Project Trident abandonará o BSD e virá para o Linux

O Project Trident é um Sistema Operaciomal focado em desktop, ele é baseado no TrueOS (que é baseado no FreeBSD)
Porém os planos do Project Trident está mudando, pois eles pretendem se afastar da base FreeBSD por causa de problemas que estariam atrapalhando os planos do projeto, como por exemplo:

  • Problemas com compatibilidade de hardware
  • Baixa disponibilidade de pacotes

Depois de pesquisas e testes, eles escolheram o Void Linux para mudar sua base e os primeiros lançamentos devem sair em Janeiro de 2020

Alguns benefícios que a migração irá trazer:

  • Melhor suporte à GPU
  • Suporte a Bluetooth
  • Versões atualizadas dos programas
  • Tempos de inicialização mais rápidos

Post completo do Unix Universe:

O que vocês acham dessa mudança? Será que isso atrairá mais usuários para o Project Trident? :thinking: :slight_smile:

Tenho minhas dúvidas quanto a isso. Dei uma lida rápida no site deles e, ao meu parecer, os diferenciais dele em relação aos outros BSDs já são recursos esperados na maioria das distros Linux. Por exemplo:

  • Camada de sistema clara (SystemD, OpenRC, Runit já fazem)
  • Instalador gráfico (Calamares e Ubiquity)
  • Gerenciador de pacotes gráfico (Gnome Software, Pamac…)
  • Gerenciador de sessões gráfico (LXDM, LightDM, GDM, SDDM…)

No entanto, há dois pratos novos que eles podem trazer à mesa do Linux: a DE Lumina e um gerenciador gráfico amigável para o Xbps (até onde eu sei, os que tem até agor são tipo o Synaptic), mas nada impede que os usuários de outros Linux peguem esses dois componentes e usem em sua distro de preferência.

Em conclusão, o nicho que eu vejo o Trident ocupando é estar para o Void como o Manjaro está para o Arch, e não vejo muita demanda por isso.

2 Curtidas

Aff, os desenvolvedores estão se afastando do mundo bsd, isso é uma pena

1 Curtida

Terão que ter um diferencial caso queiram se destacar, por eles serem os mantenedores do Lumina, pode ser uma forma de atrair novos usuários, ou pelo menos os curiosos :thinking:

Eu não sabia muito sobre o Project Trident, mas quando eles começarem a lançar uma versão baseada no Void, irei testar (sou um dos curiosos) :joy:

1 Curtida

Também curto o lado BSD da força, principalmente o GhostBSD, mas o mundo BSD é bem mais nichado do que o mundo Linux, daí a coisa é mais complicada :confused:

1 Curtida

Também já testei um BSD em uma VM pela curiosidade e não vi muita diferença em relação ao Linux. E não fui muito além porque, como você disse, o BSD consegue ser mais nichado que o Linux: quando tentei rodar a live do Ghost no meu hardware físico, ele dava um kernel panic (ou algo assim) no boot.

1 Curtida

Já rodei o GhostBSD, FreeBSD e DragonflyBSD em VM, mas nunca tive coragem de instalar em máquina física. Atualmente estou com a ISO do GhostBSD 19.09 e talvez eu instale :thinking:

1 Curtida