Qual a vantagem de usar uma "distro mãe" como o Debian?

Gostaria de testar o Debian porém não sei se tem alguma vantagem de especial para fazer eu trocar de distro.

1 Curtida

Fala @RamonVSBR, tudo beleza?

Eu realmente não sei dizer se a palavra “vantagem” é a mais adequada para ser usada nesse contexto. Afinal, sobre muitos aspectos, o Debian não é “melhor” que o Ubuntu, Pop!OS ou Elementary… afinal todas essas distros em maior ou menor nível trocam tecnologias entre si.

A “vantagem” em usar o Debian é basicamente a mesma de testar o ArchLinux no lugar do Manjaro ou o RedHat no lugar do CentOS. O Debian é uma base já muito tradicional de onde muitas distribuições nasceram e com o tempo ganharam suas próprias características.

Usando Debian você vai poder aprender suas características individuais e ter contato com uma DE praticamente sem customizações, em termos de detecção de hardware, pacotes (com versões normalmente mais antigas), etc… não vai diferir muito do Ubuntu LTS.

:vulcan_salute:t4:

7 Curtidas

Hmmm, muito obrigado, parece realmente interessante! Agora tô em dúvida, meu PC é fraco e eu gostaria de testar o Gnome porém acho que vai pesar, daí fico… Debian com Gnome (que pelo você disse é mais “cru” deduzo eu que mais leve), Ubuntu minimal (que eu já tentei instalar e sempre trava em uma parte) ou instalo o Ubuntu normal com instalação mínima e depois vou tentado tirar os serviços e programas irrelevantes.

Vou deixar o tópico em aberto por enquanto para que eu possa ver outros comentários

1 Curtida

Distribuições Linux não são como se fossem produtos que competem um com o outro ou que tem vantagens sobre a outra. Na verdade, elas podem até mesmo acrescentar recursos ou ideias novas umas nas outras.

Cada distribuição tem propostas diferentes, destinado a usuários e empresas que buscam nelas algo que se encaixe com seu perfil de uso, suas necessidades e suas filosofias. Cada distro é única, não existe desvantagem ou vantagem, são simplesmente nichos diferentes.

8 Curtidas