. Inclusive de tempos em tempos eu me pego estudando outras configurações, distros, interfaces para melhorar alguma coisa ou simplesmente mudar um pouco.

4 curtidas

Olha, @leoonardfreitas. Tenho um DELL, e pra quem tem DELL sabe bem o meu drama, veio com Windows no entanto todas as distros linux que eu já utilizei nele deram problema em alguma coisa ou outra, seja um bug em algum dos drivers ou um erro de sistema que não sai, apesar da reinstalação.
Eu já tenho alguns meses usando Pop_OS, trabalho, estudo, fiz o meu TCC todinho usando ele, e até agora ele não me deu nenhum erro, nenhum problema, nenhum bug e com um ótimo desempenho até mesmo pra uma máquina bem medíocre como a minha.
Uso um DELL Inspiron 3421 i3.

2 curtidas

dependo do seu hardware pode continuar lento ou mais rápido usar uma distro Linux ajuda bastante por consumir menos recursos do que o windows mas acho que hoje em dia o android studio deve está um pouco menos pesado do que antigamente eu sinceramente não sei porque nunca mais usei ele

2 curtidas

Bom, o Mint tá servindo pra tudo que precisei até agora!

1 curtida

Rapaz, eu uso o Ubuntu 19.04 e Manjaro para desenvolvimento Web. E uso somente o Ubuntu 19.04 para programar em Java (desktop).

1 curtida

Eu sempre utilizei o Ubuntu para programar principalmente para web, não achei dificuldade nenhuma em instalações de IDE, acho muito melhor do que o windows pelo menos pra mim, já que tive uma certa dificuldade pra programar Android utilizando uma placa de video Radeon 6520 G, a onde não conseguia virtualizar uma vm do android studio.
Com linux foi ao contrário consegui realizar projeto do meu curso técnico, agora para web eu uso tanto vscode quanto sublime, vscode possui um set de extensões que facilitam a minha vida, não uso o sublime por ser pago mesmo que dê pra vc usar-lo ‘gratuitamente’, bem acho que cada distribuição linux tem a sua forma própria forma de trabalhar, geralmente vai ser a mesma coisa, no fedora pra instalar um servidor web se caso vc for programar para web que é o htpd em vez do apache sei lá, distro é de gosto de cada um, só questão de se acostumar usar-lo e dá uma pesquisada nas coisas

3 curtidas

Atualmente desenvolvo Java no backend e VueJS no frontend. Tenho utilizado Ubuntu 18.04 na máquina do trabalho e 19.10 na máquina pessoal.

Ubuntu foi a primeira distro que usei, depois fui para o Mint e voltei pro ubuntu. Não tive problemas com nenhum dos dois para desenvolver. Me acostumei com o ecossistema do Ubuntu, sempre é super fácil encontrar solução de problemas por ter uma comunidade gigantesca. Nem sequer imagino como seja lidar com isso com distros muito distantes do Debian e, na verdade, não tenho muito tempo para testar coisas novas.

Porém tenho curiosidade em testar algumas distros: Pop!_OS, Deepin e Fedora. E estou pensando seriamente em instalar o Mint na máquina pessoal.

1 curtida

Depois de tantos anos desenvolvendo em linux e testando praticamente tudo o que aparece, hoje em dia, escolho a distro por critérios simples como sempre ser LTS, possuir fontes de alto contrate como o Ubuntu e o linux mint, facilidade na instalação de pacotes, temas mais escuros bem integrados a toda a interface e com suporte a Hi-DPI.

2 curtidas

@leoonardfreitas, eu concordo com o @brunonzanette.
Eu não trabalho como desenvolvedor, mas gosto de fazer em casa minhas próprias soluções e tenho usado o GNU/Linux há 6 anos. Comecei com o Ubuntu e hoje uso o Linux Mint com Xfce.

Atualmente tenho me dedicado ao estudo de Data Science e estou fazendo um website. Para estudo uso o Manjaro em uma máquina virtual, e para o website uso o Mint mesmo porque estou bem confortável com o gerenciador aptitude, e o Mint com Xfce tem um baixo consumo de memória que me permite manter duas máquinas virtuais funcionando, sendo uma delas o Windows 10.

Enfim, penso que o melhor sistema é aquele que você se sente confortável para instalar e configurar as ferramentas que você utiliza sem afetar a tua produtividade.

2 curtidas

Cara, no meu caso tanto faz a distro que uso pois trabalho muito com Java e sistemas. E por ser Java, seja qual for a distro existe meu bom JDK e meu bom JRE para o que der e vier haha Atualmente uso o Zorin OS e o Mint, não em dualboot mas em máquinas diferentes (uma que fica em casa e outra que levo pra qualquer lugar). No mais nunca tive muitas dificuldades pois a família Debian é bem estável e acessível nesse sentido.

2 curtidas

Comigo também, no Ubuntu. Mas depois que dei um upgrade na memória o pc melhorou muito

2 curtidas