Quais são as suas previsões para o mundo da tecnologia para um futuro próximo?

Vejo ainda que num futuro próximo - inclusive com a tecnologia que já temos hoje, já dá pra fazer - nós não vamos precisar de hardwares como temos hoje.
Acredito eu que teremos os braceletes All-In-One em que eles é que vão rodar o sistema operacional bruto (ter o poder de processamento) e os Docks - que serão os dispositivos com telas grandes (algo como a NexDock tá fazendo hoje com o Raspberry Pi ) é que vão renderizar a imagem do sistema que está rodando no bracelete na rede local por Wifi, atravéz de RDP ou VNC.
Com bracelete e o Dock Desktop Station conectados á rede local pelo WiFi(ou até Wifi-Direct), o bracelete vai escanear a rede, identificar e exibir o nome da máquina conectada e solicitar ao Dock a conexão. O usuário no Dock entra com a conta de Usuário secundário (S.O com multiusuário - usuário exclusivo para RDP) confirma e coloca a senha, e com isso o usuário usa uma conexão remota criptografada com o bracelete e trabalha normalmente em seu PC portátil e o leva pra qualquer lugar.


E como eu disse, o necessário pra isso já existe hoje.

Eu era meio cético mas acho que o futuro é o ARM, porque é uma arquitetura que ninguém controla. Varias empresas podem fazer o processador. Acho ARM vai vingar em notebooks e netbooks. Em PC sempre será os x86_64 por causa dos usos que exigem isso, tipo jogos e programas profissionais.

1 Curtida

Eu acho que em algum momento a Microsoft vai lançar uma versão do Windows 10 rodando o Kernel Linux. A parceria com a Canonical, WSL e os aplicativos como o Skype e o Edge sendo lançados pra Linux só confirmam que a Microsoft tem esse interesse.

1 Curtida

Previsões? Vou fazer minha jogada.
Eu invoco o @ricardoavbugim em modo de ataque. :smiley:

:vulcan_salute:t2:

2 Curtidas

É mais fácil lançar um sistema do zero do que rescrever trocando a base.

Pois é, poderia seria uma versão alternativa do Windows igual o Windows X

Bem. Pelo o menos eles já estão portando os apps mais usados, e quem sabe daqui a pouco, os apps da interface?
Ai depois fica “mais fácil” pra eles trocarem de base.
Ou quem sabe até manter os “2 Windows” por um tempo, para testes, e depois escolher o mais viável.
Vamos ver né… IOT é ainda um mercado a ser desbravado, e com isso, trazer novas mudanças.

Minha previsão é mais simples…

Imagino os smartphones com Android substituindo o Windows em desktops.

As pessoas chegam em casa, colocam o smartphone num dock, e o aparelho é convertido para o modo desktop, sendo possível jogar Doom Eternal com GPU integrada.

2 Curtidas

Já que me chamara, né @eddiecsilva hahaha, vou deixar aqui o meu vídeo pra esse ano de 2020.

3 Curtidas

O bom é que com a imaginação a gente consegue prever e em alguns casos até dar certo. Umas são mais pé-no-chão, vista pelo andar dos fatos. Outras são até viajadas e futurísticas. Mas umas complementam as outras pro bem estar de todos.

Cosiosidade matou o meu gato

Drones bomba e outros dispositivos inúteis

1 Curtida

Mas o ARM não é o futuro… É o presente/a realidade… Vc já teve a oportunidade de ver o Imac c/ CPU ARM? Mas eu quero ver mesmo é o substituto do Mac Pro 7.1!

Ou com o streaming de jogos mesmo

Acredito que o futuro é tudo o que vemos hoje rodando em máquinas locais migrando para a nuvem, desde jogos, softwares de trabalho, e armazenamento de dados, eu venho complementando mais essa idéia com os tópicos do usuario @China, sim eu sei que ele é um barraqueiro e gosta de arrumar encrenca aqui no fórum, mas ele propõe até que algumas idéias interessantes, como a WEB ser toda streamada para a nossa tela e etc.
Os computadores pessoais serão algo parecido com tablets e celulares só que com tela adaptaveis, que irão se adaptar de acordo com a situação podendo ficar maiores ou menores, provavelmente rodando ARM com um hardware similar a um intel celeron 900 e uns 2gb ram, esse poder pequeno irá se dever ao fato dos celulares só receberem as imagens, com tudo o que fazemos seja jogar, trabalhar, ou até somente navegar na net, sendo streamado streamado para a nossa tela.

Acredito que os portáteis vão sim substituir os desktops, só que de maneira diferente, não sendo necessário uma dock para eles assumirem o modo desktop, eles simplismente atrávés de comandos de voz poderão adaptar o tamanho da tela, ficando grande quando necessário, ou assumindo um modo portatil quando você desejar.
Já os jogos acredito que o hardware do futuro será bem reduzido e baseado em ARM, sendo o suficiente para rodar um Linux ou um BSD para embarcados, e esses sistemas operacionais só servindo para se conectar a internet, e apartir dela você conseguir jogar, trabalhar, armazenar dados e etc

Acho mais fácil a Microsoft migrar o Windows para um modelo de desktop as a service baseado na nuvem.