Primeiro release candidate do Linux 6.4 traz suporte inicial ao chip Apple M2

No último dia 8 de maio lançou o primeiro release candidate do Linux 6.4, a partir de agora, nenhum recurso novo deverá ser adicionado a esta versão, provavelmente apenas haverá correções no que já está presente.

O Kernel 6.4 recebeu bastante atenção no suporte a arquiteturas ARM, como o suporte inicial aos chips M2 da Apple, similar ao que já ocorre em chips M1, com conteúdos vindos do Asahi Linux, apesar de que os computadores M2 ainda não estão funcionais com o kernel base, pois não há ainda suporte à tela, teclado e trackpad. Além disso, houveram diversos refinamentos na rotina de funcionamento dos chips ARM que ajudam a extrair o máximo de desempenho desses computadores.

Já o lado RISC-V da força também teve seus ganhos. Apesar de ainda não termos laptops com esta arquitetura, o kernel já está dando suporte às funções de hibernação e suspensão do disco.

Mais de 100 placas mãe da ASUS ganharam suporte aos seus sensores de monitoramento, diversos notebooks MSI receberam suporte a drives específicos. O Linux 6.4 é capaz de trabalhar com o gerenciamento de memória Intel LAM, que deveria ter sido introduzido no kernel 6.2, mas devido a erros, foi adiado.

Para hardwares AMD, houve a adição de módulos para AMD CDX, VNMI, SoundWire, ao gerenciador de desempenho e gasto energético AMD Guided Autonomous, além de preparação para o suporte às futuras GPUs da marca.

Também houveram otimizações no gerenciamento de armazenamento com formato EXT4 e NTFS.

Fonte

2 curtidas